2018-11-18

O bom senso está morto e em avançado estado de decomposição.

Sou contra qualquer tipo de tourada, não mato qualquer animal, independentemente de ser um cão ou uma barata, não sou vegetariano.
Podemos começar? 

  • Vladimir Putin
  • Sílvio Berlusconi
  • Recep Erdoğan
  • Viktor Orbán
  • Nicolas Sarkozy
  • José Sócrates
  • Donald Trump
  • Pinto da Costa
  • Luís Filipe Vieira
  • Bruno de Carvalho
  • Jair Bolsonaro
  • IRA
  • André Ventura?
Em mais um episódio que comprova que estamos imensamente longe de eleger um populista em Portugal (não estamos, NÃO estamos mesmo), jorram pela internet juras de amor em relação ao IRA - Intervenção e Resgate Animal e desprezo em relação à seriedade da reportagem da TVI, isto porque Ana Leal é porreira quando faz reportagens em relação à Raríssimas, Pedrógão, Pinhal de Leiria, mas é má quando faz uma reportagem que vai contra um grupo que parece fazer coisas boas, por vias completamente condenáveis.

Concordando plenamente que há momentos na reportagem nos quais é feito uso de um vídeo sarcástico, do IRA, de forma tendenciosa, há material suficiente publicado pelo próprio grupo para achar que as acusações são mais que plausíveis.
Nos vídeos de resgate há um tom autoritário que em nada leva a crer que os membros do grupo actuem de forma de forma pacífica e sem atropelar a lei e fazer marcha-atrás umas quantas vezes.

As sociedades modernas aceitaram que se alguém comete um crime, quer seja um furto ou a tortura de um bébé, não é o povo que faz justiça, nas ruas.

Parecem fazer parte da minoria, cada vez mais, aqueles que aceitam que algo grotesco pode estar a ser feito mas que, a solução não passa por fazer algo de grotesco de volta. Dois grotescos não se anulam, somam-se e alimentam a espiral que está a levar-nos para um lugar negro no qual o bom senso está definitivamente morto, numa vala a céu aberto e em pronunciado estado de decomposição.

2018-11-16

Cresceu em mim, tem que sair.

95% dos cozidos afirmam não gostar do cheiro a enxofre, revela-nos uma sondagem à boca das furnas.

2018-08-18

2018-05-20

Amor incondicional II

Discurso bem escrito, coerente, com boa leitura.
Dissipa qualquer dúvida de que esta claque condena qualquer tipo de violência.
Note-se também a completa ausência de drogas na corrente sanguínea do orador.



Nunca vou perceber as pessoas que dizem que "amam" um clube.

2018-05-08

Amor incondicional

Quando pais e mães anunciam que amam seus filhos incondicionalmente, como se estivessem a fazer alguma merda de especial, perceberão que estão, na verdade, a dizer que aquela perfeição genética, o bébé mais lindo do mundo, poderia passar o dia a tentar rasgar a traqueia de gatinhos e avós que nada mudaria?


2018-03-17

Sexo, alimentação e defecação.

São os três melhores prazeres, possivelmente por uma outra ordem.
Não tendo sido uma estreia, ontem comi num restaurante Goês um prato com uma severa carga de picante, tarefa que abracei com muito gosto.

Hoje vejo-me privado de exercer o prazer da defecação.
Tenho neste momento terror em defecar.

Acabo de sair pela segunda vez da casa de banho, sendo que não há toalhitas que acalmem o meu incandescente esfíncter.
Tenho literalmente dificuldade em andar, sinto que fui sodomizado por um submarino.

Adivinha-se uma tarde difícil, imensamente penosa.

2018-01-13

Destronando prazeres, entronando.

Controlamos o que comemos, quanto comemos, quando comemos e durante quanto tempo o fazemos.
Num mundo perfeito estas métricas espácio-temporais seriam transpostas para a defecação, ameaçando desta forma o "jantar" como forma cimeira de convívio.


2018-01-12

2018-01-11

Serias ainda mais repugnante

 



Ainda é possível dizer que há gente feia?
E gordos? Ainda há gordos? Ainda é possível enxergar gordos ou é bullying intracraniano?

2018-01-10

James Franco é um maricas.




Defendendo-se de acusações de assédio sexual, diz que o que foi escrito não tem precisão, mas defende que todas as mulheres têm o direito de falar e de se expressarem acerca deste assunto.

James, a resposta correcta seria:
- Mas que merda é esta? Eu não fiz nada de mal. Não, não têm o direito de espalhar acusações acerca de um inocente.

Esta porcaria do politicamente correcto está a começar a descarrilar-me a sanidade mental.