2015-08-18

Lavabos unissexo

Centro comercial Amoreiras
17 de Agosto de 2015
21:20

Dirijo-me à casa-de-banho mais próxima da área de restauração com o intuito de lavar as patas.

Inicio o processo molhando as mãos e procurando o sabonete colocando as mãos num buraco abaixo da indicação que está afixada.
Coloco a mão uma e outra vez sem que o mecanismo reconheça a minha presença e me agracie com uma ejaculação desengordurante. Em vez disso choco com uma outra mão, com unhas pintadas.

Sim, há uma abertura bem generosa que permite a comunicação directa com a casa de banho das meninas. Estou a falar de uma coisa com 1 metro de comprimento e com uns 15 cm de altura, não é brincadeira nenhuma.

Abandonei rapidamente o local até porque a mulher do outro lado lavava as mãos com a delicadeza de um cão que acaba de sair da água.

Pelo que percebi daquela configuração depravada, é possível que um macho esteja a defecar de porta aberta enquanto observa os seios de quem se encontra do outro lado da barricada.

O que é que passou pela cabeça do gajo que desenhou aquilo?


1 comentário: