2013-07-02

"At this point, I'd set you up with a chimpanzee if it'd brought you back to the world! "

Hoje é um dia curioso, cómico, irónico.
  1. Descobre-se que o nosso regime ditatorial ainda permite atribuir ao nosso Presidente da República a aptidão para as artes circenses.
  2. O Batatinha declara com arrogância senil e com um sorriso de quem não sonha o que lhe vai cair em cima que a Assembleia da República é que pode deitar o governo abaixo, coisa que ele sabe que é impossível dada a composição actual do parlamento.
  3. Paulo Portas diz que já é tarde e que está na hora de ir andando.
  4. A nova ministra da Finanças toma posse casando-se metaforicamente com um cadáver.
Ora se bem conheço os meus compatriotas, aqueles que me fazem sentir vergonha por ter nacionalidade portuguesa, SE forem convocadas eleições o vencedor será o PS, aquele partido que para além de já ter feito muita merdinha neste país tem como líder o Ned Flanders da política, António José Seguro.

A verdade é que Portugal está como está por causa dos portugueses, varredores de rua ou administradores de bancos. Não há inocentes.

Triste é perceber que não foi por causa dos que sofrem que este governo caiu. Nem a demonstrar a nossa insatisfação somos eficazes.

E não me venham com aquela merda do "não há alternativa". Eu não voltarei a votar naqueles que já conheço, arriscarei nos que nunca lá estiveram.

3 comentários:

  1. Se um homem que nem a própria língua sabe falar conhecesse o funcionamento das instituições democráticas é que seria de espantar. O mesmo que, enquanto PM, conseguiu imprimir uma mentalidade de prosperidade e esbanjamento neste povo, que dificilmente mudará algum dia. Costuma dizer-se que o que custa a mudar não são os hábitos, são as mentalidades. Hèlas.

    Votar nos pequenos, parece ser a solução. Mas não nos betos! - http://opistoneacabecadohomem.blogspot.pt/2013/03/que-se-lixe-troika-ii.html

    ResponderEliminar
  2. Comparar o Tozé Seguro ao Ned Flanders é das coisas mais deliciosas que li nos últimos tempos. Resta encontrar um Homer para lhe infernizar a vida.

    ResponderEliminar