2012-02-24

Sempre que utilizo um x-acto

Sabem aqueles segundos que separam o momento em que achamos que "ufa, afinal foi só de raspão" e a altura em que começamos a sangrar como um porco na matança?

8 comentários:

  1. Cada vez que uso o X-acto, o que acontece diariamente, e acabo o trabalho, penso para comigo: - finalmente acabou, não tive baixas.

    ResponderEliminar
  2. Por acaso também não me dou bem.
    Resta-nos a consolação de, com o acordo ortográfico, o bicho passar a chamar-se x-ato. E, como o acordo tem tendência a abolir os hífenes, passa a xato e não se fala mais nisso.

    ResponderEliminar
  3. Wrong. É o nome da marca e acho que é norte americana.

    ResponderEliminar
  4. Sim, mas passou de marca a designação genérica, como a água de colónia, como a coca-cola, como as chiclets. Passou da marca, portanto.

    E mudou de grafia, mesmo. Garantem os xatos, ó: http://www.priberam.pt/dlpo/default.aspx?pal=x-acto

    ResponderEliminar
  5. Compreendo mas não concordo. O nome em português não tem qualquer significado.

    ResponderEliminar
  6. Eu também não concordo :-) basicamente, não concordo com a maior parte das novas regras ortográficas.

    ResponderEliminar
  7. Sei perfeitamente, a última vez que me aconteceu, fui parar ao hospital às onze da noite com quatro dedos a precisarem de ser suturados, mas na altura. E a sensação que tive foi perfeitamente essa.

    ResponderEliminar