2011-06-30

As mulheres e as séries dos anos 80

Ao ver séries dos anos 80 apercebo-me do quanto mudei e do porquê de as achar ridículas nos dias de hoje.
Naquela altura todas elas vinham carregadas de mensagem bonitas, cheias de moral, em que mesmo até mesmo o inimigo virava as costas a Lúcifer e acabava por fazer uma boa acção por força do arrependimento.
Hoje em dia os guionistas fazem gente ruim a sério, daquelas que esfolam os avós, os violam a seguir e não falham a hora do lanche. Não têm problemas em matar o nosso personagem favorito e não se inibem de que o seu fim seja carregado de sofrimento. Os guionistas compreendem a necessidade humana de coabitar com alguma maldade.

O que tem isto a ver com as mulheres? Tudo.
Tal como nas séries, as mulheres que são encantadoras por serem tão boazinhas encerram em si uma personalidade aborrecida demais para ser tolerável.

Algumas gotas de maldade (ou uma cisterna) são fundamentais para a manutenção da minha sanidade.

2011-06-29

Privatizem a RTP, JÁ!

Então não é que estão a fazer directos do local onde vai decorrer o velório do Angélico?

A irracionalidade deixa-me com os olhos raiados de sangue

Ainda a propósito da história de Angélico (e não "do Angélico" senhores jornalistas), há por aí quem defenda que ele teve azar. Se não morresse por não ter cinto poderia ter morrido por ter cinto e não se conseguir libertar dele caso o carro ardesse.

Eu não sei de quantas formas diferentes consigo insultar a ausência de inteligência desta gente.

Há alguém que ache que é mais provável haver um incêndio num carro, conseguir escapar-se dele estando INCONSCIENTE pelo facto de se ter sofrido um forte impacto e de, eventualmente, se ter espalhado pelo tablier a parte do cérebro que coordena um dos lados do corpo, do que ficar melhor de saúde pela utilização do cinto?
Se respondeu sim, acho muito bem que continue a usar todo esse discernimento longe de mim.

Darwin is watching you. 

P.S - Escrevi este post antes da confirmação do óbito. É apenas mais uma pessoa que morreu e que, como tantas outras não o deveria merecer. Não carece de especial admiração por esse simples facto.

2011-06-26

Inverdades

Esta é a última moda na política portuguesa.
O político, essa espécie que prima pela total ausência de coragem, não tendo a capacidade de chamar mentiroso a um qualquer bandalho (vocábulo nostálgico) que, na maior parte dos casos, é seu coleguinha, diz que afirmação X é uma "inverdade".

Só me apetece correr com estes tipos à chapada.

Judite? Alberto? Que merda é esta?

(Antes de dar mais uma esfrega nos jornalistas devo expressar que me estou simplesmente a lixar se o Angélico patina ou não. A minha opinião sobre ele é nula com tendência desfavorável e, estando longe de lhe desejar a morte, acredito que haja muita gente merecedora dos seus órgãos para continuar a sua vidinha.)

Judite e Alberto, a TVI até que está a começar a ter um jornalismo mais aceitável mas há que meter mais uns travões naquele comboio desgovernado.
Então vocês mandam um jornalista para o hospital onde está o rapaz para fazerem emissões em directo e depois apresentam uma peça onde usam de forma macabra o acidente do moço como forma muito sub-reptícia de promover a festa "Morangos com Açúcar", que decorreu durante o dia de ontem?

E o que é que se passa com o discernimento dos actores da TVI?
Não há nada como um pouco de dor para incutir pedagogia nestes petizes.

2011-06-23

Neste momento na SIC...

... disputa-se a "Piston Cup" no filme "Cars".

Nada a declarar.

I need to bond

Preciso de alguém que oiça com frequência a rádio M80 e que ache que os spots da Depuralina têm como target pessoas com atraso mental e têm como autores pessoas com atraso mental.

Preciso de alguém que conheça o restaurante "Facho", na baixa lisboeta, e que encontre um sentido na frase "estão a chamar o John Connor".

Obrigado.

2011-06-21

Fernandinho Nobre

Melhor que vê-lo perder uma vez só mesmo vê-lo perder uma segunda vez e ainda com menos votos.
De uma forma distorcida, a sua eleição como deputado teve algo de positivo ainda que de uma forma exclusivamente lúdica.

Como presidente da república- rejeitado
Como presidente da assembleia da república - rejeitado
Como paciente psiquiátrico:

2011-06-18

Finalmente!

O Facebook encerrou a minha página.

Para comemorar tal evento deixo-vos com uma música que podia muito bem referir-se a uma curiosa mas grave doença ginecológica associada a uma compulsão.

2011-06-17

Twitter

Eu já vos disse que a Presidência da República segue há vários meses a conta de Twitter deste blog?

2011-06-15

Pessoas aborrecidas

Embora saiba mentir com alguma qualidade não sou grande fã de mentiras nem gosto de o fazer.
Como é que se diz a um amigo(a) que apesar de sermos amigos isso não altera o facto de ele ser completamente aborrecido? Como é que lhes dizemos que não temos paciência nenhuma para sairmos com eles, nem que seja para um café, porque simplesmente não sentimos qualquer impulso para falar do que quer que seja? Como é que lhes explicamos que a nossa relação funciona muito bem se ele(a) estiver num grupo com outras pessoas interessantes mas que é intolerável durante mais de 10 minutos quando isolado?

Estou cansado de usar o trabalho como desculpa e acho que vou mesmo mudar para um directo "não me apetece" juntando um "prefiro ficar a masturbar o meu cão" ou "tenho que contar e medir todos os borbotos de todas as meias".

Estou certo de que outras pessoas terão o mesmo sentimento em relação a mim mas, geralmente, eu consigo perceber a mensagem encriptada com um pouco mais de rapidez.

Dirijo-me neste momento para um desses fatídicos encontros em que vou estar com muito mais atenção ao telemóvel do que à pessoa que está à minha frente.
Ajudem-me a superar o tédio. Comentem muito este post que eu vou tentar responder entre os bocejos.
 
Quando atingir a perfeição e o consequente isolamento social absoluto, terei eliminado todas as minhas fraquezas.

2011-06-14

30 minutos

É o nome do novo programa da RTP1 que tenta desesperadamente, mas com algum rigor, colar-se ao original da CBS, o "60 minutes".
O nome foi muito bem escolhido. Metade do tempo, metade da qualidade.

Os americanos são tão ridículos

Acabo de ver na RTP1 mais um episódio de um programa que mostra como sobreviveram pessoas que se encontraram em situações extremas, após um qualquer acidente num local isolado.

Hoje saiu-me na rifa um americano que caiu numa fenda no gelo, ocultada pela neve, e para onde arrastou literalmente o seu companheiro na expedição que estavam a fazer. O primeiro a cair estava ligado ao segundo por uma corda. O segundo conseguiu fazer com que a queda do primeiro fosse mais suave mas não conseguiu evitar que ele próprio caísse, neste caso, sem ninguém para fazer por ele o mesmo que ele acabara de fazer pelo amigo.

Resultado: o que meteu a pata na fenda safou-se e o que fez com que ele não morresse, esticou o pernil à grande.

Ao sobrevivente restava a genuinamente árdua tarefa de escalar 24 metros em condições muito difíceis. Conseguiu.
Durante todo o relato dos acontecimentos vamos vendo o depoimento do sobrevivente que se mostra muito pouco humilde, quase gabarola, mas sempre com aquela mania ridícula que os americanos têm de atribuir uma simbologia nobre a toda e qualquer porcaria.

O pico da minha irritação foi atingido quando ele, depois de ter sido resgatado, decide que antes de ir para casa tinha que ir a um bar beber cervejas porque era o que estava combinado com o seu amigo CADÁVER. Este episódio terminou com o tipo, muito emocionado, a dizer que pediu dois canecões e que os bebeu, um por ele, outro pelo amigo que ele deixou no congelador. Que merda mais bonita. Se o outro não tivesse a pila congelada podia ser que urinasse e que desse uma eventual arrotadela.

2011-06-12

Jardinagem

Eu não gosto de fazer posts em que o conteúdo é apenas um vídeo, contudo, não sei bem o que possa acrescentar ao que vão ver em seguida.
Estou em condições de testemunhar que a parte do "não exerças pressão, deixa a lâmina fazer o trabalho" é muito importante.


Trimming the bush to make the tree look taller.

2011-06-10

Topless

Muito escrevi neste blog acerca de mamas e das suas capacidades destrutivas. Não vale a pena acrescentar mais nada ao que conseguirão encontrar recorrendo a uma rápida pesquisa.

Preciso da vossa ajuda para fazer valer uma ideia que me parece bastante óbvia mas que, ainda assim, não está a ser fácil de transportar até ao bom senso da destinatária.
Há uma amiga minha, comprometida e sem qualquer outra aspiração em relação a mim, que insiste que não há qualquer problema em ir à praia comigo e em fazer topless. Eu compreendo-a e aceitaria com facilidade a execução de tal actividade na minha presença caso eu tivesse eventualmente sido capado. Não é o caso.

Eu que até me orgulho de ter sangue suficiente para irrigar o corpo cavernoso e o cérebro em simultâneo, não pretendo de todo ser testado e ver-me numa situação em que começo a balbuciar palavras sem qualquer sentido, enquanto transpareço sinais característicos de uma vítima de um AVC.
Ela tem respeitado a minha exigência e, apesar de ainda fazer ameaças, tem sido possível uma convivência saudável e de mente limpa.

Há alguma dúvida quanto à nobreza e pertinência da limitação que imponho?

P.S. - Após tomar conhecimento de que o namorado desta criatura já leu o post, identificou a sua companheira e sabendo também que ela não "caiu das escadas" de imediato, devo acrescentar que a visada é a Poisoned Apple.

2011-06-08

A fisionomia da cara de Francisco Assis...

... foi forma que Deus encontrou de nos dizer que Ele existe e que às vezes acorda muito mal disposto.

Abaixo podem verificar o povo, a saudar alegremente o novo candidato.

Se Sónia Balacó praticasse sexo com Bruno Nogueira

+

=
Perfuração cutânea

2011-06-06

Eleições 2011 - X

Estou convencido que o elevado número de abstencionistas se deve ao facto de não haver outra forma viável de protestar contra a existência de Constança Cunha e Sá.

Eleições 2011 - IX

Manuela Ferreira Leite teve ontem o único orgasmo nos últimos 40 anos. Especula-se também que o seu ciclo menstrual tenha reiniciado o seu funcionamento.

Eleições 2011 - VIII

Quando Pedro Passos Coelho canta, há uma foca bebé que morre.

2011-06-05

Eleições 2011 - VII

Continuo a não perceber como é que Constança Cunha e Sá tem viabilidade biológica (quanto mais profissional).

Eleições 2011 - VI

Se Fernando Nobre vier a ser presidente da assembleia da república corto a pila com as costas de uma faca, só para me distrair da dor.

Eleições 2011 - V

O melhor destas eleições foi a forma como os barraqueiros e oportunistas "Homens da Luta" foram ignorados pelas televisões.

Eleições 2011 - IV

Tirando o uso de violência e o objecto de culto, não me recordo de outras diferenças que separem as claques de futebol das juventudes partidárias.

Eleições 2011 - III

O Manuel Alegre não consegue nem quer disfarçar que está feliz por não ter sido o único nestes últimos tempos a levar uma ripada nas costas.

Eleições 2011 - II

Ganhou a casa de putas que veste de laranja.
A que veste de rosa nem com oferta de contraceptivos vai conseguir facturar nesta noite.
O Bloco de Esquerda foi promovido a pano para limpar do chão os detritos biológicos que serão produzidos na casa vencedora.

Eleições 2011 - I

Acho fantástica a relevância informativa que têm as emissões em directo feitas por motas que seguem os veículos em que se deslocam os candidatos. É dinheiro muito bem empregue.

Isto só prova que os retardados estão espalhados por todas as áreas profissionais.

2011-06-03

A boa e a má notícia

A má notícia é que nos últimos tempos tenho andado razoavelmente feliz.
A boa notícia é que isso acabou e, à luz da minha teoria de que as pessoas infelizes escrevem melhor, adivinham-se tempos fartos para este blog, mais que não seja em quantidade.

Sai um carro-de-mão de azedume!