2011-11-09

Na penumbra

De há uns dias a esta parte tenho acordado por volta das 6:30 da matina, sem razão aparente e uma hora adiantado em relação àquela a que habituei o meu corpo.
Há três dias que noto um segundo padrão que anda em torno do enrijecimento da minha estrutura sexual.

Pergunto-me se não será ele que me acorda, qual criança reguila, e que depois se esconde, fazendo de conta que é um espectador inocente que por mero acaso se encontrava nas imediações.

7 comentários: