2011-10-10

Era uma vez um inglês, um francês e um português.

Um ex-colega de trabalho com quem devo ter falado umas cinco vezes na minha vida, incluindo a vez em que tive a infelicidade de lhe dar boleia e o meu número de telemóvel, anda a perseguir-me via sms. Envia-me anedotas e outras coisas ridículas.
Às vezes lembra-se de perguntar se gostei, noutras ocasiões pergunta-me se quero que deixe de me enviar mensagens visto que NUNCA lhe respondi a nenhuma.
Isto dura há 4 meses e estou tentado a quebrar o silêncio com uma generosa sandes de vernáculo.
Há homens que sabem mesmo fazer com que uma garota se sinta especial.

4 comentários:

  1. Eu não queria ser sempre a primeira a comentar, mas ninguém se chega à frente, olha, cá vai:

    Ainda não tinha lido o post todo e já me tinha ocorrido uma dessas sandes - existem uns símbolos tão giros, tipo este o|o, ou então, vai directo ao assunto e manda-o POC. O tipo de atitude dele é muito gay, e o pior é que ele ainda não percebeu que tu não pegas. Vai ter que ser à bruta. Sem empurrão.

    ResponderEliminar
  2. piston, se calhar o TEU colega quer encontrar-se contigo na area de serviço da A5 e comer hamburguers...tadinho...

    ResponderEliminar