2011-09-25

Ripple effect

Tendo em conta isto, isto e isto, apraz-me escrever isto:

Eu, que não sou um tipo nada alto, compreendo e aceito que as mulheres prefiram homens de estatura superior. Mais que não seja é o instinto de necessidade de protecção a funcionar. A atracção por determinadas características físicas faz sentido.
Não me parece que seja justo dizer-se que um homem prefere passar o resto da sua vida com uma moça porque ela tem as mamas maiores ou porque é menos inteligente e mais fácil de controlar. Digo isto não como uma mera opinião/gosto pessoal mas também em relação ao que acho que é a opinião da maioria dos homens. O inverso faria muito mais sentido: a apetitosa para brincar e a que tem uma boa estrutura mental para constituir família.

Imaginemos que isto é mesmo verdade e que há uma razão biológica que se sobrepõe a todas as outras. Lamentam que esse tipo de macho as rejeite?

18 comentários:

  1. não faço ideia..então e as apetitosas e inteligentes, o que é que fazem da vida?

    ResponderEliminar
  2. Enviam CV e fotografia de rosto/corpo inteiro para que eu possa remeter para o departamento de análise.

    ResponderEliminar
  3. Eu cá acho que os homens escolhem, no geral, mulheres com características do foro mental mais acentuadas para ficar. Mas isto é só a minha opinião. O invólucro atrai, óbvio, mas tanto quanto sei, não é tudo.

    http://myfashioninsider.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  4. nós trocamos um gajo alto (independentemente das características boas pra procriar) por um gajo inteligente no ato. nós não deixamos de ficar com um gajo baixo, da nossa altura, pq ele é baixo mas sim pq é burro ;)
    Bjo

    ResponderEliminar
  5. E se for possível ter tudo no mesmo pacote?

    ResponderEliminar
  6. Será justo assumir que há uma relação directa entre a copa/altura e a inteligência? Não será que estão a agarrar o visível para condenar o que não tem explicação?

    ResponderEliminar
  7. o melhor é ires ler o post que acabei de escrever ;)
    Bjo

    ResponderEliminar
  8. Lido.
    A lógica é exactamente a mesma e não vejo porque razão não deva ser considerada comum a ambos os sexos.

    ResponderEliminar
  9. Disse às 1:11 que estava com a Sahaisis e não abria, e repito. As apetitosas e inteligentes estarão votadas à infelicidade?

    ResponderEliminar
  10. A parte do "não abria", por muito óbvia que seja, não compreendo o contexto.

    Esta é a parte em que eu me ausento e deixo-vos a resolver isso de forma violenta.

    Note-se que as "apetitosas" são as que têm confiança nelas próprias.

    ResponderEliminar
  11. ah, Piston, nao tinha entendido a ambos, ou tinha entendido mal, perdão.
    caríssimo, cada um com o seu critério ;) atenta no epíteto saudáveis mentais :p
    bjo

    PS: não abro é uma expressão brasileira que quer dizer: nao discuto. tou contigo e nao abro, nao abro mao, por exemplo ;)

    ResponderEliminar
  12. Brigadjinha, Isa. É isso mesmo. Não abro [mão]. What else?

    ResponderEliminar
  13. Mariam, conheço a expressão mas não chegava lá, de todo.

    ResponderEliminar
  14. caros... já tenho idade mais que suficiente que não há cá "aiii o meu tipo é...".
    Rio-me sempre sarcasticamente de quem faz este tipo de comentário. Se calhar sou uma besta, mas o facto é que nós não escolhemos e gostamos de quem gostamos.
    A verdade é que inteligencia fica sempre acima de qualquer caracteristica.

    ResponderEliminar
  15. Com que então as mulheres escolhem os mais inteligentes...

    Até deve ser por isso que os inteligentes têm uma vida amorosa plena de felicidade. É ver o quartos das teens forrados com posters do Einstein

    Bliss, é precisamente isso, "nós não escolhemos e gostamos de quem gostamos", é irracional.

    cumps

    ResponderEliminar