2011-06-10

Topless

Muito escrevi neste blog acerca de mamas e das suas capacidades destrutivas. Não vale a pena acrescentar mais nada ao que conseguirão encontrar recorrendo a uma rápida pesquisa.

Preciso da vossa ajuda para fazer valer uma ideia que me parece bastante óbvia mas que, ainda assim, não está a ser fácil de transportar até ao bom senso da destinatária.
Há uma amiga minha, comprometida e sem qualquer outra aspiração em relação a mim, que insiste que não há qualquer problema em ir à praia comigo e em fazer topless. Eu compreendo-a e aceitaria com facilidade a execução de tal actividade na minha presença caso eu tivesse eventualmente sido capado. Não é o caso.

Eu que até me orgulho de ter sangue suficiente para irrigar o corpo cavernoso e o cérebro em simultâneo, não pretendo de todo ser testado e ver-me numa situação em que começo a balbuciar palavras sem qualquer sentido, enquanto transpareço sinais característicos de uma vítima de um AVC.
Ela tem respeitado a minha exigência e, apesar de ainda fazer ameaças, tem sido possível uma convivência saudável e de mente limpa.

Há alguma dúvida quanto à nobreza e pertinência da limitação que imponho?

P.S. - Após tomar conhecimento de que o namorado desta criatura já leu o post, identificou a sua companheira e sabendo também que ela não "caiu das escadas" de imediato, devo acrescentar que a visada é a Poisoned Apple.

17 comentários:

  1. Não, não quer! :)

    És um menino, Piston, mas já sabes o que o me'home diz: "isso é que é um amigo de verdade!". Ele apoia-te.

    ResponderEliminar
  2. Acho que fazes bem em salvaguardar os teus direitos fundamentais à sobrevivência.

    ResponderEliminar
  3. Meu caro, eu, como pessoa super púdica e com índices normais de complexos corporais, seria incapaz de fazer topless, independentemente da pessoa que me acompanha.

    Mas considerando as minhas amigas mais descomplexadas, que andam à vontadinha, para elas não é provocação, é natural.

    O que não quer dizer que sempre que encontramos amigos masculinos a maioria se encolham todos e tenham grandes dificuldades em relacionar-se normalmente com elas e ter conversas inteligíveis, mesmo que conheçam há 15 anos.

    Eu própria confesso que teria algum problema em estar normalmente com amigos meus de pirilau à mostra, não tanto por me sentir "entusiasmada", mas pelo constrangimento. Culturalmente não somos educados a conviver com a nudez sem ser sexualmente, de modo que é normal.

    ResponderEliminar
  4. Escrevo sobre o país, nada. Escrevo sobre mamas, é isto.
    Agora sim percebo a definição de questões fracturantes.

    Maria, garanto-te que tu quererás mais que ela.

    Poisoned, a tua opinião aqui não conta.

    Jibóia, com esse nick não se esperava outra coisa que não fosse apoio.

    Luna, eu não questiono de forma alguma se é provocação ou não. Sei que não o é e apenas quero manter os níveis mínimos de decência balnear.

    ResponderEliminar
  5. Por mais liberal que seja não gosto que a minha namorada ande a mostrar as mamas a um amigo dela (mesmo que sem nenhuma intenção) pois eu sei que mesmo sendo só amigo assim que ele as vir vai imaginar tudo que nós sabemos... Imaginar, não quer dizer que tenha desejo de fazer algo. Mesmo vestidas se imagina, quanto mais quase nua :)

    ResponderEliminar
  6. Isso é uma pergunta com rasteira? A resposta não é óbvia?

    ResponderEliminar
  7. Eu não faço topless, mas se fizesse nunca iria colocar um amigo nessa situação.
    É que convenhamos, por muito amigos que sejamos, temos de nos lembrar que um homem não é de ferro.
    Poisoned Apple, deixaste o Piston literalmente aos papeis, isso não se faz. :)

    Kika

    ResponderEliminar
  8. Apoio a Poisoned! Não em mostrar as maminhas (na praia, faço o mesmo - na toalha) mas em torturar o Piston.

    Piston,

    Faz parte do crescimento lidar com momentos difíceis. Além do mais, está tudo na tua cabeça. São apenas glândulas.

    ResponderEliminar
  9. Nunca percebi esse contrasenso da poisoned... De ser descontraída ao ponto de fazer Topless (não critico, aliás até incentivo) e noutros pontos ser tão closeminded e até retrograda...

    P.s: Antes de ser espancado por não saberem quem sou devo salvaguardar que já não tenho contacto com a senhora à alguns anos (2 ou 3 talvez)

    ResponderEliminar