2011-06-03

A boa e a má notícia

A má notícia é que nos últimos tempos tenho andado razoavelmente feliz.
A boa notícia é que isso acabou e, à luz da minha teoria de que as pessoas infelizes escrevem melhor, adivinham-se tempos fartos para este blog, mais que não seja em quantidade.

Sai um carro-de-mão de azedume!

7 comentários:

  1. Dá um jeito nessa vida. This is the "the time of your life"! A felicidade não é um estado de graça e não é o anjo Gabriel que te vai iluminar... Descobre o que tu gostas, o que te faz sorrir... (lá no fundo até deves saber se parares com as mariquices). Depois é arranjar um plano, concentrar, e ANDAR! (para a frente...;))

    ResponderEliminar
  2. Eu funciono bem com objectivos, geralmente não falho um. O problema é mesmo perceber qual é o próximo.

    ResponderEliminar
  3. Descobrir isso é mesmo fundamental!

    E se começares por pensar porque é que não estás feliz, qual é a tua principal razão de frustração? o que te faltou até agora que te levou a chegar a este ponto? Se não sabes o que queres, começa por eliminar o que não queres. depois faz uma lista de vários possíveis objectivos, não um, mas vários. se te concentras num objectivo único estás a limitar-te demasiado e a pôr demasiada pressão em ti mesmo e na tua escolha e isso é chato e paralisante! A primeira lista deve ser baseada em um critério: coisas que "acho" (já que não sabes bem) que gostaria de fazer (ou por simples gozo pessoal, ou pelo desafio, ou algo útil... descobre a tua motivação). depois da primeira lista, começas a cortar opções usando outros critérios: habilitações ou conhecimentos para a causa, tempo de realização, probablidade de sucesso (não vale a pena reinventar a roda!), and so on... até chegar a meia dúzia de boas ideias. Quando não se tem um real objectivo, o melhor talvez seja começar por avaliar milhares deles;) parece paradoxal, mas se calhar não é!

    ResponderEliminar
  4. Fazer-me a mim próprio uma análise SWOT? Agrada-me.

    ResponderEliminar
  5. Vou ser um bocadinho egoista; mas que bom para nós que te lemos. :)

    Beijo
    Kika

    ResponderEliminar