2011-04-18

Se conduzir não beba. Se tiver uma erecção não conduza.

Há uns dias atrás, no inicio de uma longa viagem, deparo-me com uma inesperada e despropositada erecção.
Como se já não bastasse o incomodo que causa no que toca à arrumação dentro das calças, a mesma ainda se mantinha no activo passados 30 minutos.

É neste tipo de problemas que a prevenção rodoviária portuguesa se deveria concentrar porque, obviamente, quem se encontra na mesma situação está concentrado nas coisas certas mas no momento menos oportuno.

14 comentários:

  1. ...e ía sentado em cima do quê? ...




    Atenção!!!!!!!!!! Só porque tinha de perguntar, não quer dizer que queira MESMO uma resposta.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo, na torre da igreja.

    Papoila, importa-se de elaborar?

    ResponderEliminar
  3. Pá, Blogger é como desenho animado (não Japonês)! Não tem erecções, quanto muito faz cócó mas sempre com um propósito cómico.

    ResponderEliminar
  4. Este tem erecções e só faz cócó com propósitos bélicos.

    ResponderEliminar
  5. E era uma "elevação" solitária ou acompanhada? Com companhia o transtorno seria maior ( ou mais interessante,dependendo da intimidade com a "companhia")

    ResponderEliminar
  6. É por estas e por outras que mantenho a tradição de esgalhar uma todos os dias no duche. Amanço (de mão e esgalhanço) a fera e não me comprometo no trânsito matinal.

    ResponderEliminar
  7. Convém tirar o parasol com imagens dos calendários Pirelli antes de iniciar a marcha...

    ResponderEliminar