2011-03-21

Paradoxo?

Como é que eu que tenho uma alma idosa posso saber tão pouco acerca do que hei-de fazer com a vida?
Será que esta falta de rumo, esta sensação de que ando completamente perdido, um dos sintomas que precedem a incontinência existencial?

Não tem piada.

15 comentários:

  1. Mara-bilha de post. Também tenho uma alma velha. Um 8, ou lá o que é. Ao menos estamos perto do Nirvana.

    ResponderEliminar
  2. welcome to my world. Acho que não é suposto termos certezas de nada enquanto crescemos. Acho que é um segredo que os velhos têm.

    ResponderEliminar
  3. "segue aquilo que o teu coraçao te diz".
    Sempre quis dizer isto a alguém sem que a pessoa me pudesse ver a rir depois.

    ResponderEliminar
  4. Alexandra, tu sabes o que queres. Tem quatro patas.

    Maria, um 8? Isso é escala de Mercalli?

    Analog, sabia que vinhas comentar este. Certinho!
    Eu não peço certezas. Já ficava contente com algumas pistas.

    Sara, é feio gozar com cyborgs.

    ResponderEliminar
  5. A geração também fica à rasca por não saber o que se quer a seguir.

    Sem dúvida que um quatro patas ou um duas patas de sunga será uma constante na carta ao pai natal.

    ResponderEliminar
  6. As pistas são dadas dia a dia, há que manter os sentidos alertas para as conseguirmos ver.
    Boa sorte para as encontrar ;)

    ResponderEliminar
  7. Um dia temos de ir beber um copo, jove, mas se isso serve de alguma coisa, já viste que não és o único, e a idade é apenas uma variável secundária para ter esse sentimento.

    ResponderEliminar
  8. Provavelmente. Bebe uns canecos que isso passa-te :)

    ResponderEliminar
  9. Se caminhares o bastante acabas por chegar a algum lado e depois logo descobres o que queres. Quer dizer eu devo ser a pior pessoa para te estar a dar estes clichés, especialmente porque também não faço ideia do que quero, nunca, em nada...

    ResponderEliminar
  10. Pois, eu também já pedi pistas, mas ainda nao se revelou grande caminho à minha frente. Mas não desistas, hás-de chegar lá.

    ResponderEliminar
  11. boas notícias, porém.
    O motorista de uma amiga minha aqui em Luanda é o Senhor Deus. Ele conduziu-me ao Mussulo no sábado. E no domingo, foi a vez do Jesus, motorista de uma outra moça, me levar até à discoteca.

    Se quiseres falo-lhes do teu caso e ainda peço uma cunha.

    ResponderEliminar
  12. Parece-me que isso agora só lá vai com um conselheiro...

    http://www.youtube.com/watch?v=9X9uBumYo6Y&feature=player_embedded#at=53

    ResponderEliminar