2011-01-05

Biggest Looser - Aí vêm os gordos portugueses



Desde já me assumo como fã de um programa que convida o Colesterol para um estúdio e consegue fazer dele um entretenimento fantástico. Reporto-me obviamente à versão original, a única que conheço e que certamente vai ser uma excelente bitola para nos sentirmos embaraçados quando a versão portuguesa chegar ao ecrã.

Os treinadores
Bob Harper - Apesar de usar um anel e um relógio que lhe dão a maior pinta de azeiteiro, parece ser um moço simpático e creio que as senhoras lhe ferrariam o dente de boa vontade.
Jillian Michaels - Esta é uma daquelas mulheres polimórficas que me causam danos graves. Tanto dou por mim a querer copular com a televisão como a achar que ela têm cara de ser a maior rameira do mundo.

Os concorrentes
São gordos, sofreram e foram gozados boa parte da vida por causa disso mesmo ou engordaram como forma de compensar outros problemas emocionais. Não importa as causas apenas interessa que agora estão nas nossas mãos e queremos divertir-nos com o sofrimento deles.
Perdem a maior parte do peso no programa não por fazerem exercício nem por se alimentarem bem mas porque choooooooooooooooooooooooooooooooram que se fartam! Aqueles tipos parece que têm um mínimo de uma epifania por dia e sempre regada com litros de lágrimas. Eu creio que deve ser a saudade dos hamburgers que lhes dá para tanto sentimentalismo.
Dizem que estão lá para mudar a vida e que o que importa é perder peso mas se for necessário vendem a mãe para ganharem o grande prémio.
Depois de perderem muitos quilos, embora já não sejam obesos continuam gordos tal e qual um texugo sob medicação duvidosa,  mas passam a agir como se fossem manequins.

O programa
Faz o que qualquer reality show normalmente faz:
  • Isola os participantes numa casa
  • Divide-os em equipas várias vezes
  • Propõe votações e expulsões
  • Faz tudo o que pode para arranjar fricções entre os concorrentes
  • Grava cada instante de má-língua e de lágrimas
  • Manipula tudo o que consegue através de montagem televisiva
  • Um bónus especial: o programa não tem praticamente nenhuma regra definida (embora pareça) e a produção muda tudo como bem lhe apetece

A versão portuguesa
Vai chamar-se "O Peso Certo" e deverá copiar à risca a versão original fazendo do programa um completo nojo. Compreendo que é um formato comprado e já definido mas o facto de irem copiar frases, momentos de tensão, montagem e tudo mais, vai na certa produzir um conteúdo um bocado reles.

Basicamente é um novo "Querido mudei a casa" mas com artérias muito zangadas. Nós estamos sempre mortinhos para ver um antes e um depois e se isso incluir pele em excesso suficiente para fazer três porta-moedas e duas tendas de circo, melhor.

13 comentários:

  1. Opá, como se houvessem obesos em Portugal! Pffft

    ResponderEliminar
  2. Vai ter a Júlia Pinheiro.

    Está tudo dito.

    Ver o programa e retirar o som.

    ResponderEliminar
  3. Acho especialmente bom para mandar abaixo aquela ideia que os gordinhos são todos simpáticos e bem dispostos. É só vê-los cheios de manhas uns com os outros.

    ResponderEliminar
  4. ainda ontem pensei nisso mesmo: será que vamos ser capazes de ver o peso certo? com uma apresentadora como a julia pinheiro, habituada a grandes regabofes em programas do género - até estou com medo dos comentários: oh joão, diga lá, agora que a larissa está com menos 5 kilos já lhe dava umas dentinhass nas carnes, não?

    vams ver, mas em segredo.

    ResponderEliminar
  5. Eu sou fã do original e nem sei porquê, de facto é como dizes... :P Mas mais uma vez devo ser daquelas que nem se vai aperceber que começou e acabou a versão portuguesa, para meu bem :P

    ResponderEliminar
  6. A Alexandra disse que vai ter a Júlia Pinheiro... mas quê? A apresentar ou a participar?!? :s

    ResponderEliminar
  7. Nunca tinha pensado na Júlia Pinheiro para apresentar aquilo.
    Existe o óbvio problema de perdermos a concentração ao pensar que ela própria também devia abraçar o exercício físico.

    Ainda assim acho que os problemas serão muito maiores que isso. Imagino com algum terror os treinadores a imitarem um estilo que não é o deles e a caírem completamente no ridículo.

    A únicas coisas positivas é que haverá eventualmente uma morte rápida da Casa dos Segredos e que alguns espectadores começarão a fazer um pouco mais do que ver televisão.

    ResponderEliminar
  8. Concordo que a versão portuguesa vai ficar muito àquem da americana. É sempre assim. Tenho alguma esperança que seja diferente desta vez, mas é ínfima.

    Adorei o último parágrafo. Muito bom.

    ResponderEliminar
  9. Ora bem, de todo o extenso comentário sobre gorduras a única frase retida a minha mente foi "...creio que as senhoras lhe ferrariam o dente de boa vontade..." - porque sim, confere! Eu ferrava-lhe o dente que era um mimo! O senhor tem altos níveis de sex appeal!


    P.S. Só hoje tive conhecimento deste blog, através da Poisoned Apple cujo blog sigo regularmente!

    ResponderEliminar