2010-12-25

O Natal é importante porque... - II

Num só dia milhares de telemóveis novinhos em folha conseguem rebentar com a liberdade de imprensa iraniana.

O Natal é importante porque... - I

... ajuda-nos a relembrar porque é que há familiares que ficaram registados na nossa mente como pessoas completamente insuportáveis.

"O melhor do Natal são as crianças"

Padre Frederico

2010-12-23

Direitos Constitucionais? Não me parece bem.


Ando um bocado farto da choraminguisse em que se tornou Portugal. Andamos rodeados de gente de merda que está à espera que tudo seja feito, entregue de bandeja e sem esforço.

Faz-me especial comichão ver a forma como a minha geração se queixa  de que está desempregada porque não há empregos na sua área de formação, como se alguém tivesse a obrigação de criar mercado para eles.

Quem tem a minha idade e é saudável só está desempregado por opção. A palavra opção quer dizer que se pode escolher entre duas coisas. Se o desemprego não for opção, aceitam o que houver.

Causa-me também uma imensa estranheza quando alguém que não tem onde cair morto se queixa do valor do ordenado mínimo enquanto um emigrante brasileiro ou de leste se sente, com o mesmo dinheiro, como se tivesse sido abençoado.


Acho que parte do problema está na Constituição.

Não creio que seja muito benéfico dar tantos direitos a uma pessoa só porque ela tem a sorte de existir.

Seguem-se alguns dos meus artigos nomeados para expulsão / alteração (aparentemente é assim que se faz tudo hoje em dia). Depois divulgo o número de valor acrescentado para onde poderão ligar.


Artigo 36.º

Família, casamento e filiação



1. Todos têm o direito de constituir família e de contrair casamento em condições de plena igualdade.

1. Todos têm direito de constituir família e a obrigação de a sustentar sem qualquer ajuda externa. Não há cá merdas de apoios do estado. O orgasmo não foi partilhado e as despesas também não o serão.


 


Artigo 38.º

Liberdade de imprensa e meios de comunicação social



1. É garantida a liberdade de imprensa.

1. É garantida a liberdade de imprensa se souber escrever e fazer perguntas inteligentes e não tiver sido submetido a cirurgias plásticas no Zé das carnes .



Artigo 42.º

Liberdade de criação cultural



1. É livre a criação intelectual, artística e científica.

1. É livre a criação intelectual, artística e científica para todo aquele que não for chamado pelos seguintes nomes:

Ana Malhoa

Tony Carreira




Artigo 45.º

Direito de reunião e de manifestação



1. Os cidadãos têm o direito de se reunir, pacificamente e sem armas, mesmo em lugares abertos ao público, sem necessidade de qualquer autorização.

1. Os cidadãos têm o direito de se reunir, pacificamente ou com violência descontrolada desde que tenham feito alguma coisa, quando tiveram oportunidade, para alterar as condições que motivaram a manifestação. Quem é abstencionista durante os períodos eleitorais, pode ir para a puta-que-o-pariu no que toca a manifestações e greves. Votar em branco conta como expressão de opinião. Inventem outra desculpa para ficar na praia ou no sofá.



Artigo 47.º

Liberdade de escolha de profissão e acesso à função pública



1. Todos têm o direito de escolher livremente a profissão ou o género de trabalho, salvas as restrições legais impostas pelo interesse colectivo ou inerentes à sua própria capacidade.

1. Todos têm o direito de escolher livremente a profissão os tomates! Têm direito a escolher desde que não estejam a receber subsídio NENHUM. Nesse caso até podem viver num caixote e comer da latrina.



Artigo 64.º

Saúde


1. Todos têm direito à protecção da saúde e o dever de a defender e promover.

1. Todos os que não insistiram, durante anos a fio, em atitudes de risco para as quais estavam mais que avisados, têm direito à protecção da saúde e o dever de a defender e promover. Os outros têm direito a uma cremação, num fogareiro. Este trabalho deverá ser executado por desempregados que estejam a receber subsídio. Desempregados que estejam a receber subsídio ou rendimento mínimo garantido e em simultâneo a desenvolver uma actividade remunerada de tráfico de droga devem promover a saúde doando em vida e sem anestesia todos os órgãos que se aproveitem.

 

 


Artigo 65.º

Habitação e urbanismo



 1. Todos têm direito, para si e para a sua família, a uma habitação de dimensão adequada, em condições de higiene e conforto e que preserve a intimidade pessoal e a privacidade familiar.

 1. Todos têm direito, para si e para a sua família, a uma habitação de dimensão adequada, em condições de higiene e conforto e que preserve a intimidade pessoal e a privacidade familiar e que permita práticas sado-masoquistas DESDE QUE SEJA SUSTENTADA COM O SEU PRÓPRIO DINHEIRO.

Quem não tiver condições de saúde para trabalhar e sustentar uma uma casa deverá  ser apoiado pelo estado. Todos os outros devem pegar na sacola e ir viver para uma gruta. Se a população de morcegos começar a diminuir é porque os novos habitantes estão carregadinhos de doenças.

2010-12-22

Esqueçam as pessoas...

... vamos antes votar nas presidenciais avaliando a dentição dos candidatos.
O Alegre já perdeu.

2010-12-21

"As Cheerleaders"

O canal Benfica TV, essa maravilha só equiparável a comer uma tacinha de merda, tem um programa que se chama "As Cheerleaders". Neste valioso conteúdo televisivo é abordada a vida das moças para além da sua função primordial, que consiste em povoar a mente dos adeptos aquando da masturbação, também conhecida por "apoiar a equipa no relvado enquanto dançam".

Preconceitos à parte para tirarem algum partido do programa têm que ter, no mínimo, um coágulo no cérebro.

2010-12-20

Biggest Looser

Esqueçam a pesagem, a medição de pregas de pele, os testes de bioimpedância. O critério mais lógico e rápido para podermos afirmar que uma pessoa é morbidamente obesa é verificar se conseguimos esconder a mão, até ao pulso, no umbigo do objecto de análise.

2010-12-17

Poupando por um futuro melhor

A complexidade dos sentimentos humanos e a dificuldade (ou incapacidade) de encontrar mulheres interessantes e agradáveis à vista leva-me a pensar o quão doce seria fazer apaixonadamente amor com uma ovelha.
Para além de evitar toda a cansativa e intrincada interacção necessária numa relação (nalguns casos chega a ser necessário um copo de álcool e um "bora") no final poderia convidar a parceira a entrar para o forno e poderia continuar a refeição de uma forma completamente diferente.

Candidatos Presidenciais

Não há um que se aproveite.

Tivesse eu poder para tal, transformava-os em esfregonas e mergulhava-os numa qualquer lixívia do Lidl, daquelas que só de ler o rótulo nos queima a retina.

Entretanto deixo-vos com o pré-candidato capaz de mudar o país. Aquele que prometeu alcatifar todas as estradas e criar o "Ministério da Alegria".

2010-12-16

Pulseira do equilíbrio

Eu evitei este tema o mais possível mas não consigo resistir.

Tenho-me deparado a altas horas da manhã com um anúncio da TVShop a promover uma falsificação da patranha original. Aparentemente a pulseira activa o São Bernardo que há dentro de nós (1:01):


Ultimamente tenho sido submetido a desilusões devastadoras. Pessoas que conheço profissionalmente e apenas por telefone apresentam-se fisicamente usando uma destas coisas no pulso. Aplico de imediato um desconto de 50 pontos no QI que julgava ser o inicial daquele ser.

Nunca fui submetido àquele maravilhoso teste de equilíbrio que faz com que todo o sabujo se renda ao produto mas interrogo-me:
Para além do expectável efeito placebo será que já alguém tentou reproduzir o mesmo exercício duas vezes sem usar a pulseira?
Não é lógico que depois de te desequilibrarem pela primeira vez, sem aviso prévio, consigas aprender o suficiente para oferecer mais resistência à segunda tentativa?

Andar com um telemóvel amarrado ao escroto tem um efeito electro-magnético bem superior a 30 pulseiras de plástico e não faz de mim uma pessoa mais feliz ou equilibrada.

A minha nova definição de estado vegetativo: um membro de uma tuna com uma pulseira mágica.

2010-12-15

Já me estão a enervar

CALEM-SE COM A MERDA DO AÇÚCAR!
Acho perfeitamente tolerável viver um mês sem engordar, não é um bem essencial para sobreviver e para além do mais só falta nas prateleiras porque há abutres que fizeram stock em casa. Espero que sejam atacados por formigas gigantes e esquizofrénicas.

2010-12-13

O cheiro da morte

Todos os anos morrem milhares de pessoas nas séries de televisão e filmes só porque a merda dos personagens não sabem o fundamental do suporte básico de vida.
Ainda há minutos um gajo acabou de matar outro, que tinha sido alvejado por árabes, enquanto lhe fazia compressões torácicas cardíacas no pescoço. Irra que é burro!

2010-12-12

Pedofilia? Mutilação genital? Fome em África?

Depois de ter considerado muitas maleitas que atingem a sociedade contemporânea e ainda que estando certo de que o que se segue não será a pior coisa do mundo, sinceramente não me lembro de nada que a supere.


E para todos os que acham que o espacamento infantil não é uma forma licita de formação, vejam só isto:

2010-12-04

Frio?

Se eu estivesse na Serra da Estrela, de gorro, encasacado até ao pescoço e viesse um jornalista perguntar-me se "estava frio" de imediato perderia o direito a usar uma cana do nariz por esmagar.

Jornalistas, aquela corja.