2010-11-29

Já que cá estamos...

Há a maneira correcta e a maneira errada de pisar uma poia.
Um pedaço de dejecto deve ser pisado longitudinalmente. A incapacidade de executar a tarefa da forma indicada resultará no transbordo do produto para as laterais do calçado, dificultando desta forma a sua limpeza e causando algum aparato estético.

É especialmente importante que tenha atenção quando tiver que caminhar em terreno irregular, à noite, sem luzes. A probabilidade de pisar este tipo de matéria sem se aperceber é bastante mais elevada. A falha em identificar este acidente antes de lhe cheirar a merda durante a condução de um veículo poderá acarretar danos preocupantes aos tapetes da viatura em questão.

Eu não consegui cumprir todas estas directivas.

8 comentários:

  1. Lindo! Lindo! Este texto é uma obra-prima! :)

    Nota: limpa o carro que esta princesa não entra em latrinas

    ResponderEliminar
  2. "... algum aparato estético ..."

    HAHEHAHEHAHEHAH!!!!

    ResponderEliminar
  3. Adorei o blog ta de partir a carola á gargalhada =)

    Sim senhor ja tens aqui mais um leitor assiduo.

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Fábio, vê lá isso da carola. Ouvi dizer que já passou de moda.

    ResponderEliminar
  5. Eu gostava que este post,servisse para educar os donos dos animais,quando andam com eles na rua,nos passeios,nos parques(infantis)o problema não será só o carro não?Mas com sentido de humor como é habitual,muito bom...porque será que em nenhuma campanha eleitoral se fala nesta porcaria,multas,a E.M.E.L podia fazer o serviço,não anda atrás de tudo para a multinha,vou desligar .

    ResponderEliminar