2010-08-17

Comichão


Esta senhora tem comichão na vagina e quer partilhar connosco este momento tão especial. Não só quer partilhar o problema como a identidade. Não admite que lhe ocultem a fronha e quer enfrentar as bactérias que lhe atribuíram, já há algum tempo, um pré-aviso de chegada onde quer que se desloque.

Eu também tenho um problema e também o quero partilhar convosco:
Não há maneira de acertar em boxers em condições para proteger as minhas riquezas. Ou ando com tudo solto e vou estragando as matérias-primas, ou ando com tudo seguro e com um ancinho sempre à mão. Isto é especialmente verdade quando me submeti recentemente a manutenção florestal.
Como resolver?

6 comentários:

  1. Opá, usa um daqueles cocos invertidos, como aquele pessoal que faz esgrima.

    ResponderEliminar
  2. LOL! Estou realmente impressionada! Aparas a mata com que regularidade? E é rente ou cortas só as pontas? Tesoura ou gillete???

    Esta temática suscita-me muitas dúvidas. Já ponderaste o laser? Quem faz diz que os testículos não custa nada. A zona perianal é que de dar voos ao tecto.

    ResponderEliminar
  3. Anouc, isso deve dar um aroma...

    Poisoned, depende se está espigado ou não. Uso tesoura de poda.
    Laser não. Chamuscar com caruma como se faz após a matança do porco, a ponderar.

    Miss, será mesmo a baixo nível quando chegarem aos joelhos.

    ResponderEliminar