2010-07-13

1, 2, experiência

Estar na presença da baronesa da bufa, Poisoned Apple, não me desinibe nem me dá o direito de activar medidas anti-judeu, por muito que a mãe natureza assim o imponha.

Feita que está a introdução convém organizar toda a informação de forma cronológica:

  • Visita a uma bomba de gasolina para comprar um isqueiro
  • Feita a compra retornamos ambos ao carro
  • 10 segundos depois saio do carro fingindo ter visto alguma coisa estranha na esquina que precisava de verificar com urgência
  • Demoro 20 segundos a ir e voltar nos quais reúno mentalmente o comité de emergência e avalio se tenho condições para me voltar a sentar, aumentando assim a pressão ventral
  • Retorno confiando que a pontada é temporária e que tudo se resolverá com a ajuda do Senhor Jesus
  • Elipse temporal
  • Eu a esgotar todo o papel higiénico disponível
  • Um gato traumatizado para sempre

4 comentários:

  1. Ahahahah. Obrigado pela primeira gargalhada do dia.

    ResponderEliminar
  2. LOL! Fiz como disseste, não entrei no WC, só no dia seguinte. E foi quando constatei a falta de papel higiénico e pensei que "trazer os amigos a cagar a casa é uma despesa!". Já lá está um novo rolo disponível para as necessidades que se seguirão.

    As paredes estavam limpas.

    ResponderEliminar
  3. Patife, paga!

    Poisoned, estavam limpas porque dei muito uso ao rolo.

    Harness, aparentemente...

    ResponderEliminar