2010-06-26

Quereis ter-me como seguidor meu Deus?

Quereis que te siga até ao fim dos Teus dias (sim, hei-de caçar-te)?
Basta para isso que cortes os dedos de todas as pessoas que estão constantemente a tirar fotos a toda e qualquer merda, por muito irrelevante que seja.

Mas alguém vai algum dia querer a puta de uma fotografia de uma placa com um qualquer dizer banal só porque está no estrangeiro? Ou a originalidade de uma fotografia onde se finge tocar o Sol?

Mata estas pessoas ou limita-as a andar com trela e apenas com acesso a máquinas de rolo. Ok?

7 comentários:

  1. eu sou uma das pessoas que tira esse tipo e fotos. As do sol e uma muito gira em Budapeste onde dizia Fodraz, e até ver ainda tenho os meus dedinhos. Talvez Deus não te queira como seguidor...

    ResponderEliminar
  2. Sabes que aquilo que temos pode desaparecer num instante... logo entendo quem gosta de eternizar momentos.

    ResponderEliminar
  3. Lol...procuramos muita vez o inesperado...e as vezes consegue-se de uma foto que se tirou do nada...ganância...talvez.

    ResponderEliminar
  4. coitados dos japoneses que eram logo extintos... :)
    bem haja!

    aparece por

    http://forcanamaionese.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. Sara, talvez ele não exista ou ainda não tenha tido tempo. Ainda está tudo bem com as tuas mãos?

    S*, há coisas demasiadamente irrelevantes para serem eternizadas.

    Esqualidus, pode acontecer mas nunca é esse o objectivo inicial.

    Maionese, não sei. Não conheço os motivos que escolhem.

    ResponderEliminar
  6. Ainda conto 10. Tudo certo. Deus está com os apreciadores de pequenas coisas, como placas na estrada que dizem Carne Assada, ou senhoras queques que caminham na rua com buracos nas calças mesmo no meio do rabo.

    ResponderEliminar