2009-12-31

Morre 2009, MORRE!

E fica já a ameaça a 2010. Tens a cabeça a prémio. Se te armas em parvo podes ter a certeza que te abato. Olha bem para o que aconteceu a 2009. Está no seu leito a fazer uso das suas últimas horas de vida.

2009 foi um grande cabrão. Não foi nada mau profissionalmente mas, tirando isso, revelou-se uma real bosta.
Espero que tenhas uma morte dolorosa e que não te repitas (100% garantido).

É sempre bom culpar um conceito temporal pela nossa falta capacidade para seguir o caminho certo.

2009-12-25

"Is there anybody out there?"

BLOGOSFERAAAAAAAAAAAAAA (FERAAAAAAA, FERAAA), ESTÁ AÍ ALGUÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉM (GUÉÉÉÉÉÉM, GUÉÉÉÉM)?

2009-12-24

Nesta época festiva...

... sinto-me tão vazio que a execução de uma flatulência só resultaria na eliminação de vácuo.

2009-12-23

Admiro...

... as pessoas que acrescentam o nome no final das sms natalícias mas ainda admiro mais as que nem o "FW" retiram dos e-mails. Têm a coragem de fazer uma declaração muito clara e sincera:

- Backspace é só para pessoas especiais.

2009-12-22

Cooperação Estratégica - A Receita

Ingredientes:
- 1 Presidente da República
- 1 Primeiro Ministro
- 1 deserto (sem pedras e bem isolado, por favor)
- 2 pares de algemas
Coloque-se os dois primeiros ingredientes no terceiro.
Algeme-se o braço direito do Primeiro Ministro à perna direita do Presidente.
Algeme-se o braço esquerdo do Presidente à perna esquerda do Primeiro Ministro. Algemar bem apertadinho e acima do cotovelo.
Coloque à sua disposição um pouco de imaginação cinematográfica e uma câmara de filmar bem posicionada para memória futura.
Abandone os vergonhosos governantes.
Faça apostas on-line.
a) Tentam sair dali a rebolar.
b) Discutem escutas, casamento gay e prioridades legislativas.
c) Chegam a um acordo de cooperação estratégica (uma coisa a sério e não aquelas merdas que saem da boca para fora) em que cada um rói um membro permitindo assim a tentativa de chegar a um local seguro.
d) As 3 anteriores.
e) Morrem agarrados sem comunicarem um com o outro porque não havia nenhum jornalista presente.

2009-12-17

Geológicamente anti-social

Sei que hoje o dia vai ser merdoso porque vou estar completamente deslocado do assunto do momento. Parece que houve há minutos um tremor de terra e, como de resto tem sido em todos os eventos semelhantes, não dei por rigorosamente nada.

Do messenger brotam mensagens de pessoas a perguntar "sentiste" (na verdade foram só 3)?

Não senti rigorosamente nada. Acho que a estrutura da casa abana mais quando estou na sanita que com estas pequeninas brincadeiras entre placas tectónicas.

2009-12-16

Meteorologia

Não é um pouco contraditório que as mesmas pessoas, ano após ano, critiquem a comunicação social por dar como grande notícia, ano após ano, o facto de estar a nevar no Inverno?

Um recado para ambas as partes: já apreendemos as enriquecedoras ideias que nos querem passar, ok?

2009-12-15

Liberdade de expressão

Respondendo a opiniões semelhantes a esta:
Eu que defendo na teoria o uso de violência completamente descontrolada como forma de expressar as nossas mais encantadoras emoções e que na prática sou um pacifista e não aprovo de todo o uso da força, acho que o episódio com o senhor Berlsconi não foi de todo negativo. O que me chateia no meio disto tudo é que rotularam o agressor como "portador de deficiência mental". Interrogo-me qual será a saúde mental dos eleitores italianos.
Esta agradável agressão creio que teve 3 funções de elevada relevância:
Sou um super primeiro-ministro. Quem acredita em mim está cada vez mais convencido. Todos perguntam: onde há um homem forte e duro, com testículos como Silvio Berlusconi? - Silvio Berlusconi
Diz isso aos dentinhos que foram embora.

2009-12-13

Silêncio

Por muita vontade que tenha de escrever (e tenho tido) não me vem nada à cabeça que seja minimamente interessante.

Não percebo o que se passa. Continuo tão amargo, irritado e maldoso como sempre mas, ainda assim, parece que não há nada que se aproveite nesta cabeça.

Terei esgotado todo a força anti-Natal que há em mim?

2009-12-05

O fim da humanidade

Já abordei levemente este tema mas retorno ao mesmo porque acho que há alguma urgência nesta matéria, não porque haja qualquer solução possível mas porque é sempre bom reflectir acerca das catástrofes que não podemos evitar.
O homem procura sexo. Está acessível hoje em dia. O homem está satisfeito.
O homem procura sexo oral. Já é algo praticamente garantido. O homem está satisfeito.
O homem procura sexo anal (não no sentido receptivo). É actividade em franca expansão e quase a sair do tabu. O homem está satisfeito.
A curtíssimo espaço de tempo não haverá mais nada na Terra que mantenha o homem estimulado. Não vislumbro o que mais possa ser feito entre seres humanos que seja anatomicamente possível (assumindo que estão os dois vivos).
O homem perderá o interesse pela mulher, os bebés deixarão de nascer e os proctologistas facturarão pra burro (mas não deixarão descendência na mesma).
Preciso mesmo de dormir (e de castração mecânica, com uma, pedra por favor).