2009-03-30

Genuinamente culto

Também eu sou um homem cheio de cultura que escreve posts com citações, fazendo de mim uma pessoa portadora de grande sensibilidade:

- VAI PARA O CARALHO! - mendigo na Avenida Almirante Reis

- VAI LEVAR NO CU! - Taxista na Baixa


Poesia, logo de manhã.

2009-03-26

Finalmente!

Leia-se o P.S. 2 deste post.

Claro que tive que enfrentar as consequências.

Quem anda de mota há alguns anos sabe que é inevitável dar uma queda ou outra. Já as tinha dado, a baixa velocidade, e sempre sem danos de maior.
Hoje, pela primeira vez, quando circulava de forma totalmente irregular numa estrada nacional, no limbo entre a contra-mão e a faixa correcta, lixei-me.
Um senhor decide virar para a esquerda, eu apercebo-me, travo, buzino, espeto-me contra ele, caio no chão.
O capacete, que era praticamente novo, assim se mantém. Jerry Seinfeld é que a sabe toda: os capacetes usam-nos para se protegerem. Resultou.
Danos mínimos na mota.
Ligeiro esmagamento da pata direita.
Levanto-me rapidamente, levanto a mota, encosto-a fora da faixa de rodagem.

O segundo interveniente no acidente sai do carro rapidamente e dirige-se a mim, visivelmente nervoso e preocupado:
- Então você não viu o pisca?
- O que é que acha? - respondo eu a ferver.

Controlei o meu mau génio e racionalizei a culpa que era totalmente minha.
Disse-lhe que estava tudo bem, que não se preocupasse. Os danos no carro limitavam-se a um risco e, coincidência do catano, o homem estava para pintá-lo e disse que não queria nada de mim.

Despedimos-nos com um carinhoso linguado e uma palmadinha no rabo.

2009-03-23

Sporting vs Benfica

Pequenote - Mamã, mamã! Eu sou um merdoso?
Mãe - És sim meu filho.
Pequenote - Porquê?
Mãe - Porque estás feliz e muito orgulhoso porque o Benfica ganhou a taça da Liga.
Pequenote - Hummm... Mamã, será que eu não sou antes um grande filho-da-puta?
Mãe - Não és nada disso querido. Mas és filho de um cabrão, porque o teu pai também acha que ganhou uma merda fantástica.

E lavar as mãozinhas, não?

Está a crescer de forma preocupante o número de mulheres que apanho a saírem da casa-de-banho sem lavarem as mãos após uma sessão de micção.
Como é que sei que foi isso que estiveram a fazer?
Digamos que o chilrar da loiça quando sujeita a uma aspersão de alta velocidade é coisa para não passar despercebido a este ouvido doentio.

2009-03-22

Watchmen - Pornografia na Sala

Pensamento cinematográfico:
É desconcertante ver num filme uma pila azul gerada por computador. Acrescento que a mesma não estava circuncisada.


2009-03-18

Quem é quem?


O tão afamado "Monstro de Amstetten" Joseph Fritzl, a quem eu gosto de chamar "O Mestre", tem demonstrado diariamente que está arrependido de ter desistido da escola.
Tem sido visto a estudar afincadamente. Dizem que está a tentar meter a matéria na cabeça.

Por outro lado a minha mais-que-tudo, a mulher que é dona do meu coração, aquela que quero que venha a ser mãe dos meus filhos, parece não estar arrependida das suas opções académicas.
Ela é jornalista, editora de politica ou pano de lavar chão, ainda não percebi bem.
Apesar de só ter visto duas metades do seu maravilhoso programa "Cartas na mesa", sucumbi aos seus encantos.
Adoro quando uma mulher faz figura de ursa e está CONSTANTEMENTE a mostrar que não tem qualquer tipo de conhecimento do que está a falar. O que interessa é falar contra o sistema.

Estive a pensar melhor e acho que não a amo. Estou a confundir amor com vontade de lhe arrancar a traqueia. Acho que é isso.



Tadinha, já tem o pescoço partido!

2009-03-12

Se eu fosse Deus

A minha primeira preocupação, assim que me sentasse no meu gabinete, seria decidir quem haveria de matar. O planeta está à beira da ruptura e há que poupar nos recursos. Temos que reduzir o consumo dos valiosos bens: água e oxigénio.

1 - Assim como quem não quer a coisa, dizimava o Clero. Era capaz de deixar viver uns quantos membros que tivessem genuíno empenho em causas sociais, os outros iam todos, com algum prazer irónico, para a fogueira.

Porque é que mataria os pobres senhores?
  • Gosto pouco que me metam palavras na boca
  • Gosto pouco que façam dinheiro à conta de falsidades imputadas a este que vos escreve
  • Gosto pouco de filhos-da-puta deste naipe
  • Gosto pouco de filhos-da-puta que fodem mas que dizem que sem ser para ter filhotes não pode ser
2 - Teleportava em simultâneo todo o corno (homem ou mulher) para o leito onde estivesse a ocorrer uma traição. Começava de imediato a comer pipocas.

3 - Chamava Alá ao meu gabinete e dava-lhe um chapadão, só para mostrar que entre entidades que não existem, eu sou o mais forte.

4 - Descaía as mamas da Maya até ao joelho. Por cada correcção que ela tentasse fazer escrevia-lhe com um ferro em brasa as seguintes palavras "Não se mexe na criação de Deus. Vê se páras de olhar para o céu que já me arranhaste a perna duas vezes".

5 - Acabava com a fome no mundo. Lembram-se do assado de sacerdote que fiz no inicio? Que festim!

6 - Trancava numa caixa Manuela Moura Guedes, José Sá Fernandes e Rui Santos, só para ver quanto tempo sobreviviam os três seres mais irritantes do planeta.

7 - Explodia instantaneamente todo o veículo cujo condutor buzinasse assim que o sinal fica verde.

8 - Esperava que José Castelo Branco se encontrasse a defecar e gritava-lhe ao ouvido com a minha voz divinamente grave:
"O TEU ÁLBUM NÃO VALE A PONTA DE UM CORNO.
PÁRA DE REZAR QUE EU JÁ NÃO TE POSSO OUVIR.
JÁ DISSE QUE NÃO TE TIRO AS COSTELAS PARA FICARES MAIS MAGRO.
LEVANTA-TE DO CHÃO! ESTÁS A CAGAR FORA DA SANITA!"

9 - Criava uma lei divina que definia que toda a gente que se queixasse do governo e que não tivesse ido votar teria como pena o nascimento automático de uma charrua no cotovelo. Mais ou menos como um cravo mas com funções agrícolas.

10 - Escrevia no céu:
"Eu sou um pervertido. Se queres acreditar que sou omnipresente fica sabendo que já vi a tua companheira de ângulos bem bizarros.
Também é possível que eu não exista e que tudo isto não passe de sintomas da tua esquizofrenia."

2009-03-10

Exibicionismo

A piscina que frequento tem os balneários em obras.
As obras causaram uma alteração no caminho [chuveiros -> cacifos] de elevada relevância.
Eu sou distraído.
Para os duches fui com o fato-de-banho.
Para os cacifos fui sem nada no pêlo.
Passei pelo acesso que dá para a piscina e só me dei conta do que estava a acontecer enquanto estava a mostrar toda a minha virilidade aos utentes.

Por estes dias o publico feminino deve andar a ver mais mangueira num dia que em toda a sua vida (Elsa Raposo não incluída).

2009-03-09

Eu sabia!

Ganhei novo respeito pela TVI.
Os blocos informativos são, jornalisticamente falando, miseráveis, mas e se fossem programas de ficção? São bastante realistas certo? Merecem até ser premiados.

Estava eu a procurar, por razões estritamente profissionais, informações de uma ex-pivot deste canal, Ana Sofia Vinhas, quando dou com esta página.

Bem me pareceu que tinha que ser a brincar. Parabéns TVI!

2009-03-07

Italianos e portugueses são os que mais jogam

Falava-se do Euromilhões e heis que um responsável da Santa Casa da Misericórdia justifica o ranking tuga da seguinte forma:

"Os portugueses jogam muito porque gostam de ajudar."

Há alguém que se lembre, na hora em que vai fazer a sua aposta, que parte do seu dinheiro vai para causas sociais?
O português está-se simplesmente a cagar para isso! Se roubar pão a um mendigo der direito a um telemóvel novo, o português rouba.

A contribuição social, neste caso, é um dano colateral. Se fosse possível optar, o português revertia a parte que toca à Santa Casa a favor de uma distribuição de LCDs.

... jogam muito porque gostam de ajudar... Alguém, por favor, parta a cabeça deste homem com urgência!

2009-03-05

Comercializado por: Sousa & Cleto

A ilustração deste mero utensílio para tomar banho excita-me a um nível que nem vos conto.

"Almofada Festinha", que golpe de marketing. Toda a gente gosta de festinhas e estas, sendo auto-induzidas, podem ser aplicadas onde bem nos apetecer. Note-se que é para "uso pessoal", nada de andar a lavar o carro com isto.
Reparem na expressão sensual da modelo fotográfica. É impressão minha ou ela está prestes a ser ataca por um urso pardo?

Independentemente da venda livre num hipermercado, eu acho que isto se trata de um artigo digno de sexshop:
  • Artigo para festinhas
  • Grafismo pornográfico
  • Substitui boneca insuflável e revista para adultos
Por tudo o que têm feito por nós, obrigado Sousa & Cleto.

2009-03-04

A Magia da Televisão

Carolina Salgado, escritora já várias vezes referenciada neste blog, foi ontem vitima de uma agressão. Prova-se assim que não é com roupas, sapatos e aparência que se retira a puta de dentro de uma mulher.
Desengane-se quem acha me refiro a Carolina. Prestem atenção aos 0:30:



É enternecedor ver o nível elevado de consciência da interveniente:
  • Percebe que está descontrolada e, para evitar mais agressões pede: "tirem-me as mãos".
  • Recupera o controlo, decrescendo o nível de peixeirada, sem que factor motivacional fosse a presença de uma câmara.
Bravo, cidadã-que-quase-parecia-uma-senhora, bravo!

2009-03-02

Balneários

Sempre fui muito tímido. A dificuldade em andar desnudado perante um monte de desconhecidos foi coisa para me causar problemas.
Os momentos em que deixava a minha pila totalmente livre eram escassos, só o suficiente para passar de uma toalha para as cuecas. Toda a cautela era pouca.

Hoje em dia sou um adulto, um homem formado e já não tenho receios. Ando livre como um passarinho, esvoaçando todo nu pelo meio de outros machos (com uma flor na orelha).
A maturidade permite-nos desenvolver um sexto sentido, algo muito semelhante ao que Peter Parker desenvolveu, uma espécie de alerta aranha.
Se há por acaso um qualquer movimento fálico autónomo de outro individuo, de imediato vejo um flash. Esta capacidade pode representar a diferença entre um cólon fecundado ou uma finta rápida.

Num balneário masculino, todo o pénis que ofereça resistência à gravidade está em contra-ordenação heterossexual.



Isto é tudo muito relativo. A maioria faz a norma.