2009-09-29

Sintomas

Apesar de estar neste momento no metro, com gotas de suor a escorrer-me pela cara, isto não quer dizer que tenha GRIPE!
Senhores utentes, párem de olhar para mim com essa cara.
Atentem ao facto de que há a possibilidade de ter estado a correr ou a praticar sexo.
Por falar nessa actividade, devo estar prestes a apanhar com o pedinte da Sida, no comboio.
Para quem não o conhece, o pedinte da sida é um gajo que tem um discurso lindo, bem articulado e que até pede desculpa, no fim da recolha, por nos ter incomodado.
Esta bonita atitude não só não me comove como não restitui os segundos de sono que me são furtados por esta intervenção. Ele refere (e note-se a qualidade da coisa) que não tem qualquer "apoio estatal". Questão: quando é que este gajo morre? Será preciso pedir apoio estatal para o abate deste gajo? Terá mesmo sida? Se tem tal doença isso impede-o de trabalhar e no entanto permite-lhe, com tanta perfeição, foder-me a tola? Devo começar a usar um preservativo na alma?

Como eu temo tão pouco a gripe e tanto os violadores do meu soninho.

3 comentários:

  1. De facto é chato. Sempre é preferivel encontrar o mítico cego ordinario que faz rap com a muleta e a lata.
    Já agora, quando um gajo fala que está a suar a potes e diz que há a hipotese de ter estado a correr ou a fazer sexo, a probabilidade de ter estado a correr ou a fazer sexo são muito baixas. No entanto, e analisando o quadro que se apresenta, a obesidade é bem provável, conjugada com comida demasiado picante. Muahahah

    ResponderEliminar
  2. Xiiii...a minha mãe que os gajos do metro andam todos na mesma "seita".Vais a ver são ricos.

    ResponderEliminar
  3. Trinca Espinhas, temos insulto grátessch? Gostei! Elabora mais, por favor.

    Alexandra, a tua mãe é que sabe!

    ResponderEliminar