2009-05-22

Triângulos Amorosos

Os mais interessantes são aqueles em que apenas um vértice tem conhecimento de que faz parte de uma forma geométrica.

11 comentários:

  1. Por acaso o conhecimento de um dos vértices dá-lhe alguma vantagem,resta saber o que faz com ela.

    ResponderEliminar
  2. relativamente aos triângulos só sei que a soma dos quadrados dos catetos é igual ao quadrado da hipotenusa.

    ResponderEliminar
  3. Cuidado, vértice-que-sabe-que-faz-parte-de-uma-forma-geométrica! Não te esqueças que os triângulos amorosos nunca são equiláteros!

    ResponderEliminar
  4. Se me permites discordar, logo na primeira visita, acho que o vértice mais interessante é o que sabe que faz parte do triângulo quando os outros dois pensam que têm um segredo...

    ResponderEliminar
  5. Atenção que os triângulos são formas geométricas muito afiadas que ao tocar-lhes certamente alguém se vai magoar.

    ResponderEliminar
  6. A acontecer, ao menos q seja o vertice conhecedor...

    ResponderEliminar
  7. Alexandra, ou é muito bom na coisa ou tira o proveito temporário.

    Lady, creio que é isso mesmo.

    Marta, esclareça-se que não faço parte de nenhum triângulo. Isto não é autobiográfico.

    Sweetie, importa-se de elaborar mais um pouco? A sua posição não é muito clara.

    Maria, creio que o nome técnico é "o encornado(a)". Não me parece divertido.

    Rita, estamos constantemente a fazê-lo, mesmo em segmentos de recta.

    Suzy, a acontecer, que sejamos o conhecedor e que tratemos de terminar com aquilo rapidamente.

    ResponderEliminar
  8. Mas o normal é saberem dois dos vértices, ou não? À sempre um que coitadito é o ângulo menor...

    ResponderEliminar
  9. Precisamente. É o normal mas não é o mais interessante.

    ResponderEliminar