2009-04-21

Homenagem a Bush

Enquanto lia as últimas novidades da CIA e das actividades pedagógicas que desenvolveram em Guantanamo, comecei a pensar nas coisas bonitas que se podiam fazer com todos os fãs que Bush angariou ao longo dos últimos anos.

No dia em que o senhor for a enterrar, podiam escolher um cemitério como um solo extremamente impermeável. Faziam a cova, desciam o caixão e convidavam uma pequena percentagem de apoiantes a cuspirem no mesmo. Em menos de nada teríamos o caixão coberto e, se fosse Inverno, a saliva congelaria e formaria uma bonita vitrina, permitindo que todos admirassem o grande líder.

No verão podiam pôr lá patinhos. Nenhuma cagadela seria demais.


4 comentários:

  1. Patos?Só?Aproveita aí os cisnes que são maiores.Sempre chafurdam mais apesar da elegância que têm em serem brancos.

    Acho que está tudo muito bem,se bem que um humedecimento do senhor não lhe faria mal de caixão aberto.

    ResponderEliminar
  2. E colocar-se-ia um espelhito, nada de muito grande, para que o sol fizesse derreter o gelo, para que os apoiantes pudessem renovar os seus votos de quando em quando.

    ResponderEliminar
  3. Alexandras, porque não colocar graciosas vacas a nadar em tal lago?

    XS, é sempre bom manter a fé.

    ResponderEliminar
  4. Eu pensei nisso,mas depois eram muito grandes e ninguém conseguiria ver o senhor.se bem que a merda se aproveitava mais.

    ResponderEliminar