2009-03-18

Quem é quem?


O tão afamado "Monstro de Amstetten" Joseph Fritzl, a quem eu gosto de chamar "O Mestre", tem demonstrado diariamente que está arrependido de ter desistido da escola.
Tem sido visto a estudar afincadamente. Dizem que está a tentar meter a matéria na cabeça.

Por outro lado a minha mais-que-tudo, a mulher que é dona do meu coração, aquela que quero que venha a ser mãe dos meus filhos, parece não estar arrependida das suas opções académicas.
Ela é jornalista, editora de politica ou pano de lavar chão, ainda não percebi bem.
Apesar de só ter visto duas metades do seu maravilhoso programa "Cartas na mesa", sucumbi aos seus encantos.
Adoro quando uma mulher faz figura de ursa e está CONSTANTEMENTE a mostrar que não tem qualquer tipo de conhecimento do que está a falar. O que interessa é falar contra o sistema.

Estive a pensar melhor e acho que não a amo. Estou a confundir amor com vontade de lhe arrancar a traqueia. Acho que é isso.



Tadinha, já tem o pescoço partido!

7 comentários:

  1. Vim parar ao teu blog através de outro blog.. Portanto, sendo que eu sei escrever achas e sei que certeza não leva cedilha, pelo menos sei que posso voltar sem ser expulsa.
    Gostei da escrita.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  2. E tem um grave problema de miopia. Coitado...

    ResponderEliminar
  3. AHAHAHAH, as coisas que eu fico a saber na blogosfera.

    Onde andarei eu que sou tão fwliz no país das maravilhas??

    Tenho que começar a ver esse noticiário (ou não, ou não)

    Mas o que raio fazias tu a ver as notícias da TVi?

    ResponderEliminar
  4. Sophie, bem vinda. Daqui não levarás bons ensinamentos para uma vida equilibrada.

    Pedro, pode ser estratégia para dizer que não reconhecia que ela era sua filha...

    Mak, também podia dar os órgãos a outras pessoas.

    Thunder, a primeira vez que a vi foi por acaso. A segunda ouvi, propositadamente, pela net. O que eu não faço para escrever posts ofensivos...

    ResponderEliminar
  5. A julgar pela tonalidade da pele, o senhor é claramente o Monstro das Bolachas.

    Quando à senhora, posso estar a ser paranóico, mas acho que é o Joseph Fritzl disfarçado.

    ResponderEliminar