2009-01-16

Filósofos de Hi5

É preciso que alguém diga aos utilizadores de Hi5 que não é por fazerem o login que se tornam pessoas extremamente profundas e com pensamentos filosóficos avançados.
Frases como "Aproveita cada dia como se fosse o último!" ou "A vida é feita de coisas más, vamos comemorar as boas e cagar para as más!" não só não são originais como me ofendem todos os pelos do escroto.
Como sabem o meu escroto é bastante sensível e tem opiniões profundas no que toca a estes fenómenos sociais. Ele é da opinião de que este tipo de pessoa só devia poder utilizar o teclado com o alto da cabeça e respeitando o seguinte processo:
  • O filósofo permanece sentado na cadeira em frente ao computador
  • O filósofo convida um amigo para o ajudar nesta actividade bonita que é a escrita
  • O amigo aplica com uma violência totalmente justificada pancadas na cabeça do filósofo, usando para isso o teclado, até que ele não tenha capacidade para dizer "a minha namorada é do barreiro".
O meu saco-protector-das-massas-testiculares recomenda também que este tratamento seja repetido até que sejam atingidos danos cerebrais permanentes.

Peço a estas pessoas que façam uso do "What are you doing know?" (secção do Hi5) de uma forma um pouco mais literal. Exemplos:
- Estou a testar a elasticidade da minha vagina usando para isso uma carruagem da CP.
- Estou a derramar um pouco de sémen nos estofos do meu Opel Corsa Racing de 1990. As miúdas vão ficar doidas.
- Estou a viver uma fantasia sexual com Tino de Rans.



Quem não tem muito para dizer e não quer falar do que não sabe, faz com o Tino: fala só do que sabe e sem vergonhas!



Tino de Rans - Pão com manteiga

Hi everybody
I am Tino, the calceteiro man
Rewind, Selecta!
Let´s reggae
One, two, three, four
Pão-pão-pão-pão-pão-pão
Com manteiga é tão bom
Pão-pão-pão-pão-pão-pão
Yeah, yeah
Pão-pão-pão-pão-pão-pão
Com fiambre ainda é melhor
Pão-pão-pão-pão-pão-pão
Yeah, yeah
Boas tascas e amores,
Não te esqueças de ter pão
Yeah, Yeah
Inundo-os em manteiga
Mas com o pão sempre à mão
Yeah, yeah
Pão-pão-pão-pão-pão-pão
Com manteiga é tão bom
Pão-pão-pão-pão-pão-pão
Yeah, yeah
Pão-pão-pão-pão-pão-pão
Com fiambre ainda é melhor
Pão-pão-pão-pão-pão-pão
Yeah, yeah
É o nosso tapa-estomágo
O bagaço e cheiro a trigo
Yeah, Yeah
O jogo de toma e come
O teu sustento, meu amigo

7 comentários:

  1. Ahahaha!

    Já ficou no ouvido!

    Pão-pão-pão-pão-pão-pão

    Com manteiga é tão bom...

    (Nem tens ideia do que acabaste de fazer...)

    ResponderEliminar
  2. é impressionante. O cérebro dá o tudo por tudo para apagar este tipo de informação, como se fosse desnecessária ou chocante...não entendo como é que não me lembrava do tininho!

    TINO FAZ-ME UM FILHO!

    ResponderEliminar
  3. Tenho a dizer que passei a manhã a cantar esta música.

    Obrigada.

    ResponderEliminar
  4. Alexandra, só estou aqui para a servir.

    Lady, acho que é boa aposta. Dali vem esperma com veia artística.

    Ana, escusas de te fazer ao piso. A Lady chegou primeiro.

    ResponderEliminar
  5. Pão, pão, pão, com manteiga é tão bão!!!
    Ó pá, mas com fiambre ainda é melhor...
    Se calha, o Tino, a provar com presunto tinhamos outro verso.

    Espero que os pelos do escroto não se lembrem de pôr os filósofos de Hi5 em tribunal por atentado à sua inteligência.

    Confesso aqui, que uso o Hi5 da minha irmã para espreiteirar os pensamentos filosóficos dos meus sobrinhos... bem as revelações têm sido de tal forma chocantes, assim p´ró aparvalhado, que prefiro abraçá-los e fingir que ainda são "os meus meninos".

    ResponderEliminar