2008-12-31

Não há expressão...

... que dê mais excitação sexual ao tuga que o "então até para o ano" quando proferido no dia 31 de Dezembro.

"Cuecas do Período"

Se para as leitoras isto não consiste em novidade alguma, talvez os leitores não achem o mesmo. Eu, Piston Maria, não fazia a mais pequena ideia de que as mulheres tinham uma peça de roupa íntima dedicada aos momentos escarlates da vida. Faz todo o sentido mas, não tendo eu essa necessidade prática, nunca me havia debruçado sobre tal assunto.


O que me pôs um sorriso na cara não foi o conhecimento técnico que envolve esta temática. O que me agrada é o facto de que a mulher que me revelou este detalhe fê-lo enquanto se referia às suas cuecas da Kitty, a sua eleita para resolver esta delicada matéria.



E você jovem fêmea? Qual é a figura de animação favorita na qual confia o seu endométrio?

2008-12-30

Todos aplaudem...

... mas quem é que iria ao seu próprio bolso sem pestanejar?

Acredito que esse Senhor o faria, e que todos os que não estão em cargos elevados concordariam, desde que não implicasse uma redução no vencimento.

É muito fácil governar um país a partir do sofá.

2008-12-27

Porque é que os homens vêem pornografia?

As mulheres têm que compreender que os homens são seres sensíveis e muito carentes. Nós precisamos de muito carinho e atenção.
Não nos faz diferença se a ternura é aplicada na pila ou na pila, o que importa é que nos possamos sentir amados.

É por isto que o homem vê pornografia. Procura no ecrã o conforto de que necessita, o medicamento para essa doença que é a solidão.

Nota: Para este efeito considera-se "estado de solidão e abandono" qualquer espaço de 5 minutos sem contacto com outro ser humano ou animal.

2008-12-26

Mensagem de Natal IX

Esclareça-se que não tenho nada contra o Natal. Acho que é um bom pretexto para fazermos coisas de que gostamos:
  • Estar com a família e amigos
  • Orar
  • Comer
  • Copular com a mulher do vizinho
É claro que nem todas estas actividades prevêem a manutenção da totalidade da nossa dentição, ainda assim, creio que são acções válidas se resultarem num saldo de felicidade positivo.

Quando o Natal se torna obrigatório causando mais desconforto que efeitos positivos, acho que é a altura de mostrar às figuras do nosso presépio qual a forma mais utilizada para matar focas.

2008-12-25

Mensagem de Natal VIII

Levanto-me como uma criança, excitado com a manhã de Natal.
Corro para a sala e, para minha grande desilusão, não está a ser noticiada na televisão nem uma grande desgraça.
Será que este ano o Pai Natal não me dá nem uma razão para sorrir?
Não há nem um leão que tenha fugido do circo? Nada?

2008-12-24

Mensagem de Natal VII

Natal é...

... a família reunida à volta da televisão, a ver a telenovela, onde dois adolescentes copulam e que, mais tarde, trocam "bués" como prova de amor.

... ouvir na mesma produção ficcional a seguinte frase, dita por uma velhinha:
- É tradição e as tradições são para respeitar!

Desejo que o esposo dessa senhora lhe aplique a tradição da violência doméstica.

Mensagem de Natal VI

Estive a pensar em escrever um post com as seguintes palavras:
  • Scotty
  • Esperma
  • Pai Natal
  • Teleporte
  • Deus
Não o fiz não só porque respeito profundamente as crenças dos meus leitores, mas também porque acho que não estão preparados para lerem um conto de Natal que gira em torno de três personagens de ficção.

2008-12-23

Mensagem de Natal V

Neste Natal desejo a todos os meus leitores o rebentamento fortuito de uma botija gás nas vossas residências.

Nota: Espertalhões que têm gás natural, não desanimem! Desejo-vos muitas outras maldades.

2008-12-21

Mensagem de Natal IV - Cyborg

Eu acredito que num futuro não muito longínquo vamos ser dominados por cyborgs. Nessa altura a sua inteligência será tão avançada que conseguirão, eles próprios, aperfeiçoar a tecnologia que fará com que se confundam com os seres humanos.

Uma grande batalha será travada: Homem Vs Máquina.

Tudo será perfeito, até na simulação de emoções.
Nos dias que antecederão o do julgamento final, haverá apenas uma forma de distinguir o amigo do inimigo: só nós conseguiremos defecar.

A humanidade passará o fim dos seus dias a tentar perceber quem é quem. Serão horas e horas a observar o nosso ente querido, esperando ansiosamente pelo sinal:
- Se me amas verdadeiramente, mostra-me o teu cócó!

Cagões Vs Não-Cagões

Vai ser este o glorioso fim desta espécie que se auto-intitula "superior".

2008-12-18

Geekologia

Vocês ainda não sabem mas precisam disto como do pão para a boca.

Nesse site podem andar para trás no tempo em relação a praticamente todos os sites que possam imaginar. Também funciona com blogs. Foi bem bonito reencontrar alguns sites que fiz e que entretanto fecharam. Uma verdadeira visita à campa.

Esse link, a título de exemplo, tem as várias versões do Google ao longo dos anos.

Escusam de tentar http://seios.pt ou http://anus-como-era-antes-do-bibi.pt. Não só não resulta como essa vossa ideia entristece-me profundamente.

2008-12-16

Sociedade Recolectora

Tenho perdido algum tempo a pensar numa coisa que sinceramente me causa algum incomodo.
Depois de tantos milhões de anos a evoluir voltámos a ser o que éramos.

Quantos de nós é que alguma vez na sua vida produziram o seu sustento? Não, não me refiro a ganhar dinheiro, estou antes a pensar em plantar uma alface, caçar, trazer com o esforço directo das nossas mãos a comida de que necessitamos.

Apesar de toda a gente ter a sua casa, de viverem orgulhosamente sozinhos, nunca estivemos tão dependentes de desconhecidos.

REVOLTA-TE! Quebra os laços que te amarram à paparoca dos hipermercados.
Invade a ETAR mais próxima e traz de lá adubo para os teus tomates!
Cria o teu próprio viveiro piscícola (mas não te deixes enganar pelo cheiro, não meter para lá habitantes do Barreiro).
Entra de rompante no colégio dos Morangos com Açúcar, de catana em punho, e sai de lá com um sorriso!
Organiza um safari no estúdio do "Jogo Duplo" e traz costeletas suficientes para alimentar um pequeno concelho.

Somos de novo uma sociedade recolectora. Se algum elo da cadeia desaparecer, vamos desenvolver um gosto muito especial pelo consumo de raízes.

A audição começa no útero

Acho que esta é uma informação que os adultos desconhecem.

Lembram-se de serem pequenos e dos vossos pais falarem acerca de vocês, coisas bem embaraçosas, na vossa presença, com um qualquer desconhecido? Será que eles achavam que nós por estarmos de um lado para o outro a FINGIR que estávamos distraídos não ouvíamos nada? Será que fazem ideia dos traumas que nos causaram? Adiante.

Programa de Natal da TVI (não tenho culpa, o comando não era meu). Manuel Luís Goucha e Tony Carreira falam acerca do dia em que a filha do cantor deixou de acreditar no Pai Natal.
A plateia estava cheia de crianças.

Acho que para o ano vão discutir a melhor forma de praticar coito anal.

2008-12-15

Mensagem de Natal - III

Nem tudo é mau nesta época. Apesar da crise há boas hipóteses para poupar.

Quando me apercebi do verdadeiro estado da Alzheimer da minha Avó, fiquei consciente de que posso poupar numa oferta natalícia.
Não importa se lhe dou prenda ou não, dali a 3 minutos já não se vai recordar.
Devo evitar uma oscilação de felicidade / tristeza não oferecendo nada ou devo retirar toda a decoração de Natal da sala e pôr o Terminator II a dar na televisão?
Se espalhar confetis e serpentinas, para ela dia 25 será dia de Carnaval.

Não sei o que fazer. Estou confuso.

Nota: Alzheimer não é a definitiva solução para a crise. As pessoas neste estado esquecem-se que já comeram. É uma despesa do caraças!

2008-12-14

A humanidade irrita-me

Estava a ler a notícia no Jornal Digital que dá conta da vontade de Portugal de acolher prisioneiros de Guantánamo.
Os comentários que li abaixo (da notícia) geraram em mim uma tal irritação que tive que vir escrever um pouco de merda só para ver se libertava a tensão.

Estes cavalos não devem ter lido (ou ignoraram porque têm a necessidade constante de protestar) que os detidos a receber são os que não estão acusados de NADA! Lembram-se daquela coisa que é: "até prova em contrário são INOCENTES"?

Era mais que esperado que viesse de imediato a cantiga que condena o governo por estar preocupado com "talibãs" em vez de se preocupar com os coitadinhos dos portugueses que não têm dinheiro para comprar pão porque compraram uma televisão 16:9.
Realmente há com cada filho-da-puta!

Imaginem que são inocentes e que estão encarcerados com toda a vossa pele tapada, com uma venda e com auscultadores que não vos deixam nem ver nem ouvir nada.
Agora vão dizer aos que conseguiram sair de Guantánamo que o vosso iPod é mais importante que a liberdade deles.

Estou com um pó ao Mundo... Definitivamente fui feito para viver sozinho.

A humanidade irrita-me.

Sinto-me tão realizado!


Double Windsor - Tie The Phatest Knot Ever - Funny bloopers are a click away

Muitos vídeos mais tarde e 30 minutos depois, acho que consegui aprender como se faz o Double Windsor (nó de gravata).

Sou uma besta.

2008-12-13

Justiça Tuga

É uma obrigação quase legal de todos os portugueses a demonstração constante de indignação. O tuga, essa raça que devia ser abatida por esmagamento dos membros, nem sequer tem capacidade de se indignar por inteligência própria. O tuga papagueia o que ouve na televisão.

Na quarta-feira, creio eu, cheguei a casa a más horas e liguei a televisão. Tive a grande sorte de apanhar na mesa de uma qualquer gala, José Eduardo Moniz e sua esposa. Este grande director de programas sai-se com algo semelhante a isto:
- Podem ligar para este número à vontade. O vosso dinheiro será bem entregue, não é para salvar nenhum banco.

A esposa da criatura demora algum tempo simulando uma expressão de intriga, como se estivesse a apreender o conteúdo de piada tão profunda, e depois começa a bater palmas e a libertar sonoras gargalhadas.

É a indignação do momento: o BPP.

Aparentemente todos os que são ricos enriqueceram porque são vigaristas, não há quem o tenha conseguido por sorte ou por ter trabalhado bem (a sorte também deve ser crime).
Aparentemente, as pessoas que são multimilionárias por mérito, têm a obrigação de sustentar o país no meio de uma crise. Não têm direito a ter o fruto do seu trabalho salvaguardado.
Aparentemente, embora o tuga não seja propriamente um entendido em economia de grande escala, como aprendeu a dizer "já chegou à economia real" acha que faz a mais pequena ideia das consequências que pode ter o fecho de um banco tão pequeno quanto o BPP.
Aparentemente ninguém ouviu aquela parte em que se diz que "o banco de Portugal não deu os fundos pedidos pelo BPP mas arranjou uma alternativa usando o dinheiro dos outros bancos".
Aparentemente o tuga acha que o estado depois ter dito que ia apoiar os bancos que pedissem ajuda pode, de repente, discriminar e dar o apoio dependendo do tipo de clientes que esse mesmo banco tem.
Aparentemente o tuga não percebe que quem lhes dá emprego são alguns dos clientes do BPP...

Aparentemente o tuga NÃO PENSA, limita-se a repetir tudo o que ouve.
Aparentemente o tuga devia levar com uma barra de ferro nos rins até que a mesma formasse um pentágono / partisse (não importa o que acontece primeiro desde que doa muito no processo).

Nota: É que nem se atrevam a dizer que sou rico. Peço-vos logo um empréstimo para comprar uma pastilha elástica.

2008-12-06

Um homem não chora

Quando nos explicam isto em criança ninguém nos diz que não se aplica caso estejamos a arrancar um pelo do nariz.

É esta a dolorosa verdade que ninguém quer que se saiba.

Menezes

- Mãe! Mãe! Aquele menino não sabe brincar com o carrinho telecomandado!
- Queres um, é?
- Só comento essa afirmação no próximo ano lectivo.

Depois de ter conseguido sacar o carro ao puto por ter sido tão chato:
- Mãe! Mãe! Há um menino que diz que eu não sei brincar com o carro telecomandado!
- Mas ele tentou tirar-to? Bateu-te?
- Não, mas não tenho poder de encaixe para tolerar tal afronta. Vou ceder o carrinho a quem reunir o maior número de pessoas que acreditem nele(a) enquanto piloto. Depois disso aceitarei que ele é o melhor e não vou criticar cobarde e mimadamente o seu desempenho.

Depois de ter perdido o carrinho:
- Mãe! Mãe! Aquela menina não sabe brincar com o carrinho telecomandado!
- Luís Filipe! Tu não tinhas dito que ias apoiar o novo piloto e que não ias fazer qualquer tipo de oposição ao mesmo? Pensei que já eras um homenzinho!
- Não mamã, ainda sou uma criança a fazer uma birra tremenda e que até vai manter um site activo sem ter qualquer aspiração a exercer algum cargo no mundo das competições de carrinhos telecomandados. No fundo acho-me importante e nada cobarde.