2008-03-30

Cirurgião errado

Hoje vi um programa onde se discutia se o que resultava de uma cirurgia para inserção de implantes mamários era realmente o que se desejava.

Parece que muitas mulheres andam a gastar dinheiro numa viagem ao Brasil para comprar mamas novas.
Parece que muitas ficam desiludidas, de uma forma ou de outra, com o resultado.
Parece-me que andam todas a ir ao cirurgião errado.

Costuma dizer-se de uma mulher com peitos granditos que "Deus foi generoso para ti".
Não estará na altura de poupar nos implantes e ir para a igreja pedir a Deus umas maiores? No final de contas é ele que detem o negócio original. Os outros são marca branca.

Nota - Para quem não acredita em Deus, pode sempre pedir ao Big-Bang, mas é complicado porque ele tem andado um bocado ocupado a expandir o universo.

Quem é que mais te satisfez sexualmente?

Oh estimados leitores... que pergunta mais marota!

Quem mais me satisfez a nível sexual foi, sem sombra para dúvidas, um pastor alemão.
Já andei com um labrador e com um galgo mas nenhum deles tinha aquela energia animalesca.

O labrador é atencioso, carinhoso, gosta de nos surpreender com um bom jantar e flores.
O galgo tem a postura, a beleza e a inteligência.
Mas, se querem ser levados à loucura, sentir que estão a ser dominados, o pastor alemão é o vosso parceiro ideal.

Só de falar nisto até parece que estou a sentir aquelas unhas... ai melhéri!


2008-03-29

Desafio - Porque é que tens um blog?

Sabe quem me lê há algum tempo, que gosto tanto de desafios como de açorda de remelas. Geralmente não respondo a essas coisas mas este até que me estava a apetecer.

Comecei por apanhar uma grande seca no trabalho no Verão de 2006. Ocupei o tempo a devorar o blog http://salsichanaotedesgraces.blogspot.com e pensei: ainda que não tenha metade do talento para a escrita que esta moça tem, tenho igual quantidade de problemas mentais. E se eu os passasse para um blog totalmente anónimo e sem contar a ninguém que o mesmo existia?

E cá estou eu, ano e meio mais tarde, a escrever nesta ETAR da blogosfera.


Gostaria também de dizer-vos que não levo um pontapé nos tomates há muito tempo. Já não me lembro de como é a dor.

Antes deste blog a minha vida era totalmente inútil.
Agora a minha vida faz sentido. Nasci para ser o vosso bobo (atenção à acentuação).

2008-03-25

Parlamento

Sugiro que se substitua o partido do governo, no parlamento, por uma pêga.
O tempo de intervenção do PS seria ocupado por uma profissional do fellatio.

Seria bem mais digno que ter uma bancada de beija-cus a fazer perguntas com o único intuito de servir as respostas que o Sócras (ande cá ao dono! Upa!) quer dar.

2008-03-24

O que era preciso era construir mais matadouros

...No documento, a CONFAP lança "um apelo a todos os pais para que exerçam o seu poder paternal junto dos seus filhos, educando-os no sentido da responsabilidade e do comportamento que devem ter em sala de aula, o seu local privilegiado de aprender".

Pelo que li a CONFAP (Confederação Nacional das Associações de Pais) também defende que devia ser proibido o uso do telemóvel nas salas de aula.

Mas não o é desde sempre? Tem que sair uma lei para que se consigam controlar adolescentes? Mas quem é que os sustenta? Quem é que tem o poder?

Por favor comecem a meter esta gente toda no matadouro (pais e CONFAP incluídos)!
Merdinha para os "Morangos com Açúcar" que têm vindo passar a imagem de que um adolescente faz a vida que quer, com todos os luxos, só porque anda na escola.

Quero ver quando é que fazem um apelo aos pais para que sensibilizem os filhos que não é aceitável foder da sala de aula porque faz mal à coluna. Quem quiser foder com conforto pode ordenar aos pais que lhes reservem uma noite no Elite Motel.

2008-03-23

Recessão ou recuperação de capacidades?

Faço com alguma frequência viagens profissionais em que não sou eu quem conduz o pópó ou o autocarro.
Porque sou um animal que dorme muito pouco (não por falta de sono mas por falta de tempo) aproveito sempre para dormir umas horitas.

Nas últimas deslocações notei que algo estava a mudar no meu corpo. Sentia que, ao acordar, me faltava um pedaço de alma: não tinha a roupa babada.
O babar da roupa é algo de fundamental para que uma pessoa se sinta integrada a nível.

Preocupado que estava com a perda desta capacidade, eis que ontem acordo e sinto a face fria. Ao erguer a cabeça olho para baixo e confirmo: tinha uma mancha de baba no casaco.
Feliz e emocionado, abracei todos os que me apareceram à frente.

O babar só se torna inconveniente caso estejamos a usar roupa de amido, visto que a amilase contida na saliva digere o amido parcialmente.

E você? Baba-se que nem um cavalo? Gostaria de aderir a um cartão de crédito? A sua baba sai com espuma?

2008-03-22

Ai tu queres brincadeira...

O dono deste blog (http://impressora-multifuncional.blogspot.com/) acha por bem andar a deixar comentários com o único e exclusivo intuito de promover o seu produto (os anúncios do Google que tem no blog).

Acontece que o menino não gostou quando lá fui dizer que não achei piadinha nenhuma ao comentário. Apagou o meu.

Tenho então um novo passatempo: encher aquele post de comentários. Ele vai andar a apagá-los e eu a escrever para que os que têm aquilo subscrito possam gozar um pouco com ele.

Não falem alto. Shiuuuu! Ele agora está a dormir e posso fazer daquilo o que quiser.
Amanhã já deve ter apagado tudo.

Quem quer dizer coisas bonitas ao menino (livrem-se de tocar nos anúncios que ele lá tem)?

Actualização - O "Inútil" é o máior. Quem quiser ter acesso a boa gastronomia, vá de ir aos comentários do último post do blog supracitado.

2008-03-21

Carjacking

Esta é outra.

Vamos todos gritar bem alto: A MERDA DO CARJACKING ESTÁ A AUMENTAR PORQUE É BEM MAIS FÁCIL ROUBAR UM CARRO QUE JÁ TEM A CHAVE NA IGNIÇÃO DO QUE TER QUE DESACTIVAR UM ALARME XPTO.

Queriam um alarme eficaz? Ele é mais que eficaz! Tanto é que os ladrões já nem sequer tentam dar-lhe a volta.

O carjacking aumentou?
Mas havia outra hipótese? Eles agora iam começar a comprá-los no stand, não?

Senhores jornalistas, não têm nenhuma trituradora onde possam introduzir os vossos membros?
Vejam lá isso. É que não só davam uma cor nova às paredes da redação como ainda deixavam no ar aquele agradável aroma a ferro.

Bullying?

Quem lê esta pocilga há algum tempo, conhece o meu ódio pela comunicação social.
A grande moda do momento é o uso da expressão "Bullying". Tudo é bullying.

Toda a gente está careca de ver este vídeo. Esta merda é bullying? A aluna agiu com o intuito de humilhar e intimidar? Eu estava convencido que a cabra juvenil estava apenas, de forma desrespeitosa e histérica, a tentar reaver o telemóvel. A humilhação e intimidação foi só um extra.

É claro que a boa da redação da Sic foi logo sacar uma pedopsiquiatra para explicar aquele caso de bullying e não de pita-mal-educada-e-mimada. Aposto que não vai ser expulsa e que vai haver ali uma maneira branda de acalmar a menina.

Eu acho que ela devia ter algumas sessões com uma pedopsiquiatra para que lhe fossem feitas algumas intervenções usando um pau cravejado de pregos ferrugentos.

Noutro dia estava sentado na sanita, fiz força e senti um bullying.
Quando Manuela Moura Guedes aparece na televisão, é bullying.
Quando Carlos Castro abre a boca, é bullying (ou outra coisa).
Quando Lili Caneças abre a boca, é pra papar um bocadinho de palha.

Meu coelhinho lindo

Poucas coisas superam a beleza de um pôr-do-sol numa tarde de Verão. O fellatio é uma delas.

Nesta Páscoa, saque o coelho de estimação do seu filho da gaiola, cozinhe-o, e sirva-o ao próprio.
Justifique-se dizendo que o coelhinho foi para o céu, que o mesmo está a 200 ºC e tem grill.

Pode não ser melhor que um fellatio mas é igualmente agradável.

2008-03-12

Fantasias cinematográficas

O Piston é amigo.
Se algum dia quiserem armar uma grande cowboyada gastronómica com o vosso parceiro(a)(s) sexual, optem por uma dobrada ou polvo cru (e vivo).

Esqueçam aquela tanga cinematográfica do chantilly. Não só não é nada assim do outro mundo como após alguns minutos fica no ar um agradável aroma a vomitado.

Dobrada meus amigos. É esse o futuro da combinação sexo/gastronomia.



Lá está. Não optou pela dobrada e deu nisto.

Por favor Mar, por favor!

Gostaria de fazer um apelo muito sério e sincero ao Mar:

Marzinho do meu coração, fofura do dono, vê se rebentas com esta merda toda.
Já que estás por aí, aproveita para levar o parque de campismo e, já agora, a Costa da Caparica toda para baixo de ti.

Vou gostar muito de ver os cadáveres que sobrarem a apontarem o dedo ao governo.
"A culpa é daqueles malandros que mandaram subir o nível das águas e que aprovaram a erosão na assembleia!"

Tem esta merda de notícia espaço na antena das televisões...

2008-03-08

Eu tenho um sonho

Eu sonho com o dia em que possa vir a ser totalmente auto-suficiente.

Um Piston autosuficiente poderia andar nu sem medo do frio. Teria um escroto do tamanho de uma manta que o protegeria dos elementos e de eventuais ataques com armas biológicas.

Enquanto a idade não o permite vou rapando um frio do caraças.

Grande Hi5!

Um dia depois de Mariluz ter sido encontrada morta, quem é que eu encontro no hi5?

Gosto especialmente das actividades a que a menina se dedica.

2008-03-06

Sou um caixote de lixo

Vamos esclarecer aqui umas coisinhas. Eu vejo quilos de esterco televisivo. Sinto uma certa atracção por programas merdosos. Estejam certos de que não me mantenho por lá muito tempo. Vejo, mato a curiosidade e, sempre que percebo que o nível não vai descer mais, mudo de canal.

Eu vejo muitos programas femininos e o que é que isso diz acerca da minha sexualidade? Não sei. Deixem-me só perguntar a este moçambicano que está coladinho a mim... Não responde. Está muito cansado.

Isto só para vos dizer que eu até sou rapazinho para ter gosto aceitável, mas ver estes programas é recolher material para muitos posts.
Com o trabalho não se brinca.

2008-03-05

Por muito que o sofrimento seja real

Haverá alguma coisa mais ridícula que dizer, num programa de televisão, "as minhas aréolas estão a destruir o meu casamento"?

Se eu tivesse um testículo a chegar ao joelho, não ia para a televisão chorar. Pegava num prego e fixava-o ao cotovelo.
Não resolvia o problema mas passaria a ter um caminhar à la gang muito especial.

Onda de violência/Ai o meu cócó

Aí vem a oposição perguntar ao governo "Então pá? Que se passa?" em vez de dizer "No que é que podemos ajudar para melhorar as condições de segurança?"

Gosto muito destes aproveitamentos mesquinhos. É quase como se o governo tivesse dados ordens para estripar à vontade.

Se há uma onda de violência sugiro que se aproveite para surfar. Não há que ter medo.
Apesar destes últimos crimes terem acontecido em zonas que frequento, sinto-me tão seguro como estava há 10 dias. Quando me matarem só peço que façam a coisa em condições. É chato ficar a babar-me numa cama de hospital. Já basta quando adormeço sentado.

Se tivesse sido vitima de um homicida no dia de ontem, garanto que ele não saía de perto do meu cadáver. Com a quantidade de diarreia que estava a transportar, ao mínimo esforço que fizesse, matava-o com o cheiro ou com a falta de aderência no piso.

Estripar-me que nem um animal tudo bem mas, o mínimo que se exige, é que me ponha previamente pó de talco e uma Lindor.

"NÃO ME MATE, NÃO ME MATE! ESTOU À RASCA PARA CAGAR!"
(Isto pode salvar-vos a vida.)

2008-03-03

Ainda no estádio...

... um rapazinho com cerca de 5 anos, loirinho, queridinho, exclama:
- Oh Jesualdo, vai pró caralho! Oh Jesualdo, tu não limpas o cu! Oh Jesualdo, tu cheiras mal!

O miúdo começou bem, não por insultar o treinador do F.C. Porto mas porque "vai pró caralho" demonstra uma maturidade e um know-how bastante elevado, mas o magano do puto tinha que destruir a admiração que nutria por ele.
Os insultos pueris envergonharam-me. Ele não era quem eu pensava. Ele desonrou todo o bom trabalho que havia desenvolvido até àquele momento.

O pai assistia à distância ao jogo, cagando totalmente na sua cria. Bem que se podia estar a lançar repetidas vezes para cima de uma espada, que o pai nem pestanejava.

A criança também sabia usar o dedo (e fazia-o com grande destreza).

De pequenino se estupidifica o menino.

Videoconferência

Muito antes da chegada das tecnologias 3G, que vieram permitir a videoconferência no telemóvel, já o tuga a utilizava e com uma qualidade de imagem impressionante.

Cenário - Estádio
O tuga tem conhecimento que um amigo está no estádio.
O tuga tem conhecimento de que o amigo se encontra num local a que não pode ter acesso.
O tuga saca do telemóvel, telefona-lhe, começa a dizer adeus e a perguntar "onde é que estás".
O tuga quando consegue avistar o amigo do tamanho de uma formiga, ri muito, como atrasado mental que é.

Para este tipo de comportamento deveria ser aplicada uma patada nos dentes três vezes ao dia.
Não tem nada de pedagógico mas é bastante libertador.