2008-11-30

I'm Suicidal

Não sei se já vos tinha contado mas ando a pensar em suicidar-me.
Não, não estou extremamente infeliz e deprimido. Estou apenas a fazer o meu PPM - Plano Pessoal de Morte.

À parte da matéria fecal, a morte é um dos meus temas favoritos para teorizar.
O meu PPM consiste em implantar na minha memória a longo prazo, o limite de humilhação pessoal que acho aceitável para a minha existência.
Tenho aqui que jogar com três variáveis muito importantes:
  • Continência Fecal
  • Lucidez e capacidade de retenção de memórias
  • Mobilidade
Nesta matéria terei que ser muito hábil e não poderei hesitar. Tenho que, por exemplo, compreender que a partir do momento em que perca a capacidade de reter conhecimento na memória a curto prazo, deixarei de conseguir lembrar-me que acabei de borrar-me. Isto tem duas consequências gravíssimas:
  • Poderei ter a humilhação de perceber que tenho cócó na fralda a cada 30 segundos
  • Poderei não me lembrar de que já cheguei à fase em que me borro todo
Se não conseguir lembrar-me de que chegar a tempo à sanita já não é uma hipótese ao meu alcance, como conseguirei lembrar-me de que ultrapassei um dos meus limites para a manutenção de vida?

É claro que é muito bonita aquela ideia de "morrer pacificamente durante o sono" e eu também gostaria de ir assim mas, o que não se fala, o que toda a gente tenta ocultar, é que isto é praticamente impossível.

Imaginem Piston, 83 anos, dorme na sua caminha e está a viver os seus últimos 15 minutos de vida. Inadvertidamente, caga-se todo. Com o passar dos primeiros minutos as fezes começam a perder aquele calor agradável que tinham quando vieram ao mundo. Ao 14 minuto, o rabo está frio demais e Piston acorda. No seu último minuto de vida Piston apercebe-se duas vezes que se borrou e perece tendo como última memória uma fralda suja.

É triste meus senhores e minhas senhoras, é triste.

É por isso que, embora não seja nada adepto de tatuagens, ando a ponderar fazer uma que diga "Se acabaste de borrar-te e não te lembras, está na hora de morderes a língua com força."

Acho que vai fazer muito sucesso quando for à praia.

5 comentários:

  1. Essa tua preocupação com a incontinência fecal está a deixar-te num estado de paranóia... Com essa idade, e com esse problema, estarás num lar de 3ª idade, com fraldinha posta... portanto, morrendo calmamente no sono a última sensação que terás vai ser a de te teres cagado na fralda e que a fralda é realmente ultra-absorvente.
    Há que ser optimista! Quanto à tatuagem... uma carpa koi é uma boa solução! (ando ver muitos episódios do Miami Ink).
    Ana

    ResponderEliminar
  2. Caro Piston

    Passou-se completamente? Ou isto é um exercício puramente académico?
    :)

    ResponderEliminar
  3. Isto não é para brincadeira.
    Eu também acho humilhante esta coisa de uma pessoa ficar como uma ultima memória "borrei-me".
    E repito que não estou a brincar.
    No fundo, no fundo também dou por mim a pensar no meu PPM.

    Ele há blogs e BLOGS.

    ResponderEliminar
  4. Pkb, depende da matéria em questão.

    Maria, para já é académico.

    CO, claro que não é brincadeira. São planos para o fim do futuro.

    ResponderEliminar
  5. De que planeta és?
    C'a ganda maluco.
    Não pude deixar de rir! Até tentei, mas n fui bem sucedida!

    Beijos de Marte

    ResponderEliminar