2008-11-16

Claqu€s

Tenho tentado controlar-me no que toca a comentários em torno deste tema mas hoje foi a gota de água. Não aguento mais. Tenho que expressar o que sinto por estes baldes de merda (mesmo que isso signifique que vou passar a receber comentários dos mesmos).

Ontem à noite, depois da derrota do Sportlng, houve arraial no estádio de Alvalade. Foi feita uma bonita espera aos jogadores e treinador.

Qualquer cidadão minimamente inteligente (ou pessoa que perceba que uma paulada nos cornos é coisa para doer), pensaria duas vezes antes de enfrentar elementos da PSP, devidamente munidos de racha-crânios.
Estes meninos não se regem por estes parâmetros de defesa da integridade física. Preferem ter que chegar ao ponto da necessidade de auto-defesa (para depois poderem vir dizer que foram vitimas de violência policial).

Cenário:
  1. Elementos de uma claque dirigem-se a correr para uma zona onde estavam outros membros da mesma claque, tamponados por agentes do corpo de intervenção que, depois de pedirem com jeitinho para que se pusessem a andar, repetiram o pedido com um bastão.
  2. Outro grupo de agentes da PSP, à civil, sacam de b@stões extensíveis, e avisam que a movimentação deles não é bem vinda e que é melhor recuarem. Enquanto que a maior parte dá uso ao único neurónio que possuem, há um tipo que avança na mesma. Conversou um pouco com o bastão e recuou, gritando alguns metros à frente "eu mato-te". O agente visado, demonstrando não é muito superior a quem fez a ameaça, corre para ele, detendo-o, inflamando desnecessariamente o que já estava suficientemente quente.
  3. Individuo é levado para outro local, tendo eu quase a certeza de que ganhou uma violênciazinha policial dentro de portas.
Hoje, com a detenção de alguns elementos da claqu€ do B€nfica, já vem a labregagem toda dizer que é para abafar o resultado do Sportlng, que "é muito estranho que se faça esta investigação 5 meses depois e logo no dia que o B€nfica joga".

Esta falta de capacidade de ser racional e imparcial no futebol dá cabo da minha paciência.

Isto tudo para dizer que, embora leia com regularidade um blog que incita à revolta contra as forças de segurança, que denuncia os "ataques" que a policia faz aos "pobrezitos" dos membros das claques, consigo aguentar as refeições no estômago. Não há santos em nenhuma das partes mas, mal por mal, prefiro antes os que usam violência contra os "santos" que apredejam inocentes na rua, caso tenham um simbolo que os identifique como simpatizantes de outro clube.

Na polícia à merda, tenho a certeza. Será que nas cl@ques há alguma porção que não o seja?

5 comentários:

  1. Está visto que recusaram a candidatura a alguém que queria ser membro de uma claque...! :-)

    Jaime
    Segundo-Vice-Presidente dos Tiny Little Pink Kids, claque não-oficial do Futebol Clube de Estrume.

    ResponderEliminar
  2. Claques de Futebol e Lógica Racional são coisas que têm tanto a ver como Manuela Moura Guedes e beleza estonteante.

    ResponderEliminar
  3. Vim só para te dar outro pontapé na virilha.

    ass. Gajo da claque que-sabe-ler

    ResponderEliminar
  4. Jaime, a ir para alguma claque, tinha que ser essa dos rosinhas.

    Mak, não sei se há forma de contrariar essa tua afirmação.

    Prezado, e consigo já vão "um"!
    Finalmente acabou a impunidade para estes "anjinhos". Espero que isto seja para continuar.

    ResponderEliminar