2008-09-16

Coisas que me perturbam

Não sou de todo espectador assíduo de tal programa mas, quando por acaso o apanho em plena emissão, chego a vê-lo durante alguns minutos.

Esta série de estilo "Reality Show", transmite-nos o quotidiano numa casa de putas.
Porque não sei se é perceptível passo a explicar que na imagem superior podem ver-se três pessoas:
  • A puta, a vermelho
  • O cliente virgem (por baixo da puta)
  • A MÃE DO CLIENTE À DIREITA!
Então não é que a mãe deste virgem de trinta e muitos anos o levou a uma casa de putas para o iniciar no mundo do sexo?
O quão falhado é preciso ser-se para ter que ir a um bordel supervisionado pela progenitora? MUITO!

Não aguentei e mudei de canal.

Pouco depois volto ao mesmo canal e estava o gajo, com a mãe ao lado, a contar como tinha decorrido a actividade com um nível de detalhe suficiente para fazer-me correr pela rua gritando "Judite Sousa, limpa-me as unhas com uma moto-serra!"

Se algum dia tiver um filho deste calibre, lembrem-me de o levar a passear a uma siderurgia e de voltar sozinho para casa.

12 comentários:

  1. O menino não se atreva a dizer mal do Bunny Ranch!!!!!
    LOL

    ResponderEliminar
  2. lol bunny ranch, que programa mais educativo. gosto da expressão atenta da mãezinha ao ouvir os detalhes.

    ResponderEliminar
  3. As coisas de que tu te lembras de ver... isso é em que canal?...

    ResponderEliminar
  4. Filho??? E a mãe??? Estar numa casa de prostitutas em que a mãe faz questão de estar ao lado a supervisionar?

    Se um dia tiveres um filho assim é porque também não bates lá muito bem... Isso ou casares coma stalker! (Medo)

    ResponderEliminar
  5. Papoila, subscreva um canal de cinema para adultos. Aquilo é fraco.

    R.B.M., seleccionado como programa de eleição para as aulas de educação sexual.

    Ana, Sic Radical, mero acaso.

    Alexandra, eu já olho por cima do ombro à sua procura. Espero não ser violado.

    ResponderEliminar
  6. Já vi esse programa uma ou duaz vezes. É o Rancho das Coelhinhas. Na última vez, estava lá um homem que fez uma menage com uma puta anã e uma outra puta! Há gente para tudo (espero que não tenha mal ter dito puta, ops disse outra vez)

    ResponderEliminar
  7. Acho curioso como o Piston estava de máquina fotográfica em riste para tirar umas fotografias do televisor.

    ResponderEliminar
  8. Kitty, são bem-vindos todo o tipo de palavrões.
    Com uma anã é que era!

    Jaime, o complicado não foi isso. Difícil é tirar fotos só com uma mão...

    ResponderEliminar
  9. bem, charada por charada, mais valia que a Ana Sousa Dias entrevistasse o José Castelo Branco, na altura do seu programa na RTP 2, preferia mil vezes isso.

    ResponderEliminar
  10. Eu acho que o sexo é uma coisa tão íntima que nem deve ser partilhada com um pai, muito menos com uma mãe! Esse episódio eh ridículo. Pra já, o que é que a senhora tem a ver com a vida pessoal do filho, um homem de trinta e muitos anos?! Se é ou não virgem, é um problema dele e só dele, e quanto muito partilhava essas coisas com o pai, mas até isso já acho muito.

    Só o facto de se ser supervisionado nessas circunstâncias já é uma coisa tremendamente absurda e escabrosa!

    ResponderEliminar