2008-05-19

Fadas do lar

Estou neste momento a ver a reportagem da TVI "Fadas do Lar" e não me seguro, tenho que escrever.

Cá vai: FODASSSSSSSS! Então não é que uma empresária diz que abdicou de constituir família para se dedicar ao trabalho mas que pensa adoptar uma criança para dar seguimento ao trabalho dela? Isto é que é orgulho e emancipação femininas? Desculpem lá qualquer coisinha mas acho que esta afirmação é digna de um cavalo.

Podem pensar que sou machista, estejam à vontade, mas o que é certo é que se está a chegar a um extremo estúpido.

Ser mulher livre e moderna é assumir como seus os maus comportamentos masculinos? Se é isso, acho que vão por um caminho de merda.

Para terminar, uma resposta à instrutora de fitness que disse "Toda a mulher é linda, potente por fora!".



Como eu adoro gente hipócrita...

8 comentários:

  1. Não vi a entrevista estava a trabalhar... também não percebi muito bem o que escreves-te ( deve ser da hora) mas o que penso é essencialmente isto:
    se nós mulheres quisermos subir na nossa carreira ou mesmo manter o emprego, ou temos um patrão muito porreirinho que não se importa que gozemos a nossa licença de maternidade ou abdicamos de ter filhos. Se já é dificil uma mulher exercer um bom cargo numa empresa imagina quando essa mesma mulher quer ter uma carrada de filhos... é uma estupidez mas é a dura realidade!

    ResponderEliminar
  2. E já agora quem é esta bela senhora? :)

    ResponderEliminar
  3. bom, de facto, para se adoptar uma criança, seja homem ou mulher, tem de haver tempo para se dedicar à criança, na sua educação, nas suas necessidades, basicamente que a acompanhe, e que o trabalho lucre para o seu sustento e educação... Agora essa do adoptar para dar continuidade ao trabalho, isso não parece fazer lá muito sentido...

    ResponderEliminar
  4. Também não vi nada disso, mas ainda bem... Há com cada maluco! E essa imagem está linda... Djizas!

    ResponderEliminar
  5. Aposto que essa senhora só está assim devido a exagero de operações plásticas.

    Aposto que a mulher era linda e o cirurgião um cavalo.

    ResponderEliminar
  6. Essa imagem deve sido modificada em photoshop ou montagem, ou assim, para caricaturar e exagerar...

    ResponderEliminar
  7. Pat, só mesmo vendo a reportagem. É um monstro qualquer que apanhei no Google.

    Miguel, era um pequeno cavalo a falar.

    Alexandra, um cavalo não consegue segurar na seringa para lhe dar com o botox na tromba.

    Anónimo, a Lili Caneças também está "tratada" em photoshop?

    ResponderEliminar
  8. Concordo plenamente (não sei o que isso abona em meu favor!) mas, na tentativa de igualar homens, estamos a adoptar os piores comportamentos.

    E sim, Toda a gente é linda, como dizia a minha tia, mas uns mais que outros ;) É isso e os bébés são toooodos lindos.

    Um grande bem haja

    ResponderEliminar