2008-03-23

Recessão ou recuperação de capacidades?

Faço com alguma frequência viagens profissionais em que não sou eu quem conduz o pópó ou o autocarro.
Porque sou um animal que dorme muito pouco (não por falta de sono mas por falta de tempo) aproveito sempre para dormir umas horitas.

Nas últimas deslocações notei que algo estava a mudar no meu corpo. Sentia que, ao acordar, me faltava um pedaço de alma: não tinha a roupa babada.
O babar da roupa é algo de fundamental para que uma pessoa se sinta integrada a nível.

Preocupado que estava com a perda desta capacidade, eis que ontem acordo e sinto a face fria. Ao erguer a cabeça olho para baixo e confirmo: tinha uma mancha de baba no casaco.
Feliz e emocionado, abracei todos os que me apareceram à frente.

O babar só se torna inconveniente caso estejamos a usar roupa de amido, visto que a amilase contida na saliva digere o amido parcialmente.

E você? Baba-se que nem um cavalo? Gostaria de aderir a um cartão de crédito? A sua baba sai com espuma?

7 comentários:

  1. A minha barba está limpinha...

    ... mas estou comovida com o relato. Deve ser uma imagem romântica, ver te acordar com um deslocamento do maxilar e colado ao assento...

    ResponderEliminar
  2. Por acaso nunca me babei nem sei como isso é possivel mas essas tuas qualidades babatórias excitam-me

    ResponderEliminar
  3. "heis"????

    E depois vens com conversas dos erros ortográficos...

    Que tal ir ao dicionário no "E" ?? :)

    ResponderEliminar
  4. Caro anónimo, fico bastante agradado por perceber que não me grama.

    Por considerar este blog e o autor aquilo que verdadeiramente são, uma merda, o estimado comentador que não-deixa-nome deixou cá um comentário a dar para a ofensa.
    Felicito-o por isso.

    Venho com conversas dos erros ortográficos e vou continuar a fazê-lo. Não são poucas as vezes que vou ao dicionário verificar a forma como se escrevem algumas palavras.
    Volta e meia dou umas patadas na ortografia, mas esforço-me para que isso não aconteça.

    Não foram poucas as vezes que me deixaram comentários a apontar erros (de forma simpática) que prontamente corrigi.

    Tal como nas outras situações, não vou apagar o seu comentário. Isso seria infantil e não quero causar dor a quem padece de um sério problema de hemorróidas.

    Como pode ver, já corrigi o erro apontado.

    Agradeço a participação. Volte sempre e deixe o seu nome, morada e indicação de qual a liga metálica que mais dor lhe provoca na cabeça.

    Cumprimentos e um beijo nessa testa gulosa.

    Nota: Se este comentário tiver erros, não se admire (ker-me é parexer q n tem infantilidadex).

    ResponderEliminar
  5. Confirmo. Também fecho os olhos facilmente, pendo a cabeça, e babo.
    Ri

    ResponderEliminar
  6. PS - Mais um pormenor... Sou da linha de Sintra, mas acho que o alarme está em baixo. Talvez seja porque também não me dou bem com escritas esquisitóides. Uso muitas abreviaturas, normalmente, mas isso são reminescências estudantis.
    RI

    ResponderEliminar
  7. O alarme está activo. Experimente só tentar furtar um pedaço deste espaço deprimente.

    ResponderEliminar