2007-02-28

Reflexão

Qualquer cagalhão depois de morto torna-se uma inspiração para todos, era amigo do seu amigo, dejecto exemplar e digno de toda e qualquer homenagem.
Por muita bala que estivesse cravejada no seu crânio: "Dava-se bem com toda a gente. Não lhe conhecia inimigos".

2007-02-27

Guida Inês

Quero falar-vos um pouco de Guida Inês.
Guida Inês é (segundo a Sic) a companheira de um militar que vai agora para o Afeganistão.
Gostei de vê-la de lágrima no olho porém interroguei-me: não terá tido esta mulher infelicidades suficientes na vida? Para além de carregar o fardo de possuir um nome tão foleiro, tem agora que correr o risco de ir enterrar o cadáver/puré em que se poderá tornar o marido (ou namorado ou que raio era)?

2007-02-26

A importância de fazer um test-drive

É muito importante fazer um test-drive ao vestido que vamos usar numa ocasião importante e nas condições que o vamos usar. Se vamos dançar que nem doidas, é necessário vesti-lo em local seguro e realizar os mesmo movimentos. Desta forma evita-se que nos salte uma mama durante uma actuação na gala dos Óscares. Não é que isto me incomode, mas viu-se perfeitamente o esforço que o realizador teve que fazer para não expor o mamilo de uma das cantoras.
Já agora, fui só eu que vi a vencedora de melhor canção original dar um beijo na boca à mulher que estava ao pé dela? Eu percebi bem e ela agradeceu à esposa dela? É que aquilo pareceu tão natural que quase parecia que já não há homofobia.

Do que mais gostei foi dos problemas respiratórios dos comentadores portugueses.
Sinusite? Rinite? Asma? Não conseguem fazer a locução daquela bosta sem estarmos constantemente a ouvir-los bichanar e a fazer pesquisas no google (clac, clac do teclado)?

2007-02-21

Fazer Amor ou fazer sexo?

Estou certo de que nenhuma das duas estará correcta.

Diz-se que a primeira é o que as mulheres fazem enquanto os homens estão a fazer a segunda.
Ora se o Amor é algo que surge, sem explicação (o famoso "clique"), como é que pode ser feito? Fazer é um sinónimo de fabricar. Quer dizer então que a mulher é operária fabril no que toca à produção de Amor?
As mulheres que só têm relações com quem amam podem também ser apanhadas na teia deste raciocínio trapaceiro. Se não gostam de um rapaz deverão ir para a cama com ele porque vão estar a "fazer" o Amor que falta para que se auto-permitam a ter relações sexuais?
Usando a própria lógica da expressão "fazer Amor", atinge-se a conclusão irrevogável de que a mulher pode relacionar-se com qualquer individuo jocoso sem qualquer censura. Só vai estar a espalhar Amor. Isto é inegavelmente positivo se tivermos em conta que espalhar ódio é mau.

Fazer sexo? Se um homem precisa de fazer sexo logo à partida não tem os requisitos mínimos para a actividade (que é tê-lo).

2007-02-19

Ninguém gosta de cambalhotas

É com alguma tristeza que informo que a prenda sensação para o dia 14 de Fevereiro não teve qualquer licitação. Continua em leilão.

http://opistoneacabecadohomem.blogspot.com/2007/02/dia-dos-namorados.html

2007-02-18

Império das meias

Estou plenamente convencido que as meias têm um plano diabólico para dominar o mundo.
Elas são demoníacas e vieram para dominar o Homem.

Não há dia em que eu não tenha que usar um pé-de-cabra ou um x-acto devidamente oxidado, para remover restos de meia que se enfiam, como de uma toca se tratasse, debaixo das unhas dos dedos grandes dos pés (e não "dedo do pé grande", como costumam dizer vários indivíduos mesmo sem padecer de elefantiase).
Tenho a total convicção de que há muitos bocados que não são removidos e que ali permanecem, imóveis, à espera que seja dada a ordem para o ataque global.

É aqui que as mulheres entram para salvar a espécie. Elas (algumas) pintam as unhas dos pés! Desengane-se meu caro macho se acha que o fazem com algum intuito estético. Elas fazem-no porque foram informadas pelo governo que o ataque está eminente e que é necessário fazer algo para evitar o domínio global das peúgas assassinas.
O verniz funciona como bloqueador das frequências de rádio que as meias usam para comunicar com o quartel-general. O verniz tem ainda uma segunda função. Ao retirar a transparência à unha, o pequeno borboto não tem visibilidade para dirigir o humano.

Contida que está a ameaça de controlo indevido da fêmea, a Meia não têm qualquer hipótese.
Ainda que todos os machos estejam sob o controlo desta perigosa organização, as mulheres, que estão totalmente conscientes (quando as hormonas o permitem) podem tomar controlo do macho usando para isso "o decote" (nada que já não façam agora).

Mais uma vez mulher salvou o dia.

2007-02-14

Será impressão minha...

... ou o moço que aparece no anúncio da seguro directo não tem qualquer hipótese de ter sexo num prazo nunca inferior a 30 anos?

Não posso!

Sophia Loren de 72 anos é capa do calendário Pirelli!
Diz-se que com as pregas de pele que lhe sobejam dá para fazer 3 coberdores e uma toalha de mesa.

2007-02-13

Eu sou pela morte! Lipoma - 1 X Adenopatia - 2

Pensava eu que hoje ia ter a infeliz noticia de que não poderia continuar a exercer humor negro acerca da temática cancerígena. Nada disso! Tenho boas novas para vós e para mim! O diagnóstico que me fizeram nas urgências do hospital de Cascais, aparentemente, está errado! Pelo menos, neste campeonato, a adenopatia está muito melhor com dois remates. Lipoma apresenta-se com uma formação desorganizada, pouco sólida. O único remate que fez foi "à figura".
Que querem dizer estes simpáticos palavrões médicos? Querem dizer muitas e variadas coisas:
  • Que estou 68,5 € mais pobre.
  • Que estou mais longe de um tumor benigno.
  • Que estou mais próximo de um tumor benigno ou maligno (já estamos a chegar a algum sítio).
  • Que há a alta probabilidade de se tratar apenas de uma infecção e que esta merda passará sozinha.
Esta última hipótese faria de mim um ser ainda mais deprimente que aquilo que sou. Teria falhado na contracção de uma doença mortal. Nem quero pensar nisso.

Isto dos blogues é muito porreiro. Não havendo nenhum leitor deste cantinho que me conheça em pessoa (pelo menos que saiba relacionar-me com esta escória literária) , posso, assim que me colocarem um timer, preparar variadíssimas acções de terrorismo e/ou homicídios de violência e sadismo extremos. Toda a gente sabe que um bom assassino em série é vaidoso. Gosta de ver o seu trabalho reconhecido.
Se tudo correr pelo melhor, terão a oportunidade única de ler o planeamento e execução de tão simpáticas acções.

Vou pedir ao coveiro para que abra buracos em torno do meu caixão, para os vermes poderem vomitar.

2007-02-12

Tuga só mexe o tomate se houver febra à borla

"O sim ganhou! No referendo mais participado de sempre" - Maria José Alves
  1. Tens uma voz estridente comá merda.
  2. Fica-te mal festejar dessa forma tão efusiva a vitória num assunto deste tipo (e olha que votei sim).
  3. Devias era estar caladinha no que toca à participação. Devia haver um buraco gigante para enfiar as pessoas que têm vergonha da participação tuga.
Os que no hotel Altis fizeram uma contagem decrescente (ao melhor estilo de uma passagem de ano) podiam, para comemorar, mandar um aborto ao tecto, já que o espumante não era muito próprio para a ocasião.

Agora que esta merda acabou, já podemos dizer não ao aborto. Porquê? Porque lhe temos que mostrar quem manda. Depois já o podemos ensinar a sentar e a rebolar.

Caras cabras feministas exageradas que votaram no sim praticamente só por ser uma posição de força: se soubesse as moradas de todas, não deixaria de enviar-vos um frasco com o meu muco nasal. Porquê? Porque me mete um pouco de nojo posições intransigentes (repito que votei sim).

Caras beatas: quietinhas, nada de sair do cinzeiro! O padre já vos vai "fumar".

Caros abstencionistas: vou sugerir ao governo que faça uma lista com os vossos nomes. Vão continuar a ter direito a participar em manifestações mas, se a polícia vos identificar, serão submetidos a uma transformação ao nível do cotovelo que vos vai dar uma amplitude de movimentos na ordem dos 360º.

Caros políticos: agradecer ao povo português pela sua participação cívica é o mesmo que enterrar os dois dedos nos olhos com muita força. Dói comó caraças e é acto para cegar.
Será que alguma vez vocês vão chamar os bois pelos nomes?

VAMOS TODOS MORRER!

Tremor de terra, sismo? Calem-se lá com isso!
Não, é pena mas não vamos todos morrer.
Perdi o tema de conversa da semana. Não senti nadica de nada. Vida social arruinada.

2007-02-11

Cuecas Google

Hoje descobri mais um dos tentáculos do polvo.
Eu que gosto de estar sempre actualizado, dei com esta pérola: http://www.google.pt/nwshp?ned=pt-PT_pt
É impressionante! Eles reúnem aqui as noticias de jornais, televisões, rádios, cochichos e sei lá que mais.
São um verdadeiro polvo.
Se estamos a participar numa pequena orgia na serra de Sintra e/ou culto a Satã, estão os gajos com o Google Earth a ver rebarbadamente.
Colocamos alguma cena de sexo escaldante entre a vizinha do 3º esquerdo e o seu pastor alemão no Youtube... Lá estão eles.
Se estamos a escrever um post estúpido... Eles d' olho.
Estou mesmo ansioso para o lançamento das cuecas Google. Espero que também venham cheias de funções para nos facilitarem a vida e que permitam a apresentação de um ranking na net de várias características do utilizador.
Imaginem como seria fantástico chegar ao e-mail e ter uma mensagem a dizer "o seu rabo aumentou 10%" ou (no meu caso) o seu pénis aumentou 50% perfazendo agora um total de 2 cm.
Não vou dispensar o pó de talco.

2007-02-10

O que é que é pior que o aborto e o cancro?

Se ainda não sabem são de uma falta de cultura atroz (ou são apenas pouco perspicazes).
É para lá de óbvio que é o Tuning*! Que outra actividade poderia reunir tanta gente asquerosa com os dentes podres?
Não sei bem como é que hei-de expressar o meu desagrado perante a presença da maior parte destes seres.
Os engenheiros passam anos e anos a tentar tudo o que é possível para fabricar motores silenciosos e habitáculos isolados do som. Vem de lá um tuga manhoso, com o seu boné chunga e cabelo rapado e pimba: espeta uma ponteira no tubo de escape e mete "a" máquina a fazer um cagaçal superior ao de uma matança do porco em frente à família do mesmo.
Como eu gosto de ver aqueles pópós, com o motor a rugir, a alta velocidade! Normalmente, sigo estes carros a pé.
O Renault 5 ou o Opel Corsa (sem dúvida os modelos favoritos), fazem muito barulho mas não andam quase nada. Qualquer tetraplégico consegue arrastar-se a uma velocidade superior a estes Carlos Sousa de bolso.
As bagageiras... Ai as bagageiras! Para se ter um bom sistema de som não é preciso ter a bagageira cheia de colunas e amplificadores. É claro que se quisermos uma batida Trance pelas costas, capaz de nos desalinhar constantemente as vértebras, é necessário esquecer para todo o sempre as comprar no Lidl. Só se pode levar uma ou outra lata de conserva ao colo da miúda, mas pelo menos conseguimos pôr todos os cães do bairro a ladrar quando ligamos o rádio.

Tuning (expressão inglesa traduzida como afinação ou otimização) ou car tuning (afinação de carros) é simultaneamente um esporte e um passatempo que consiste em alterar as características de fato de um automóvel a um nível de personalização extrema.

Fato? Quem diria que o tunning era tão metrosexual (vocês são panascas, nhanhanha nhanha nha)!

2007-02-08

Estamos fartitos deste tema de conversa

Acho que posso falar em nome de centenas de bloguistas.
Queremos que o referendo chegue rápido para podermos voltar a falar de sexo.

MORTE AO ABORTO!
Um pouco redundante, não?

2007-02-07

Cancro também é fixe

Ontem, enquanto estava numa sessão de auto-apalpação (gosto de preliminares antes de fazer um pouco de sexo comigo mesmo, chamem-me romântico se quiserem) descobri algo semelhante a um pequeno caroço abaixo do ouvido. Se se verificar uma das hipóteses, são excelentes noticias. Passo a ter uma infinidade de piadolas de utilização possível neste blog.
Deixo de ser uma besta cruel e passo para um moribundo que consegue rir da sua própria maleita.
É mais ou menos o mesmo que ter um livre-trânsito para o uso de humor mórbido.

É nesta altura que o post "Perguntinha" (de 5 de Fevereiro) começa a fazer mais sentido. Vou fazer a lista.

2007-02-06

Anti-Roubo

Eu tinha uma teoria. Hoje tenho uma certeza.
Nos últimos dois dias, tenho usado a minha chave de reserva do pópó. Não fazia a mais pequena ideia de onde poderia estar a outra.
Hoje, vinha eu do trabalhito, quando um senhor atrás de mim esbraceja, buzina e faz sinais de luzes. Faço sempre os possíveis por ignorar ataques feitos por desconhecidos, mas este era persistente. Tento perceber o que significam aqueles gestos. Dou conta que tenho as luzes ligadas e ainda era pleno dia. Será isto? Incomodará tanto? Desligo-as. Ele continua. Não era isto que lhe estava a fazer comichão. Que poderá ser? Tem que ser algo que se passa na traseira do veículo (ou então quer forçar-me a parar para ter um pouco de sexo comigo). Saio da estrada e estaciono. A outra alma caridosa segue em frente.
Já adivinharam o que encontrei lá atrás? A chave que havia perdido bem encaixadinha na fechadura.
Este jovem monte de esterco andou dois dias com a chave à mão de qualquer larápio de ocasião e nenhum lhe tocou.

Teoria comprovada: deixem a porta do automóvel aberta ou com a chave na fechadura e estarão a salvo de qualquer mal. Nenhum ladrão vai acreditar que são tão cabeça-no-ar como eu e vão assumir que vocês estão de olho no mesmo.

Andar nu é fixe!

Isto é um facto. Não há volta a dar.
Já o experimentei a andar de bicicleta, na praia, em barragens (dentro e fora de água) e o básico, em casa. Há alguns inconvenientes.
Às vezes estou eu no meu domicilio, como vim ao mundo, a cozinhar ou a ver TV e dou com o "chiquito" a fazer buracos na terra e a perseguir os gatos. Como devem imaginar, isto pode ser muito doloroso. Ninguém gosta de estar constantemente a levar puxões que provocam graves lesões lombares.
Ambiciono andar de mota também nestes preparos. A sensação deve ser fantástica, o flap-flap-flap é que pode ser incómodo. Tenho também um outro receio que me impede de avançar para esta experiência: e se ele se entala na corrente?

2007-02-05

É desta que vos ponho a chorar

É certo que ele é um bocado campónio mas...
Vejam só esta pérola que a minha vizinha tem no blog.

http://olhaquefoudass.blogspot.com/2007/02/dicionrio-do-subrbio.html

Tara por fardas

Eu, Jorge Piston, sempre na vanguarda do engate, decidi que estava na hora de tentar uma outra via para chegar até ao coração das raparigas deste Portugal.
No passado sábado, vesti a minha farda ao melhor estilo de Napoleão (chapéu incluído) e vá de ir fazer amizade com bonitas garinas no Cocunuts, Cascais.
Assumo hoje que não percebo nada de mulheres. Não só toda a gente riu de mim e as meninas não aceitaram os meus convites para ir dar uma voltinha, como ainda fui espancado pelos seguranças. Alegaram que eu não podia entrar com o cavalo. Só mesmo em Portugal!
Não sei mesmo o que fazer. Não as percebo. Se ando todo nu no Lidl, é porque ando todo nu no Lidl, se lhes quero satisfazer os fetiches e ando com uma farda, é porque lhes quero satisfazer os fetiches e ando com uma farda. Preso por ter cão e preso por não ter.

Mas afinal o que é que as mulheres querem?

2007-02-03

Dia dos namorados

Namorados, nesta data que se avizinha, não se precipitem, escolham bem o presente a dar à vossa mais-que-tudo.
Têm que seleccionar algo que simbolize o que sentem por ela, algo de que ela não se esqueça e que a marque profundamente.

Fruto de uma pesquisa séria e aprofundada que fiz em torno desta questão, cheguei ao artigo que todos vós procuram:

Não será esta prenda um pouco redundante?

2007-02-02

Sai um aborto fresquinho (ou não)! Católicos a espumar.

Pela primeira vez na história da minha vida eleitoral, estou dividido (cada vez menos).
Vamos lá tentar lixar a argumentação aos católicos, com a ajuda de algumas ideias que foram retiradas do último episódio do House MD, emitido nos E.U.A., que veio mesmo a calhar.

Quem acredita em Deus, acredita na vida depois da morte e devia defender o aborto mais que qualquer outra pessoa. Ao abortar, a potencial Mãe está a evitar que um ser faça a sua passagem terrena de forma infeliz e indesejada. O aborto, visto desta perspectiva, não é mais que cair na casa do monopólio que dá acesso directo ao paraíso. De que forma é que isto pode ser negativo? Paraíso é um lugar fixe, certo?

Quem defende a morte de meninos como Hitler e Saddam, não pode ser contra o aborto. Independentemente de terem sido meninos mal comportados, é retirar uma vida. Ninguém sabe se um feto não nos vai proporcionar um maravilhoso genocídio na Damaia. Assim sendo, o abortar pode ser uma execução legítima e prematura.

Confesso que o meu medo/dúvida é, se o sim ganha, há alguma hipótese de a lei ser retroactiva? Se assim for, já sei que me vou ter que apresentar no matadouro.

Entretanto, percam algum tempo a analisar este maravilhoso post.

2007-02-01

Moças ajumentadas - Actualizado

Não há nada pior que sair com uma moça burra (até há mas não quero falar agora da experiência que tive quando fui injustamente detido por prática de zoofilia em público).
Por muito alarocada que seja a sua cara, firme e de formas mais arredondadas seja o seu corpo, não há cu que aguente. É que não há ponta por onde se possa pegar. Fala-se de quê? De quê? Do tempo? Do local onde estamos? Do processo de síntese de aminoácidos (alto lá porque ela encalha logo na segunda palavra)?
Mesmo que ela seja o mais mais flexível que uma contorcionista chinesa e prometa executar manobras suficientemente impressionantes para fazer corar o Zezé Camarinha, não vale o sacrificio de 10 minutos de convívio num café.
Mulheres bonitas deste país, se sabem que são um verdadeiro estafermo intelectual, por favor, imploro-vos, não abram a boca, deixem-me manter o encanto.
Pais deste país: se se aperceberem em tenra idade que estão a criar zurradores, por favor, afoguem-nos num balde, como se faz aos gatinhos.

Actualização - Compreendo o paradoxo que é este post. Se não fossem totalmente borregas não haveria a mínima hipótese de terem qualquer interesse em mim. Darwin afirmou que estou no corredor da morte.