2007-09-02

O Justiceiro

Não, este carro não fala e não é conduzido pelo Michael Knight, mas tem, com toda a certeza, um justiceiro ao volante. Escutem só o que este menino fez:

  • 1 de Setembro de 2007
  • 21:00
  • A2, a 4000 metros da saída para Almada (sentido Almada - Lisboa)
Vinha com uma moça amiga da praia, encostadinhos à faixa da direita, quando surge um pópó a circular pela berma com os quatro piscas ligados. Seguindo o exemplo deste gajo, começam surgir imitadores às dezenas (deviam estar todos a dar à luz, mesmo os machos) que "criam" uma quarta faixa.
Nós, como cidadãos respeitadores e que não partem um prato, mantivemo-nos na nossa faixa, observando as ultrapassagens pela direita.
À nossa frente, um Megane mostra-se nervoso. Vai-se encostando para a direita mas hesita. Aparentemente o senhor também escapar-se às filas de forma ilegal, mas vai tendo medinho de ser apanhado pela GNR. Aparentemente...
A pouco e pouco as intenções deste senhor tornam-se claras e dignas de um aplauso (de pé).
Então não é que o intuito do individuo não era, nada mais nada menos, que barrar a passagem aos chicos-espertos (reparem só na foto)!


Este Senhor (a partir de agora designado por "Meu-herói-do-Megane") manteve-se, durante 4000 metros naquela posição, resistindo aos ataques furiosos da chica-esperta, e de mais uns quantos veículos, que estavam atrás dele a tentar passar.
Ele eram sinais de luzes, buzinadelas, travagens à queima e, até mesmo, tentativas de ultrapassagem pela valeta. Nada demoveu o Meu-herói-do-Megane.
Reparem só no espaço que ele deixou entre o carro e o rail. Era quase como quem diz:

- Estás a ver este espaço? Não chega para tu passares e está ali só para eu gozar contigo.

Reparem só no espaço que nós deixámos à nossa frente. O Meu-herói-do-Megane tinha sempre garantida uma escapatória. Se a GNR aparecesse, ele entrava e os meninos da 4ª faixa ficavam a arder (no que toca à maldade, gostamos de ser mecenas).

Resultado:
  • 4000 metros de gozo
  • 8 minutos a curtir a fúria da menina que vinha atrás dele
  • 0 pessoas a seguir impunes até à saída para Almada
  • Eu a rir que nem um porco
Viva ao Meu-herói-do-Megane? Viva!

17 comentários:

  1. Queremos é justiceiros destes nas estradas portuguesas!

    ResponderEliminar
  2. Uma estátua! Uma estátua para este nobre homem!

    ResponderEliminar
  3. Gostei! vamos acabar com o chico-espertismo em Portugal! ;)

    ResponderEliminar
  4. Viva.

    Só agora é que tive conhecimento deste blogue, e sim senhora, belo relato desse herói do Mégane, uma bela espécime nas estradas tugas. Por acaso, não percebi se tu concordas com a atitude do herói, ou se não; se ficaste a rir da atitude dele, dou da fúria de quem queria ultrapassar ilegalmente.

    Só sei que EU sou um daqueles que faz exactamente isso; muitas vezes bloqueio o espacinho para que os chico-espertos não me passem; que eu saiba, se esses palhaços não estiverem dentro carro, mas numa fila normal como numa fila do aeroporto, já não andam a dar golpes, pois não?! É um questão de respeito pelos outros, e andar a usar faixas da direita para dar golpes é falta de respeito que eu posso não estar com vontade de admitir!

    E não, não sou um herói, apenas quero conduzir num país onde posso respeitar os demais condutores, porque sei que também sou reciprocamente respeitado.

    ResponderEliminar
  5. Adorei a atitude do gajo.

    Eu ando de mota e ando pelo meio dos carros (nunca pela berma).
    Apesar disso, não penso que tenho direito àquela faixa virtual. Não me ponho a buzinar feito camelo quando os outros carros não abrem alas para o Noddy.

    Se for possível, tudo bem, se não for, quietinho e pouco barulho.

    ResponderEliminar
  6. Espero bem que tenha sido o pendura a tirar a foto menino piston.

    Sim, porque isto de andar a conduzir e a fotografar nao me parece mto seguro!

    :P

    ResponderEliminar
  7. O teu heroi-do-megane deve ser da mesma cepa que o heroi-da-honda CBR que faz o favor de andar devagarinho pela escapatoria de acesso à ponte 25 de Abril...:D

    ResponderEliminar
  8. Lindo!!!
    Nunca me tinha lembrado dessa, mas a ver se da próxima faço o mesmo....

    ResponderEliminar
  9. Ontem estive uma hora e um quarto nesse trânsito, furiosamente colada ao carro da frente, para não deixar nenhum chico-esperto-que-finge-que-vai-para-setúbal-e-depois-mete-se-à-grande-para-lisboa, passar.

    ResponderEliminar
  10. Ahhhhhh, como é bom morar em Coimbra e não ter que aturar o que os meninos aturam :P

    ResponderEliminar
  11. Parabéns ao condutor do megane pela iniciativa e pela concordância dos leitores do teu blog.
    Se todos pensarem e agirem assim acabam os abusos daqueles que apenas revelam falta de civismo

    ResponderEliminar
  12. Epá, um gajo com tomates! LoL
    E é bem feito para os outros todos que vinham feitos animais!
    Era uma multinha valente que até se lixavam! Contra-ordenação Muito Grave!
    Mas esse episódio tb não deve ser mt frequente! Costumo até passar poe aí e nunca vi nada do género!

    ResponderEliminar
  13. Daniela, claro que não! Pendura nele.

    Malandreca, explica lá essa da CBR.

    Papoila, és lá tu homem para isso...

    Leide, descontraia. Deixe o trabalho sujo para os outros.

    Tulaunia, isto foi um momento de ouro. Assim vale a pena viver no trânsito.

    Gonçalves, naaaaa!

    White_fox, pena não ter filmado...

    Gata verde, juro que pensei que o Herói-do-Megane tinha essa na manga. Fosse qual fosse o plano dele, podia contar com a nossa cobertura.

    Alexandra, tens que começar a fazer a barba.

    ResponderEliminar
  14. Afinal ainda existem, poucos mas bons! Dá-me a matricula do tipo, pá, quero mandar-lhe um ramo de flores!

    ResponderEliminar