2007-08-17

O corno

É chato ser corno. É triste, uma desilusão e uma dor para além do comportável quando se percebe que a galinha (ou galo) da vizinha era melhor e/ou cacarejava menos.

Se ser traído é coisa para tirar a fome a um gajo por mais de 10 minutos (e a vontade de arrotar por 30 segundos), ver os outros a levar um valente par de cornos na televisão, é fixe. É tremendamente divertido.
Mais divertido que isto é ver a ira do encornado ao apanhar o parceiro em flagrante.
É disto que tem sido feita uma boa porção do tempo de visionamento televisivo a que me tenho dedicado nos últimos dias.

Não tenho vida e sou uma besta mesquinha? Alto lá que eu não te dei confianças para vires falar verdade neste blog. Bolinha baixa.

  1. O potencial traído "contrata" um programa de televisão chamado Cheaters que coloca uma equipa de detectives a vigiar e a filmar o potencial encornador.
  2. Quando obtêm as provas necessárias em vídeo, vão ter com o traído e mostram-lhe tudo.
  3. Após o visionamento das provas e o consequente aquecimento sanguíneo (ficar em brasa), o programa, que ainda está a vigiar o traidor, proporciona o flagrante que vai conduzir a um embaraço gigantesco, visto que para além de ser apanhado com a "boca na botija" tem que se confrontar com cerca de 10 pessoas entre equipa de filmagem e seguranças, que o perseguem com luzes, por locais públicos, enquanto se assiste à descarga de fúria do individuo que possui agora a armação de um gamo.
  4. No fim sabemos como é que a coisa ficou. Se o corno é manso ou se acaba com o cônjuge.
E perguntam vocês, espectadores mesquinhos de programas-do-género-dos-que-dão-na-TVI:
- Grande Jorge Piston, isto é coisa para meter porrada-de-criar-bicho?
E eu respondo:
- Quem és tu? De onde vem esta voz? Ah! É a esquizofrenia outra vez.

É claro que é coisa para dar porrada! Para isso é que estão lá os seguranças, que evitam que hajam problemas de maior.

E tu jovem criança? De que estás à espera? Vá de ir a correr visionar o programa! O canal está logo a seguir à Sic Radical (se não tens TV Cabo, vai brincar com a dentadura da tua Avó).

Deixo-vos aqui uma pequena amostra:

Neste pequeno clip vemos uma das poucas vezes em que a segurança não actuou. Eles estavam no local e deixaram o pobre pigmeu levar na tromba. Acredito que estivessem a achar piada e deixaram a coisa andar (desvantagens de ser homem).


No outro extremo temos esta situação. O traidor, que parece ser um chulo, domina a situação toda e ainda manda vir com a Maria-dos-Cornos.
Em advocacia este seria sem duvida um daqueles advogados que defendem que a vitima se atirou 11 vezes para cima de uma faca e que depois a deu ao arguido.


Para quando uma versão portuguesa? Quando é que o José Castelo Branco vai ter a oportunidade de apanhar a Lady Betty com o Zezé Camarinha?
- You weren't giving me the skin stretching I needed! E don't want more botox! All I want is to stretch the patareca a little bit! I'm sorry Conde Panasca!

15 comentários:

  1. Ahahahah!

    Deviam trazer o programa para cá! Que magnífico dissuasor!

    Jorge, advocacia... Tu estás lá. Curso por correspondência?

    ResponderEliminar
  2. Vamos a isso! Explica-nos tudo acerca da arte de mentir alarvemente.

    ResponderEliminar
  3. Eu já vi isso no Reallity Tv e é só rir! Às vezes há situações graves (lelmbro-me de um gajo k se ia casar com uma mulher grávida de 8 meses e que a andava a enganar)! Isso é ser mesmo cabrão!
    De resto até é divertido ver!

    ResponderEliminar
  4. Também já tive a oportunidade de ver esse belo programa - cada vez que penso que as pessoas já se deram ao máximo ridículo possível em público e para não sei quantos milhares de pessoas, vem um programa destes e deita-me todos os limites por terra...

    ResponderEliminar
  5. Apanhei uns minutos desse programa no outro dia. Vale tudo em nome das audiências. É a mesma razão pela qual o meu blogue baixa o nível até valores negativos no pico do Inverno.

    Jaime
    www.blog.jaimegaspar.com

    ResponderEliminar
  6. Também vi no outro dia. Ainda pensei que fosse tipo fiel ou infiel mas é 356.287.064 vezes melhor!!!
    Olha, deixei-te um desafio no meu blog. Mexe-te.

    ResponderEliminar
  7. Curiosamente só vi um episódio, em que a traida apanha o traidor com um... gaijo, afirmando que não tinha reparado! Decidi voltar a ver o Canal Parlamento...

    ResponderEliminar
  8. começas a beber garrafas de leite vigor e estás lá.

    ResponderEliminar
  9. Espero sinceramente que um dia a tua mulher (que provavelmente vai ser como a cachalote do primeiro vídeo) te leve a um programa destes e te dê com o chinelo nessa fuça em praça pública enquanto como pipocas no meu sofá =)

    ResponderEliminar
  10. Já dizia a outra "Mais vale ser puta que corno"!!!

    eheheheh

    ResponderEliminar
  11. Ser corno é mau. Ser corno publicamente é péssimo... Como se prestam a isto????

    ResponderEliminar
  12. White, grave é quando não tenho as unhas cortadas.

    Izzi, o ridículo suporta-se bem quando sabemos que vamos causar embaraço destrutivo em alguém que odiamos.

    Jaime, eu, enquanto escrevo os comentários todo tapado com plumas cor-de-rosa, nunca prometo fotos. Há que definir bem os limites.

    Papoila, eu quando vejo que anda por cá um comentário teu fico logo nervoso:
    - Que erro terei eu escrito desta vez?

    Rafeiro, toda a gente sabe que os da sua espécie também gostam de montar os do mesmo género...

    Alexandra, quer apanhar?

    Maria, sempre a pensar em entretenimento egoísta!

    Sereia, isto é pura pesquisa.

    Red?

    Picas, controle-se. Esse tipo de linguagem não é permitido dentro desta merda.

    Pink, de outra forma não tinham detectives "à borla".

    ResponderEliminar
  13. Detectives à borla? Eu e as minhas amigas fazemos o trabalho todo sem ter de recorrer a pagamentos extras... Eheheheheh!

    ResponderEliminar