2007-05-26

Estou inocente!

Desde o post "Beijo na boca?" que sou acusado de, tal como outros leitores, sofrer de perturbações mentais/ser doentio.
Quero desde já repudiar este tipo de adjectivação/caracterização. É mais que sabido que qualquer pessoa que leia este blog não está no pleno uso das suas faculdades mentais, mas eu estou inocente.

Querem provas de que sou um ser afável e com mente sã? Usem a caixa de pesquisa no topo do blog e pesquisem expressões como "herman" "aborto"e "pedofilia".

Já agora que fazem vocês, meus caros críticos, neste antro de esterco?




Gentilmente fanado a Karvela.

10 comentários:

  1. opa porque é que devia ser gostamos desse teu humor macabro heheheheh

    ah e ainda tou à espera da resposta ao desafio :P

    ResponderEliminar
  2. Eu estou aqui para fugir ao doente mental que não me larga o blogue.

    Ao pé dele, és uma criança queriducha de bochechas fofinhas, por isso aqui sinto-me como se estivesse ao colo da minha mãe na cadeira de embalar.

    ResponderEliminar
  3. oh pah oh pah!! a miss trabalhou com defs algum tempo. houve um dia que ate foi sair com eles pa disco night! bem, ele era cadeiras de rodas vazias, uns ca jarda, outros a dançarem.. aquilo foi a risota! não ha nada como ver defs na noite a curtir.

    ResponderEliminar
  4. Frase ternurenta do dia:
    "não ha nada como ver defs na noite a curtir".

    Eu é que sou doentio...

    ResponderEliminar
  5. Vou dar este endereço a velhas beatas conservadoristas vai ser só visitinhas agradáveis ó fófinho

    ResponderEliminar
  6. é verdade jorge, é uma realidade completamente alternativa que mete o festival ou encontro de sintra num canto! havias de ter estado lá... Os meus defs são lindos!

    ResponderEliminar
  7. Nota: este blog não é aconselhado a pessoas sensíveis e a progenitores.

    ResponderEliminar
  8. Comecei a visitar este blog e adicionei-o aos meus favoritos porque acredito que a demência, tal qual como a miséria, adora companhia. Não queria ser maluco sozinho!!! Quanto ao "Beijo na boca", é dar tempo ao tempo... quando a paternidade/maternidade surgir pelos vossos lados, digam-me qualquer coisinha sobre isso...

    ResponderEliminar
  9. Detesto gajos e cadeiras derodas, aquilo e gente que não dá dois pasos por ninguém.

    ResponderEliminar
  10. Comentário escrito por um amigo meu que por acaso não é analfabeto:
    Detesto pessoas que se deslocam em cadeiras de rodas, aquilo é gente que não dá dois pasos por ninguém

    ResponderEliminar