2007-12-31

Revelhão

Notas para Teka, Papoila e outros leitores com um sentido altamente crítico - neste vídeo estão incluídos:

  • Erros de concordância em género e número
  • Hesitações várias
  • Discurso sem nexo
  • Tempos mortos
  • Publicidade involuntária
  • Outros erros dignos de uma besta como eu

Oferta de final de ano

Queres passar o teu final de ano na praça de touros do Campo Pequeno?

Fazes pleno uso das tuas faculdades mentais?

Nós tenho a solução!
Passe na nossa barraca, montada junto à passadeira vermelha. Fazemos lobotomias de forma totalmente gratuita.

O programa continua a ser uma merda mas, durante a primeira hora, enquanto tentam abotoar o casaco, sempre estão distraídos.

(Se rebentassem uma bomba naquela praça não se perdiam muitos intelectos.)

2007-12-27

Floripêgga


Bem sei que a imagem dispensa comentários, mas não consigo estar quietinho.

É só a mim que aquele tipo de madeixas fazem lembrar uma rameira (palavra que aprecio muito) XL?
A moça estava tão bem, com as suas mamas novas, porque é que se havia de meter com aqueles adornos em trono da tromba?

Luciana, filha, isso de falar com as plantas deu-te cabo dos fusíveis.

2007-12-24

Prenda para a Tia

Neste Natal, ofereça à sua tia chata e velha, Corega.
Se ela não precisar, ofereça-lhe também uma bastonada na boca.

Compras de Natal II

Concluí as minhas compras de Natal.

Compras de Natal

Vou agora começar as minhas compras de Natal.
Até já.

2007-12-18

Um desafio é:

a) Perder 30 minutos de vida a responder a um questionário chato e em seguida passar a chatice a outras pessoas indefesas

b) Equilibrar um resíduo nasal, vulgarmente conhecido por burrié/macaco do nariz, de um mendigo na ponta da língua sem vomitar

Responda já e ganhe rigorosamente nadaaaaaa!

2007-12-16

Dasss! Já paravam com essa merda, não?

4 quilómetros de Pais Natal? Mas será que o cabrão do português não pára com a obsessão de entrar para o Guiness?

Nós já tivemos a maior feijoada do mundo! Não chega? Temos que chamar o Michelle de novo para fazer o maior arroz de polvo? Será que assim isto pode parar?

Façam um favor a vocês próprios: trabalhem mais e percam menos tempo em merdas.
Se quiserem fazer entradas no Guiness daquelas bem bonitas, dignas de levar este que vos escreve às lágrimas, tentem algumas destas sugestões:
  • Maior número de pessoas com os dentes podres numa concentração de tuning
  • Maior número de professores com a mandíbula deslocada fruto de combates com alunos de 7 anos
  • Apresentadora com a maior capacidade de deformar metal com o poder da voz
  • Colunista social mais gay de todos os tempos
  • Ex-representante de Portugal, no Festival da Canção, mais semelhante a um camião
  • (Ler sem respirar) Maior número de blogues por país que têm regularmente um post com o título "Hoje acordei assim" em que figuram sempre fotos de mulheres bonitas quando na verdade todos sabemos que ao acordar temos remelas do tamanho de bolas de golfe e que não estamos propriamente maquilhados e penteados...
Correcção - Valentina Torres não representou Portugal, apenas apresentou a fase nacional em 1983.

Olá, eu sou atrasado mental e quero mais visitantes!

Anda para aí uma praga que tem que terminar: prémios para blogues e votações.

Tudo isto começou com um chamado "The Power of Schmooze Award".
Alguém no seu perfeito juízo não acha que "Schmooze", pela sua sonoridade, é uma das palavras mais irritantes de todo o mundo?

Os prémios são, pelo que me tenho apercebido, manobras de publicidade feitas pelos proprietários de blogues extremamente merdosos. Têm que arranjar visitantes e como na imagem que simboliza o prémio vai lá escrito o endereço... Pode ser que pegue.

Será que o facto de nunca ter recebido um prémio tem alguma coisa a ver com esta irritação? Independentemente da minha resposta vocês vão assumir que sim, logo, parem de fazer perguntas tolas.

Gostaria também de dar aqui uma palavrinha a todos aqueles que passam questionários: muco.

Como última tentativa de fazer inimigos, gostaria de salientar que anda por aí um blog que meteu o meu e-mail na sua mailing list sem pedir autorização. Quando se precisa de aliciar os visitantes desta forma...
Não quero fazer publicidade gratuita mas pretendo insultá-lo. O seu conteúdo é sexual e o nome é uma ordem. Blog do sexo, és cócó.

Resumindo, se querem fazer publicidade não me insultem. Escusam de vir dizer que o meu blog é interessante para depois introduzirem o vosso "anzol". Este peixe não só não morde como é capaz de ficar chateado. Não me queiram ver chateado... Fico igualmente feio mas bato em mais crianças.

2007-12-12

Plock

Quando me mudei para a habitação em que resido neste momento, já lá vão uns 12 anos, recordo-me perfeitamente de me debater com um problema de adaptação.
A sanita, por ter uma inclinação muito superior à que estava habituado, fazia com que o produto do meu ânus caísse, a pique, directamente na água.
Sem a resistência oferecida pelas loiças sanitárias, é óbvio que se faziam sentir salpicos que, de forma gentil, aconchegavam o meu traseiro. Ainda que melindrado por esta situação (que me causava arrepios), caguei no caso.

Tenho uma vizinha de blog que escreve muito bem mas que se perde com frequência a fazê-lo sobre o Amor. Na verdade, a especialidade dela é cócó.
Recordo com alguma nostalgia uma frase que me disse na primeira vez que falei com ela fora do mundo virtual. Era mais ou menos isto: "Quando estive no Algarve não caguei durante 5 dias e lembrei-me de ti". Admitindo que é comovente, aguentei firme e não verti uma gota de diarreia.

Impulsionado pelo último post desta Dama da Merda, resolvi avançar com este tema e colocar aqui uma foto tirada a pensar em vocês.

Mas que merda é esta?
Sabem porque é que se lava as mãos depois de ir à casa de banho? Porque ainda que usando várias camadas de papel, AS BACTÉRIAS PASSAM!

Outra técnica do defecador metrossexual ou das fêmeas, é a tentativa de ocultar a sonoridade do acto liquido ou sólido.
Será que acham que há a hipótese de as pessoas no exterior da casa-de-banho pensarem que vamos para lá meditar ou para fazer pasteis de bacalhau?
Deixem-se disso!
Quanto mais silêncio há, maior é a probabilidade de estarem a alimentar um mercado de apostas ilegais. A tarefa mais chata será a do responsável pela avaliação olfactiva.

"E temos... (snif, snif) BOSTA!"

2007-12-10

E você? O que acha?

  • Será o Piston um macho viril?
  • Será Piston um diminutivo fofo para Pistonila?
  • Virá o Piston com um útero de série?
  • Terá o Piston uma vagina onde cabe um silo de cereais e dois Twingos?
  • Será que o Piston cospe no chão, arrota e emite peidos?
  • Será o Piston jogador de futebol e por isso fala de si próprio na 3ª pessoa?

Qual é a sua opinião?
Macho ou fêmea?

2007-12-09

A verdade

Por muitas vezes expressei neste blog ideias que giram em torno do meu pénis.

Tanto afirmei de forma convicta que é coisa para se comparar a uma grua, como o classifiquei como sendo algo inferior a um pionés.

Nenhuma das hipóteses correspondem à verdade.

Eu possuo uma vagina.

2007-12-06

Diz que têm inveja...

Jardim do Campo Grande, 13:15
Uma cigana com cerca de 40 anos e 3 camadas de sujidade na pele, encontra-se sentada num banco. Ao ver-me passar balbucia algo a baixa-voz e sem qualquer convicção. Eu, coisa mai linda da Mãe, educadinho como nunca antes se viu, vá de lançar um "diga" à senhora.
Assim que viu que eu lhe dei trela, levanta-se com confiança em alta.
Cigana - Tem muita gente com inveja de si.
Piston - Sim (terei a braguilha aberta?).
Cigana - Você têm um mau-olhado.
Piston - Sim?
Cigana - Deixe-me ler-lhe as mãos.
Piston - Não acredito nisso. Boa tarde!

Claro que a seguir não me ia pedir para receber dinheiro...

Como eu gosto de dar um bocadinho de esperança a charlatães.

2007-12-03

Só à chapada

Então não é que as bestas (que se dizem jornalistas) da TVI, ensinaram num bloco informativo como é que se podem iludir os sistemas de alarme das lojas? Eu se fosse dono de uma loja não descansava enquanto não tivesse aquela redação com ataques de caganeira síncrona.

Não tarda muito estão a ensinar como é que se removem rins e quais os melhores locais para os vender!

O Amor está no ar!

Perguntam vocês:

- Oh Piston! Alguma vez um desconhecido de cerca de 40 anos se virou para ti e disse "aquela boquinha a fazer-me um broxe e tu a veres" referindo-se a uma garota que se encontrava a escassos metros de distância?
- Meus claros leitores, por acaso isso até me aconteceu ontem.
- Então e tu não te insurgiste de imediato contra este tipo de linguagem e contra a falta de respeito pelo sexo feminino?
- Claro que sim! Virei-me para o gajo e disse-lhe "peço por favor que não volte a fazer referências a sexo oral com outras pessoas usando-me como espectador, acho mesmo que o senhor é asqueroso e devia de imediato retirar-se".

(Cobardemente não respondi nada disto. Sorri e pensei para comigo: "Já comias uma tacinha de merda, não"?)

2007-11-29

Crostas

Confesso: sou um esgravatador de crostas.

Não sei explicar o que me passa pela cabeça quando tomo a decisão de não permitir que a crosta siga o seu curso sem ser incomodada. A crosta tem o direito à vida!

Eu tenho um grande apreço pelas crostas deste nosso Portugal. Elas permitem que, entre outras coisas, não sangremos até morte o que por si só é algo com relativa importância.
A crosta tem um temperamento um bocado lixado. Agarra-se à ferida com tal ganância que normalmente só sai depois de ser desmembrada.

A crosta, enquanto matéria prima para a industria têxtil, foi um fracasso. Apesar disso, desejo ardentemente possuir um casaco de crostas. Estou certo de que seria quentinho e impermeável, ideal para o Inverno.

2007-11-20

Pais do nosso Portugal...

... há uma coisa que tem que acabar com urgência.

Imaginem o jovem Piston a sair de uma residência. Nos braços da dona da mesma, está um bebé, um bebé inocente e que o único mal que fez foi ter colaborado com a mãe ao sair de livre vontade do útero.

Eis que exclama a senhora, com uma vozinha inqualificável, "adeus Piston" enquanto pega na mãozinha da indefesa criatura obrigando-a a acenar.

Esta grande mente criminosa bem que me tentou fazer crer que uma criança tão pequena já sabia falar mas, em vão. A que se deve este tipo de comportamento? Será que a mamã
acha mesmo que está a expressar os sentimentos da criança? Será que acha que, em teoria, conseguiria pôr aquele pequeno ser a trabalhar se fosse a uma entrevista de emprego e usasse aquela artimanha?

Não reprovo o gesto, mas forçar o número do ventríloquo...
Se a pequena cria pudesse falar, pela expressão facial, o mais provável era que dissesse:
"Preciso de cagar. Preciso de cagar. Preciso de cagar. Preciso de cagar. Preciso de cagar."

Pais, vamos lá a usar as crianças como é recomendado e aconselhável.
As crianças devem ser mantidas em local fresco, seco, destrancado, sem vigilância e com um sedativo forte na corrente sanguínea.

2007-11-18

Vanessa

Homens desesperados deste nosso Portugal:

  • Não sabem o que fazer para conquistar aquela rapariga especial?
  • Não sabem como levar aquela rameira que tem a mania que é romântica para a cama?
  • Não sabem o que oferecer à vossa namorada no dia em que se comemora o nascimento da vossa relação?

Vieram ao blog certo!
Ofereçam-lhes uma bonita embalagem de saborosos chocolates "Vanessa"!
Sim! "VANESSA"!


Aposto que aquela pessoa que muito significa para vós não vai resistir. A moça vai correr de imediato para a casa de banho para VOMITAR!

Não, não me refiro ao paladar da coisa. Nunca os provei nem o vou fazer.
Vanessa? Mas que alminha é que se lembrou de dar um nome destes a um "produto fabricado na U.E."?
Sim, este fantástico docinho é feito pelos mesmo senhores que fabricaram uma pequena maravilha conhecida entre todos nós como "Lasanha do Lidl".
Acertaram! Isto é do Lidl! Vocês são mesmo perspicazes!

Será que se pode tecer a teia do amor usando como recurso uma garrafinha de vinho verde "Kátia"?

2007-11-13

Encenações

Como eu gosto de programas/reportagens em que se vende ficção por realidade.
Como eu gosto da forma tão natural como as pessoas são "surpreendidas" quando lhes aparece uma câmara à porta (quando já está outra a filmá-las dentro de casa).

Gosto tanto disto como de limpar as unhas com uma faca eléctrica!
É possível documentar a realidade de forma mais ridícula? Claro que é!
Acho profundamente enternecedora a forma como pessoas que não se podem ver à frente, que estão para lá de lixadas uma com a outra, se submetem a bonitas encenações para ilustrar o problema que as separa.


Ok. Este não é o melhor exemplo. Tirando a parte em que ela finge grande repulsa no sofá de casa, a coisa até que não corre muito mal.
É claro que escolhi este vídeo por outras razões.
Este Senhor (há que ter respeito por uma mente destas) faz duas coisas importantes por todos os homens do mundo.
Qual rasgar as roupas à companheira, qual quê? Bom, bom é que ela as tire de forma inconsciente! Vá de ligar o ar condicionado e pôr o quarto quentinho para que ela se dispa durante o sono. Bonito truque.
O segundo avanço importante é o uso da manobra mais velha usada pelas mulheres para agarrarem o macho: engravidar.
- Ai eu tomo a pílula, eu tomo a pílula! - afinal até não tomava e conseguiu agarrar o seu mais que tudo que anda metido com mais 10 pela rua.
Este Senhor consegue inverter a manobra. Simula uma vasectomia e vá de agarrar a esposa com filhos. Isto é que é!
- Ai eu mandei cortar os canos, eu mandei cortar os canos! - lá vem um puto salvar a situação.

O vídeo que se segue já ilustra um pouco melhor o que me faz espumar da boca.


Há exemplos melhores mas não os encontro no youtube.

Um dos programas em que a encenação se está a tornar patética, é o "Querido mudei a casa" (gajos, aguentem-se que brevemente faço um post badalhoco só para vocês).
É ver uma data de gajos das obras, parolos (estes são mesmo), a fazer piadolas e a dar palpites sobre decoração (coisa de macho de barba rija).
Depois é vê-los a trabalhar, a fazer poses de meter nojo aos cães. E a forma naturalíssima como eles evidenciam os produtos aos quais querem fazer publicidade? Um mimo! Aquilo está tão viciado e encenado que nem se vêem os senhores a olhar para os rabos e decotes das senhoras.

Nota - Vi, depois de começar a escrever isto, num noticiário, uma senhora nos protestos contra a REN a ser filmada, de cima para baixo, muito estática e sorridente a tocar um sino. O cancro é uma coisa muito engraçada...
IRRITA, IRRITA, IRRITA!

Nota 2 - Ando a ver muitos programas de gaja? Claro que sim! Uns porque são interessantes e outros porque de tão ridículos tornam-se cómicos...
Aquela de as querer conhecer melhor e de fingir que sou sensível pega melhor? Não? Ok, sou mesmo um grande panasca.

Deveras interessante

Não é que nas "Tardes da Júlia" se fala neste momento de higiene intima?
Estou encantado.

2007-11-12

2007-11-11

Manhosos!

Então não é que as gentes DO Lidl estão a apelar ao feminismo para vender aspiradores?
Não é que colocam um menino agarrado à máquina, qual dona de casa dedicada?
Olhem só para o sorriso que ele tem. Até dá gosto ensacar ácaros!


É justo. Nós também aspiramos, lavamos, engomamos e até pintamos as unhas com verniz vermelho-puta. Já era tempo de nos ilustrarem tal e qual como somos:
Donos de casa independentes!

Temos que concordar todos, homens e mulheres que, este tipo de produtos não são habitualmente relacionados com homens. O uso de um moço para publicitar este produto tem marosca.

Abrindo o fantástico jornal publicitário encontramos o seguinte esclarecimento:




- Ah pois é! Queriam o homem a fazer as tarefas de casa? Queriam? Tudo bem. Ele vai usar um aspirador todo bonito e tu, pobre fêmea, vais usar uma vassoura eléctrica! Vá, não te queixes. Bem sei que é só uma vassoura, mas é uma vassoura que vai tornar o varrer numa actividade estimulante e extremamente divertida!

A discriminação continua! Revoltem-se! Não permitam que o Lidl faça pouco de vocês! As mulheres merecem mais! Onde está a esfregona com mp3 que é esperada há anos?

Manhosos!

2007-11-05

I.S.N. - vamos lá a seguir as novas tendências.

Agora que todo o mundo já sabe de onde veio o nome deste blog, está devidamente justificada a chamada de atenção que vou fazer ao Instituto de Socorros a Náufragos.

Estimados e amorosos senhores da Marinha:
Está na hora de modernizar os homens e mulheres que patrulham as nossas praias.
Está na hora de oferecer a esta gente os meios necessários para enfrentarem os selvagens que são os banhistas portugueses.
Está na hora de agir.

video

Acho que todos concordamos que a metralhadora é algo de essencial, não só para dissuadir banhistas de entrar na água quando a bandeira vermelha está hasteada, como também para prevenir a entrada de gordas na praia.
Chocados? Não acham que se devia proibir o acesso a todo o ser com capacidade de esconder um televisor nas pregas de pele/gordura e que tenha sequer a ideia de usar biquíni (especialmente se for homem)?
Não acham razoável decepar um membro com uma rajada de metralhadora a um individuo que se prepare para morrer afogado por desrespeitar a sinalização e as orientações dadas pelos nadadores salvadores?

À parte de todas estas trivialidades, o que mais me impressiona são as novas tendências no que toca a fatos de banho.
Acho que qualquer nadador salvador, viril como se quer, sonha com o dia em que poderá ter tomates puxados até ao umbigo.
Nada é mais agradável que aquela sensação de bolas esmagadas enquanto se corre para o mar.
Nada ultrapassa o prazer de poder bronzear os glúteos de forma totalmente livre.

Novos fatos de banho do I.S.N. - aprovado pelas melhores nadadoras-salvadoras-que-saem-ao-pai-da-série-baywatch.

2007-10-27

E eu?



E eu? Eu consigo!
Aquela porra não é titânio!
Claro que eles podiam ser um pouco mais fieis no que toca ao uso das palavras. Podiam dizer "abertura fácil recorrendo a facadas, marteladas, boca do gato, quedas de elevada altitude".
Eu, pela parte que me toca, tenho uma técnica muito avançada que me garante a abertura de uma embalagem de CD em 5 segundos. Envolve incisivos, técnica de serrote e alguma saliva.

Ali na zona do Restelo acho que também se consegue o mesmo efeito apenas com o uso de uma nota.

2007-10-26

Nojento - ou é mulher ou para lá caminha

Num dos últimos dias cheguei a uma brilhante conclusão: homem que é macho, que é heterossexual, não vai dizer mais que uma ou duas vezes na vida a palavra "nojento (a)" (e só por lapso).

Têm amigos gay que gostam de usar a pila em ânus masculinos?
Têm amigos que sabem o nome de mais de 3 cores (metrossexuais)?
Têm amigos machos, daqueles que sempre que chegam a casa, batem na mulher?

Testem o que aqui apresento.
Quanto maior é a distância do nível "macho", maior é o uso da expressão "nojento(a)".

Um macho que é macho não tem nojo de nada. Ou gosta ou não gosta!
Gay/metrossexual - "Ai, aquela mulher é nojenta!"
Macho - "Olha, a Carolina Salgado!"

Gay/metrossexual - "Esta comida é nojenta!"
Macho - "Adoro dobrada com torresmos."

Gay/metrossexual - "A casa de banho cheira a chichi. Que nojento!"
Macho - "Lar doce lar!"

Gay/metrossexual - "Essa cor é nojenta!"
Macho - "Esse amarelo com verde é muito apaneleirado!"

Gay/metrossexual - "Aquele homem musculado já vinha comer na minha mão..."
Macho - "Aquele panasca é nojento."

E tu? Passaste no teste?

2007-10-16

Mas macho é bicho para lavar?

Venho fazer-vos uma sugestão cultural.
Acho que nos próximos dias deveriam fazer uma visita à Culturgest.
Não que se vá por lá realizar algum evento especial que valha sequer a leitura minimamente atenta (a partir da página 7 se não tiverem pachorra para a introdução) do programa de sessões.
Não porque existam por lá uns quantos filmes a cascar nos americanos.
Mas sim porque, no 1º andar, podem encontrar um dos ambientes mais hostis em que podemos urinar/cagar.

  1. Cheiro
    Logo que entramos sentimo-nos desconfortáveis. NÃO CHEIRA A MIJO! Como é que pode um homem relaxar quando não sente o mais pequeno estímulo olfactivo?
  2. Decoração
    Vermelho? Mas isto é uma instalação sanitária ou uma casa de putas? Carol? Estás aí?




  3. Bidé? BIDÉ? Mas onde é que nós estamos? Vamos lavar o escrotozito depois de urinar? Está tudo parvo ou quê? Querem matar-nos de asseio?
Não liguem ao festival mas apareçam lá! Vale a pena ver esta obra de supremo requinte. Podem beber água do urinol à vontade. Estou certo que está mais limpo que os copos que têm em casa.

2007-10-15

Cava-quê?

"Piston: tem cavanhaque e barriga. É daqueles gajos que manda piadas com uma cara muito séria e o pessoal escangalha-se a rir."

In "Contra tudo e contra todos"


E pensei logo eu: cava-quê?


"O cavanhaque é uma barba crescida e aparada em ponta no queixo."


Ah! Assim está bem! Mas, porque carga-de-água é que havia de ter tal coisa? E barriga?

Isto parece-vos a imagem de um macho viril?
De uma pessoa com requintes de malvadez extremamente apurados?
De alguém que enquanto toma banho manda o pénis ir buscar pão para o pequeno almoço?
De alguém que possui um pénis suficientemente inteligente para aguardar pelo indicador auditivo de "sinal verde" antes de atravessar a passadeira?
De alguém que tem um pénis que sabe escolher o pão mais fresco e que não se deixa enganar nos trocos?
De alguém que não tem medo que os autocarros se despistem ao pisar o seu pénis enquanto ele está na mercearia?
De alguém que não tem problemas em comer pão "penusiado" pelo seu pénis que, inevitavelmente, não esteve presente à hora do banho?

Acham mesmo?

2007-10-14

Eufemismos

Adoro eufemismos.

Acabo de ver Margarida Vila Nova a dizer que gosta muito de uma característica de Carolina Salgado. É uma "sobrevivente".

Ora a partir de hoje e até ao fim dos meus dias de controlo fecal, para mim, sobrevivente vai passar a ser sinónimo de puta-rameira-que-não-sabe-escrever-mas-que-diz-que-tem-um-livro.
Isto é chato porque sendo eu fã da série Lost, vou passar a ver aquela ilha como uma casa de alterne a céu aberto.

Empresários da noite, pensem bem nisto: uma casa de diversão nocturna onde não cheira a mijo nem a putas manhosas, com arejamento mais que suficiente e com mar para afogar os grupos rivais de seguranças (como eu gostei de saber que até os "seguranças" gostam de marcar território). Não é boa ideia?




Ps - Gosto muito da expressão "alternadeira". Faz-me lembrar um electrodoméstico qualquer de cozinha.

Ps2 - Pinta de pêga? Alguma vez?

2007-10-08

Tempestade Solar

Depois de muitas vezes ver escrito em blogs "sou net'ó dependente", resolvi partilhar convosco uma informação com excelente potencial de lançar o pânico para cima (e todos sabem como ele pesa) de todos os que usam a internet como quem bebe água:

Sabeis o que é uma tempestade solar? Não?
Uma tempestade solar é uma coisa simpática que é capaz de acontecer de 11 em 11 anos. Que faz este fenómeno mai lindo? É gajo para não se dar bem com coisas eléctricas.
Vai estragar-vos a televisão? O micro-ondas?
Não é bem por aí. Isto é coisa para destruir redes eléctricas de forma tão devastadora que a sua reparação poderá demorar anos.ANOS.


"Mas eu não uso muito a net."
E os telefones? Os telemóveis? As bombas de gasolina? Funcionam a merdinha?
Os CTT? Conseguem continuar a fazer entregas sem sistema informático?

Resumindo, tendo em conta que o Homem tem a capacidade de reparar todos estes estragos, o facto de perdermos a capacidade de comunicar de forma eléctrica, não só vai atrasar o processo de recuperação de estruturas e sistemas, como nos vai trazer outros problemas:

  • As pilhagens nos quiosques seriam imediatas. O Homem não pode viver sem pornografia. Todas as publicações em stock teriam que substituir milhares de sites de teor lascivo/hi5s de pêgas.
  • Perderíamos contacto com todas pessoas de que desconheçamos o local de trabalho ou residência. Milhares de pessoas incrivelmente chatas/com blogues iriam suicidar-se por não terem mais ninguém com quem falar.
  • A taxa de natalidade decresceria. É certo que o sexo passaria a ser uma forma de entretenimento mais requisitada mas, em compensação, teríamos que reaprender o engate sem recurso a sms e MSN. Discotecas? Bares? Sem electricidade? Não me cheira.
  • Marcelo Rebelo de Sousa teria que escolher outra forma de ser gozado pelos "Gato Fedorento" (alguém me consegue dizer um site onde possa encontrar o original de "Assim, não"?).
  • Os "Morangos com Açúcar" deixariam de ser emitidos (não podem ser só desgraças).
O vídeo que se segue é formativo e alerta para algumas regras de segurança a ter no que toca ao uso de retroescavadoras.
Apesar ser totalmente ficcionado, tem SANGUE. As almas mais sensíveis estão desde já avisadas.
Após uma tempestade solar, perderão a oportunidade de apreender estas lições importantíssimas.

video


PS. - A seu tempo irei revelar um local onde poderemos fazer cultos satânicos/beber um cházinho, só para o caso de perdermos o contacto uns com os outros.

2007-09-28

Eu é que sou o maior gay!

Então não é que há um projecto de gay que me vem tirar do meu sossego?

Este gajo acha que, apesar de todas as provas que já dei neste blog (e noutros), é mais gay que eu.

EU É QUE SOU O MAIOR GAY!
Para que não haja a mais pequena margem para duvidas, vou deixar aqui uma lista de comportamentos/gostos/outras coisas estranhas que fazem de mim um ser mais feminino que a Vanessa Fernandes...

  1. Vejo o Dr. Phil - como eu gosto de homens calvos que nos dizem como devemos resolver todos os nossos problemas.
  2. Vejo de vez em quando a Oprah - como eu gosto de apresentadoras racistas e feministas a elevar as mulheres ao estatuto de ser supremo e ao mesmo tempo coitadinho e mártir (isto vai dar molho).
  3. Quando calha, vejo o "Querido mudei a casa" - só um indivíduo completamente apanascado poderia tolerar isto.
  4. Embora goste de ver os programas em que se comentam as jornadas desportivas (acho que é aquela curiosidade de ver advogados, autarcas e jornalistas a fazerem figuras de trolha embriagado), ligo muito pouco ao futebol. Tirando os jogos da selecção e alguns derbys, passa-me completamente ao lado. Chego a achar ridícula a forma fatalista como se discute o que se passou em jogo X, como se o aquecimento global ou a prática de sexo oral dependessem disso.
  5. Sei que papanicolau não é o nick de um pedófilo.
  6. Não coço os tomates em público. Não é que não padeça do fenómeno da comichão genital. Tento ser discreto.
  7. Não bebo álcool (excepto quando quero praticar desportos radicais). Não gosto do sabor. Quando algum macho me vê a pedir um suminho em vez de uma "jola", começa logo a tirar-me a medida à "bilha".
  8. Nunca fui a uma casa de strip/alterne ou ao Restelo para dar uma "boleia" às moças desdentadas que por lá andam.
  9. Não faço sexo. Só faço amor. Com o meu pastor-alemão. Gosto que ele me arranhe as costas e me morda a nuca.
Acho que a única coisa que me separa da imediata mudança de sexo é o facto de (vou levar com a fúria das leides) achar completamente ridículas as comparações/imitações/ai-eu-sou-mais-parecida-com-aquela que se fazem em torno das personagens da série "O sexo e a cidade".
Eu tenho para mim que se houver um grupo de 5 amigas, uma será hostilizada porque não há lugar para duas Samanthas, por exemplo.
Gosto especialmente que achem que aquilo é que é vida, que elas são o máximo, quando na verdade, todas elas estão, assim, como é que hei-de dizer, miseráveis?
Eu sei que elas são muito amigas, têm o apoio umas das outras, que isso é que importa, mas o que é certo é que todas elas procuram desesperadamente uma pila que venha com "amor incluído".

- Ah! Mas a Samantha não é assim! Essa vive a sua liberdade sexual! Fornica com 10 homens diferentes por dia!

Questão: esquecendo aquela parte em que até mesmo esta personagem sucumbiu aos males do coração, porque é que uma gaja que se deita com 30.000 gajos por ano é muitá cool mas se for a vizinha do lado é uma GRANDA PUTA?

A outra personagem mais cobiçada dentro dos grupos de amigas é a Carrie. Porquê? Porque é muito fashion e porque é a única mulher que conheço que, apesar de ter cara de cavalo, consegue parecer muito bonita e atraente.


Não esquecendo o começo deste post, se eu não fosse gay, seria eu capaz de atacar de forma tão vil estes quatro símbolos feministas? Não terei desesperado para substituir a minha mirrada pila (43cm) por uma vagina?

Ervilha, consegues ser mais gay que eu (aguenta-te à bronca!)?

2007-09-25

BNC?

Piston,

Acho que és BNC! Desafio no Ervilhas Albinas

Ervi

Sábado, Setembro 22, 2007 6:07:00 PM


Recebi este comentário com alguma perplexidade. Que quererá dizer BNC?
Depois de consultar esse post, fiquei a saber que BNC quer dizer Bom Na Cama.
UM HOMEM A DIZER QUE EU SOU BOM NA CAMA? MAS QUE MERDA É ESTA?

Continuando a ler chego a esta parte:

Os meus nomeados são:

O Piston. Meu caro, saiu-te a sorte grande ou a fava do bolo rei, dependendo da perspectiva. So Many Men So Little Time. Depois de umas horas agonizantes, lá acabei por tomar uma das decisões mais difíceis da minha vida. Foste o escolhido! Um gajo que vê a Oprah, o Dr. Phil, o “Querido, Mudei a Casa” e que lava a loiça à mão sem luvas, esponja, esfregadeira (desconheço os termos técnicos, não é a minha área..), etc, só pode ser uma máquina entre os lençóis. Parabéns!

Analisemos este indivíduo:
  • Tem nome de legume.
  • Escreveu BNC para não relevar de forma mais explicita que é totalmente roto (e a desculpa do desafio e tal... NÃO PEGA!)
  • Acha que sou bom na cama porque vejo alguns programas de gaja? Isto é desculpa que se apresente para dizer que me quer ver nu?
  • Quer "lançar-me" um desafio?
Meus amigos, eu detesto desafios quando cheiram a "corrente". Aqui a corrente quebra, mas só porque este era uma provocação que não podia ficar sem resposta, cá estou.
Ora se não vou passar isto a ninguém, que é suposto fazer com isto?
Vou aqui revelar um pouco da minha vida intima e vou relatar um momento romântico e apaixonado:


BNC - Aquele animal
Havíamos jantado num restaurante italiano, em Lisboa, de onde tínhamos saído à pressa. A vontade que invadia os nossos corpos era incontrolável. Um beco que existia ali próximo parecia ser a fonte que podia apagar o nosso fogo. Corremos para lá enquanto trocávamos caricías.
Empurrei o seu corpo contra a parede. A sua respiração era intensa e a frequência aumentava cada vez mais. Juntado os polegares e indicadores, acariciava a sua cabeça. Os nossos lábios uniram-se e as nossas línguas enrolaram-se, selando a nossa cumplicidade. Em dois golpes rasguei a sua lingerie preta. Conseguia sentir a sua excitação. De costas voltadas para mim e com o peito encostado à parede, comecei a possuí-lo. Completamente mergulhados no momentos, eu esforçava-me para dar-lhe prazer, ele limitava-se a ganir.
No final, depois de termos satisfeito todos os desejos um do outro, voltei a pôr-lhe a trela e fomos para casa.

Não há nada como ser BNB (Bom No Beco) com o nosso pastor-alemão. Nota-se bem que tem LOP, é cá com cada golpe de rins!

Amigo Ervilha, espero ter satisfeito parcialmente o que pretendia com o desafio.
Se estiver interessado num amante como o meu, contacte-me.

Ps - Sim, os meus animais de estimação usam todos lingerie.

2007-09-22

O limite

O último post precipitou o que vos ando para escrever há algum tempo.

Haverá algum limite no que toca ao humor? Onde está a fronteira?

Eu acho sinceramente que não há nada que não seja utilizável de forma humorística.
Cancro? Morte? Pedofilia? Acho que tudo é uma questão de escolher a oportunidade correcta.

Graças a esta situação (cuja suspeita divulguei num post) conheci duas pessoas que já experimentaram o "material a sério" e que não se sentiram ofendidas pelo facto de eu escrever "cancro é fixe".
É claro que cancro não é fixe.
O cancro, para além de se vestir mal, não dança hip-hop, não faz graffitis e não pratica desportos radicais.
O cancro é um indivíduo que faz parte de uma juventude partidária e que beija o rabo a tudo quanto é pessoa influente.
O cancro é aquele gajo chato que, por mais que o ignoremos ele continua a tratar-nos como se fossemos o seu melhor amigo.

Tumores, no caso dos jogadores de futebol e dos seus mais vincados fãs, são os brincos com brilhantes. Não há nada que mate mais a masculinidade e bom gosto que aquelas pequenas peças de bijutaria.

Resumindo e terminando a divagação, acho que não tem mal nenhum dar umas gargalhadas à conta de atrasados mentais (desde que eles não se apercebam) se assim não fosse, que fazem vocês a ler este blog?
Pecadores...

2007-09-21

É tão bom!

Se gozar com os retardados é errado, porque é que Deus nos proporciona tanto prazer quando o fazemos?

Clara de Sousa, para além de ser uma mulher inteligente, bonita e atraente consegue também ser uma cabra. Não meus amigos, não me interpretem mal. Quando escrevo "ser uma cabra", faço-o da forma mais lisonjeira que se possa imaginar.



Não chega? Acham que a imagem do pobre atrasado com trejeitos de fêmea ainda não está na lama? Ainda não foi totalmente explorada? Claro que não! Há muito mais a retirar da alma do homem, há mais programas que podem lucrar com os dotes artísticos do moço.
Vamos lá todos ganhar mais alguns pontos para chegar ao Inferno.





É tão bom gozar com os outros!
(Agora a sério, é mesmo!)

2007-09-15

A queda do mito

Afinal, nem todo o rabo introduzido dentro de umas calças da Salsa se torna minimamente apetecível.

2007-09-10

Palmas

Acho que este é o momento oportuno para que se institua uma nova política no que toca a aplausos.

Ao longo dos anos, tenho verificado que há um uso abusivo desta forma de manifestação.
Há as pessoas que se aplaudem a si próprias, as que aplaudem quando se pede um minuto de silêncio como forma de homenagear um cadáver, as que aplaudem quando alguém surge num programa de televisão (mesmo sem ter feito porra nenhuma para o merecer), as que aplaudem quando no programa "Herança" o dinheiro passa de um concorrente para outro, os que aplaudem porque estão com comichão no pé, etc.

Para mim, humilde mortal, um aplauso é algo que se dá quando:
  • Alguém cantou muito bem.
  • Alguém tocou muito bem.
  • Alguém teve uma excelente prestação desportiva.
  • Alguém se despista de automóvel, morre e leva alguns amigos com ele (Morangos com Açúcar? Atingiram?).
  • Alguém se despista de automóvel e consegue levar consigo três advogados e dez jornalistas (calma Leididi/Alexandra, calma).
  • Alguém de um bairro manhoso dá dinheiro para participar num anúncio com Cristiano Ronaldo (a estupidez é algo que deve ser incentivado).
  • Alguém do sexo feminino se despe num filme/revista/rua/ponte (e quando não é a Simara).
Eu sugiro que se crie uma lei que permita a imediata amputação de qualquer pessoa que aplauda alguém de forma totalmente gratuita e despropositada.
O casal McCann sai da Igreja... zinga, 120 mãos cortadas.
O "As tardes da Júlia" começa, 150 no saco.
José Malhoa acaba um espectáculo, 500 mãos pela sanita abaixo.

E perguntam vocês: "Oh Piston, mas isso não impede que as pessoas expressem esse comportamento parvo. Apenas altera o som do aplauso!"

É claro que só altera o som! Mas haverá algo mais divertido que ver 80 amputados a bater os cotos no "Preço Certo"? Não só se ganhava em silêncio como em ritmo. Adivinho que o som de ossos a bater contribua para uma sonoridade muito tribal, logo, divertida (semelhante ao bater de umas socas mas com menos volume).
Acrescendo a este beneficio tínhamos o facto de que a vontade tinha mesmo de ser grande. A sensação de pele entalada entre os ossos não deve doer pouco.

Que me dizem? Vamos fazer um abaixo-assinado?

(A próxima sugestão será promover a remoção dos lábios de quem for assobiar para a porta dos tribunais.)

2007-09-09

Ouvir a Mega FM...

... é para mim tão difícil como lamber o sovaco a um mendigo morto.

Eu que sou um moço que até tem gosto pelo mundo da rádio, acho esta estação um pedaço de frequência radiofónica desprezível no que toca aos animadores (ou a quem lhes escreve os textos).
Para quem nunca reparou, todos eles têm muita piadinha e contam experiências de vida apresentadas de forma fantástica, mas que, se ignorarmos o tom de eu-sou-buéda-cool-fixe-nice-curtido, não passam de episódios, banais e sem qualquer interesse.

Que é que se passa com esta rádio?
Todos os animadores têm Q.I. de foca?
Sou eu que tenho o azar de a ouvir sempre que estão numa fase má?
Será que toda a gente na comunicação social tem que ter piada (já não nos basta as caretas da Manuela Moura Guedes)?

2007-09-08

É para mim inevitável...

... pensar no porta-voz do movimento "Verde Eufémia" (movimento que destrói plantações de milho e que depois diz que foi só uma acção de desobediência civil), Gualter Baptista, sem me lembrar do único Gualter que sempre conheci na vida.



Este pelo menos tem alguma credibilidade.

2007-09-06

FUCK THE...

Não percebo como é que este homem, que dispara raiva para tudo quanto é sitio, esquece-se de uma tão básica:



FUCK THE JOURNALISTS!
Estou cada vez mais fartos deles.

O Jornal Nacional de hoje (fui mais uma vez "obrigado" a vê-lo) foi demais. Foi tanta a parvoíce que ouvi que só consegui memorizar uma: "...tem uma bala alojada na zona da cabeça..."

Como é que se tem uma bala alojada na "zona da cabeça"? Estará "alojada" na orelha? Encravada num piercing? Quem é que deu a carteira profissional a este boi falante?

A BALA OU ESTÁ NA CABEÇA OU NÃO ESTÁ!

Num outro directo, a jornalista informava "tenho que mostrar isto, tenho mesmo que mostrar isto". Tinha que mostrar o quê? Tinha que mostrar que os tugas estavam à porta das instalações PJ de Portimão à espera que Kate McCann saísse. Há, por alguma hipótese, povo mais triste que o português?

No meio deste poço de merda (visualizem bem), ainda há alguns jornalistas em condições.
Um deles é Mário Crespo, uma velha raposa que faz os trabalhos de casa, convida a presa para um estúdio e persegue-a até a ter encurralada.
Mário Crespo é também o senhor que apresenta as peças do "60 minutes" e que desde que foi gozado pela sua meia-branca, passou a usar pretas.
Mário Crespo usa sempre as mesmas palavras no final das peças jornalísticas do "60 minutes":

"... a excelência deste jornalismo é nos trazido pela CBS, mas é vos apresentado, nesta excelência de conteúdos que é a Sic Noticias..."

Reparem só o conhecimento cientifico que este senhor tem,



na forma como ele faz aquilo que todos gostaríamos de fazer, tirar propositadamente o Valentim do sério



e como ele persegue este menino até ao fojo mais próximo.




(Aposto que ninguém viu este até ao fim.)

Vamos a acabar com isto de uma vez por todas

6 - Cagar à pistola - forma de expressão artística ou aflição do caraças?
Só para não desiludir o Headache (que votou nesta), aqui o Prof. Marcelo vem por este meio informar que "cagar à pistola" é uma aflição do caraças.
Acho que não há ninguém que goste de visitar a casa-de-banho mais de 4 vezes a cada 10 minutos (mesmo que seja em nome da arte).
No que toca a manifestações plásticas fazendo uso de excrementos, elejo como expressão válida a "técnica da fartura".

7 - Manias compulsivas
Assim de repente não me lembro de muitas coisas que se possam enquadrar nesta temática.
  • Costumo com alguma frequência, aquando de uma refeição, comer primeiro o acompanhamento e só depois o resto.
  • Não gosto que me toquem nos polegares quando estou de salto agulha e com um soutien vermelho.
  • Raramente me deito sem comer qualquer coisa (gastronomicamente falando) equiparável a um segundo jantar.
  • Tenho a mania parva e inconsciente de ligar os faróis do automóvel logo a seguir a pôr o motor em funcionamento.
  • Consigo saber, em pleno sono se estou com febre. Tenho sempre o mesmo sonho.
  • Sempre que estou ao telefone/telemóvel, mantenho-me em constante movimento, fazendo circuitos entre várias divisões.

2007-09-05

3 - A última vez que borrei as cuecas

Continuando com isto, venho proporcionar-vos mais um momento de divertimento em torno da minha auto-humilhação.

Acho que neste caso podem fazer uso da vossa imaginação para completar com sucesso o nojento episódio de que fui vitima.

Palavras-chave:
  • Liquidez fecal
  • 5 quilómetros de casa
  • Zona sem instalações sanitárias
  • 13 anos
  • Aguentar (ou pensar que aguenta)
  • Meio de transporte: bicicleta
  • Pernas abaixo
  • Retorno ao domicilio
E vocês? Como foi a vossa última borradela numa peça de roupa intima?


E agora para algo completamente diferente!
Visto que o último post reuniu consenso, o que têm a dizer acerca disto? Será que o civismo só se aplica de vez em quando (ou quando nos convém)?

2007-09-02

O Justiceiro

Não, este carro não fala e não é conduzido pelo Michael Knight, mas tem, com toda a certeza, um justiceiro ao volante. Escutem só o que este menino fez:

  • 1 de Setembro de 2007
  • 21:00
  • A2, a 4000 metros da saída para Almada (sentido Almada - Lisboa)
Vinha com uma moça amiga da praia, encostadinhos à faixa da direita, quando surge um pópó a circular pela berma com os quatro piscas ligados. Seguindo o exemplo deste gajo, começam surgir imitadores às dezenas (deviam estar todos a dar à luz, mesmo os machos) que "criam" uma quarta faixa.
Nós, como cidadãos respeitadores e que não partem um prato, mantivemo-nos na nossa faixa, observando as ultrapassagens pela direita.
À nossa frente, um Megane mostra-se nervoso. Vai-se encostando para a direita mas hesita. Aparentemente o senhor também escapar-se às filas de forma ilegal, mas vai tendo medinho de ser apanhado pela GNR. Aparentemente...
A pouco e pouco as intenções deste senhor tornam-se claras e dignas de um aplauso (de pé).
Então não é que o intuito do individuo não era, nada mais nada menos, que barrar a passagem aos chicos-espertos (reparem só na foto)!


Este Senhor (a partir de agora designado por "Meu-herói-do-Megane") manteve-se, durante 4000 metros naquela posição, resistindo aos ataques furiosos da chica-esperta, e de mais uns quantos veículos, que estavam atrás dele a tentar passar.
Ele eram sinais de luzes, buzinadelas, travagens à queima e, até mesmo, tentativas de ultrapassagem pela valeta. Nada demoveu o Meu-herói-do-Megane.
Reparem só no espaço que ele deixou entre o carro e o rail. Era quase como quem diz:

- Estás a ver este espaço? Não chega para tu passares e está ali só para eu gozar contigo.

Reparem só no espaço que nós deixámos à nossa frente. O Meu-herói-do-Megane tinha sempre garantida uma escapatória. Se a GNR aparecesse, ele entrava e os meninos da 4ª faixa ficavam a arder (no que toca à maldade, gostamos de ser mecenas).

Resultado:
  • 4000 metros de gozo
  • 8 minutos a curtir a fúria da menina que vinha atrás dele
  • 0 pessoas a seguir impunes até à saída para Almada
  • Eu a rir que nem um porco
Viva ao Meu-herói-do-Megane? Viva!

2007-08-30

2 - Como acordar (aqui a besta) às 6:00

Essa informação já foi difundida em Setembro de 2006.

Acho também que o nosso Presidente da República é um homem extremamente maturo e frontal.

2007-08-28

1 - Algaliação Jovem

Agradeço a todos os que votaram no post do desafio.
Devo desde já manifestar o meu desagrado pelo facto de ninguém ter votado na primeira opção.

Como eu nunca disse que isto era uma democracia, vou responder ao que me apetecer.

1 - Algaliação jovem - vantagens e contra-indicações.
Recentemente iniciei-me nas lides cirúrgicas. Não, não comecei a fazer lipoaspirações caseiras. O meu papel foi como paciente e não como carniceiro.
O engraçado nesta minha divertida e agradável experiência, foram as breves horas de pós-operatório no hospital.
Nunca ninguém me tinha alertado para o facto de perdermos total direito ao uso da nossa pila enquanto estivermos numa enfermaria.

Após a cirurgia, deitado na caminha, informam-me que, se quiser fazer uma urinadela, tenho ali um urinol à disposição (uma coisa impermeável em cartão). Até aqui tudo bem. Não será o mais confortável do mundo mas, para quem já verteu águas do alto de uma árvore, isto é facilmente exequível.
Há vontade? Claro que há! Há urina na bexiga? Consigo senti-la. Há alguma coisa a sair? Zero!
Pois é. Muitas horitas passaram até que percebi que tinha de tomar uma decisão.
Ou deixava a bexiga rebentar e mijava tudo num raio de 15 metros (o quarto todo) ou chamava a dona enfermeira e sujeitava-me às suas técnicas impuras.

Chegou o fatídico momento em que tive que tocar na campainha. Estava a segundos de enfrentar A ALGÁLIA (também conhecida por "argália") ASSASSINA!

Tensão erótica? Reflexão acerca de ter uma mulher a mexer no meu pénis? Nada! Nesta altura a "tartaruga" estava com medo e bem encolhida.
A senhora enfermeira chega, kit na bandeja, vamos a isto! Mete as luvas, desinfecta a área e anestesia o "bicho". Como é que se anestesia o bicho? Com uma seringa (felizmente sem agulha), injectando um liquido bem frio pela uretra a dentro. A sensação é tão agradável como a de aspirar água pelo nariz.
E cá vai visto! Tubo por aí a dentro!
Posso dizer-vos, sem sombra de dúvidas, que o trauma só dura breves segundos. A sensação de bexiga a esvaziar é, como de resto bem sabem, tão agradável como ouvir o chilrear dos passarinhos/abater a Júlia Pinheiro (técnica usada nas focas bebés). Comecei o meu merecido sono.

Acham que daqui para diante a minha estadia foi um mar de rosas? Não se levantem já. Leiam mais um pouco...
Sabem que, quando um macho acorda, todas as partes do seu corpo fazem o mesmo (referência oculta à erecção matinal)... Sabem que o corpo humano não foi feito para ter tubos lá dentro...
Com a mestria de um domador de leões (e com o recurso a imagens mentais de velhas enrugadas) consegui pôr termo a uma rebelião que se adivinhava dolorosa.

A remoção do dispositivo - pior que a entrada, só mesmo a retirada do "tubo do mijo". Equivale sem dúvida à passagem de carruagens de metro por dentro de um cano de água.

Até me terem dado alta, estimo que tenha mostrado a pila a cerca de 7 pessoas (de forma totalmente passiva).

Vantagens - Vazar a bexiga é fixe.
Desvantagens - Acho que já fui gráfico quanto baste...

2007-08-26

Só para terem uma ideia do meu nível de maturidade



Acabei de ver invocado num episódio da Prision Break o sistema Echelon.

Resumindo em poucas palavras, imaginem um super-computador que monitoriza à escala global TODAS as comunicações, filtrando as que têm interesse, por palavras-chave.

O facto de escrever um email com as palavras "president", "white house", "bomb", "Toy", "Marante", "Quim", "Barreiros", por exemplo, faria soar um alarme para que a informação fosse analisada.
Diz que para além de protegerem o mundo, também gostam de música Pimba.

Eu, como adulto que sou e que já ouve falar deste sistema há uns anos valentes, sempre que me lembro, gosto de contribuir com mensagens criticas para a paz do mundo:

SMS - Oh cabrão! Ou me devolves os dvds que te emprestei há 6 meses ou vais apanhar na "white house"!

Nota: Eu faço mesmo isto (não o emprestar dvds) e tenho consciência que Deus só me mantém vivo enquanto não arranjar receptor compatível para os meus órgãos.

(Desta vez quem me apanhou em "ramo verde" foi a Pink Lady. Obrigado pela correcção.)

2007-08-23

A Salsicha está um ano mais velha!


Façam-me o favorzinho de ir felicitar a Salsicha Maria aqui.

Calma, isto não é bem um desafio.

A Papoila, que está constantemente a apanhar-me em falso com erros ortográficos, decidiu "passar-me" um desafio.

"As regras são: cada pessoa escreve sete factos casuais da sua vida. Passa depois o desafio a outras sete pessoas, deixando um comentário no seu blog para que essa pessoa saiba que foi desafiada."

Creio que já escrevi por estas bandas que não respondia a desafios mas, como esta senhora disse que eu era "alucinado" e, tendo em conta o esforço que fez por agradar-me adjectivando-me de forma tão carinhosa, achei por bem corresponder de alguma forma.

Neste pequeno galinheiro quem faz as regras sou eu, como tal, vou ignorar as que me fornece.
Vou listar 7 ou mais "factos casuais" da minha vida e, após votação dos leitores (que se adivinha que vá ter tanta participação como as votações para o parlamento europeu), irei desenvolver apenas os que me apetecer ou, até mesmo, nenhum.

  1. Algaliação jovem - vantagens e contra-indicações.
  2. Como acordar (aqui a besta) às 6:00.
  3. A última vez que borrei as cuecas.
  4. Encontros com a morte.
  5. No inverno costumo de ter a ponta do nariz e do pénis frios, bem como os pés.
  6. Cagar à pistola - forma de expressão artística ou aflição do caraças?
  7. Manias compulsivas

2007-08-17

O corno

É chato ser corno. É triste, uma desilusão e uma dor para além do comportável quando se percebe que a galinha (ou galo) da vizinha era melhor e/ou cacarejava menos.

Se ser traído é coisa para tirar a fome a um gajo por mais de 10 minutos (e a vontade de arrotar por 30 segundos), ver os outros a levar um valente par de cornos na televisão, é fixe. É tremendamente divertido.
Mais divertido que isto é ver a ira do encornado ao apanhar o parceiro em flagrante.
É disto que tem sido feita uma boa porção do tempo de visionamento televisivo a que me tenho dedicado nos últimos dias.

Não tenho vida e sou uma besta mesquinha? Alto lá que eu não te dei confianças para vires falar verdade neste blog. Bolinha baixa.

  1. O potencial traído "contrata" um programa de televisão chamado Cheaters que coloca uma equipa de detectives a vigiar e a filmar o potencial encornador.
  2. Quando obtêm as provas necessárias em vídeo, vão ter com o traído e mostram-lhe tudo.
  3. Após o visionamento das provas e o consequente aquecimento sanguíneo (ficar em brasa), o programa, que ainda está a vigiar o traidor, proporciona o flagrante que vai conduzir a um embaraço gigantesco, visto que para além de ser apanhado com a "boca na botija" tem que se confrontar com cerca de 10 pessoas entre equipa de filmagem e seguranças, que o perseguem com luzes, por locais públicos, enquanto se assiste à descarga de fúria do individuo que possui agora a armação de um gamo.
  4. No fim sabemos como é que a coisa ficou. Se o corno é manso ou se acaba com o cônjuge.
E perguntam vocês, espectadores mesquinhos de programas-do-género-dos-que-dão-na-TVI:
- Grande Jorge Piston, isto é coisa para meter porrada-de-criar-bicho?
E eu respondo:
- Quem és tu? De onde vem esta voz? Ah! É a esquizofrenia outra vez.

É claro que é coisa para dar porrada! Para isso é que estão lá os seguranças, que evitam que hajam problemas de maior.

E tu jovem criança? De que estás à espera? Vá de ir a correr visionar o programa! O canal está logo a seguir à Sic Radical (se não tens TV Cabo, vai brincar com a dentadura da tua Avó).

Deixo-vos aqui uma pequena amostra:

Neste pequeno clip vemos uma das poucas vezes em que a segurança não actuou. Eles estavam no local e deixaram o pobre pigmeu levar na tromba. Acredito que estivessem a achar piada e deixaram a coisa andar (desvantagens de ser homem).


No outro extremo temos esta situação. O traidor, que parece ser um chulo, domina a situação toda e ainda manda vir com a Maria-dos-Cornos.
Em advocacia este seria sem duvida um daqueles advogados que defendem que a vitima se atirou 11 vezes para cima de uma faca e que depois a deu ao arguido.


Para quando uma versão portuguesa? Quando é que o José Castelo Branco vai ter a oportunidade de apanhar a Lady Betty com o Zezé Camarinha?
- You weren't giving me the skin stretching I needed! E don't want more botox! All I want is to stretch the patareca a little bit! I'm sorry Conde Panasca!

2007-08-13

Anda por aí uma empresa de televisão por cabo à procura de "putas"

Peço desculpa aos leitores e à empresa em questão. O que eu queria dizer é que esta empresa anda à procura de três meninas (pêgas manhosas), para figurar em todo o tipo de publicidade que ande em torno dos serviços prestados. É claro que, em todos os spots em que venham a surgir, nunca será explorada a sua imagem de forma menos pura. O objectivo é apenas publicitar os produtos da empresa recorrendo apenas às fantásticas inovações dos mesmos (erecções).

Porque é que se faz um casting quando tudo o que procuram se encontra no Barreiro (esta é a altura em que cavo a minha cova)?

Já há muitos meses que ando para escrever este post. Para mim, o Barreiro é a capital nacional das pêgas. De onde me vem todo este conhecimento? Do Hi5.
As minhas passeatas por este site levaram-me a querer que é possível que hajam três ou quatro raparigas em condições nesta localidade.
A quantidade de crianças com fotos a apelar ao sexo desenfreado é enorme! Pior que isso, as crianças estão entre os 13 e os 30 e muitos anos!

Homens e mulheres lésbicas de Portugal: não paguem mais por prostituição. Há uma localidade que tem tudo isso e muito mais de forma totalmente gratuita!

Estou capaz de prever que o concurso foi ganho pelas moças que tinham as mamas maiores.

(Venham daí esses paus, tenho as costas prontas para o espancamento.)

2007-08-07

O "tuga": decidido e seguro

- Morte ao Murat!

Dez minutos e uma noticia mais tarde:
- Morte aos pais da Maddie!

Estou certo que se for dito na televisão que o António Manuel Neves Ferrão tem a Joana e a Madeleine num aquário, o tuga começa a juntar pedras e a organizar excursões a Setúbal.

Concordo com estas acções mas concentrem-se bem na razão mais válida (A MÚSICA!).

2007-08-05

Águia

Sabemos que está na altura de cortar as unhas quando surgem golpes suspeitos na parte inferior dos lençóis.

2007-08-02

TVI - Aquela informação

A TVI já nos habituou há muito a uma informação de merda (começo cedo).

Não sei se já deram conta de que há um novo herói nesta estação de televisão. O seu nome é Carlos Enes e é jornalista.
O seu potencial foi reconhecido no dia em que, uma pergunta feita pelo mesmo a um ministro, despoletou uma reacção um pouco mais irritada da parte do entrevistado. O director de informação percebeu de imediato o que tinha em mãos e exclamou:

- Estou outra vez com uma infecção no pénis!

Ao que Carlos Enes respondeu:

- Mas senhor, posso ser um justiceiro e começar a trabalhar em reportagens sensacionalistas que serão emitidas com o selo "Reportagem TVI" e que serão na sua maioria ridículas?
- Podes com uma condição.
- Qual senhor?
- Tens que ter um blog com um nome que de imediato ponha em causa a tua sanidade mental.
- Fragmentos de Apocalipse serve, senhor?
- Sim. Vai moçoilo! Parte em busca de glória! Faz de ti um tanso que meta nojo! Faz de mim um director orgulhoso!

E lá foi Carlos Enes, pelo país a fora, fazendo reportagens com uma estética semelhante à do "60 minutes" da CBS mas sem 1/100 da qualidade.
Porque é que este senhor me faz sentir como se tivesse bichos a passear debaixo da pele? Porque hoje à noite, no "Jornal Nacional", o Herói veio explicar ao público como se poupa nas viagens da CP comprando um bilhete para metade dos percursos e outro para a outra metade.

Claro que isto até é positivo, agora só temos é que manter este segredo entre o Carlos Enes e nós os 3 milhões que vimos a reportagem. Tchiuuu! Não queremos que a CP oiça isto e faça alguma coisa para não perder dinheiro.

Agora que já brinquei com este menino, gostava de falar da noticia que se seguiu:

Embarcações de salvamento feitas no Alfeite e tal, são tão boas que não afundam!

Não sei se o exagero parte da TVI ou da Marinha, o que é certo é que esta declaração é um bom presságio.
Passo a indicar outras embarcações como foram rotuladas como "À Prova de Naufrágio":

2007-08-01

Parabéns!



Venho por este meio dar as minhas felicitações à Pink Lady que faz hoje 4 aninhos.
Esta é uma das Maçãs do http://amacadeeva.blogspot.com que, já há alguns meses, faz a delicia de milhares de leitores.

Venho por este meio apelar a todos os que lêem estas linhas que coloquem as seguintes questões à Pink Lady (façam-no no último post do blog):

  • Que é que aconteceu numa lateral da Av. da Liberdade?
  • Gostas do ar da serra de Sintra?

Não se esqueçam de desejar um feliz aniversário à moça, ok?

Parabéns!

2007-07-29

Acções da Piston SAD estão em baixa

É claro que eu sabia que este blog estava extremamente mal cotado, mas quando me dizem "estive dois dias sem cagar, estive para dizer-te... como o teu blog é assim um bocado para o javardo...".

O meu blog é um bocado para o javardo?

do b. Lat. assolare

v. tr.,
arrasar;

arruinar;

destruir;

devastar;
fig.,
consternar intensamente;
v. refl., prov.,
acachapar-se.

Eu, um defensor da moral e bons costumes, que raramente faz uso de um palavrão, tenho que ouvir alguém a tecer este tipo de considerações acerca da minha criação.
Alguém é capaz de explicar às pessoas que têm este tipo de opinião acerca do Piston que, apesar do que possa aparentar, neste blog tratam-se das mais profundas e filosóficas questões que assolam a humanidade?


Quantos de vocês não sairam daqui com lágrimas após lerem as doces palavras que escrevo?

Como é possível que alguém seja insensível a temas como:
É isto um blogue sem preocupações sociais? Javardo?

Francamente!

2007-07-20

Lésbicas - não tem «fotos» (palavra utilizada para frustrar pesquisadores)

Não percebo qual é a dificuldade que as mulheres têm em perceber o fascínio de um homem ao ver duas moças em práticas lesbianas!

O Piston explica.

Não é propriamente o lesbianismo que nos põe um sorriso na cara e que nos redistribui o sangue, é o facto de haver nudez que produz essas transformações. Está provado e é aceite por toda a gente que uma mulher nua capta o interesse de um homem heterossexual, certo? Duas mulheres nuas captam o dobro da atenção! Isto é matemática simples. Não temos culpa que elas só se ponham nesses preparos, aos pares, apenas quando estão em vias de entrar em "acção".

É claro que isto só resulta bem cinematograficamente. Ninguém está interessado em ver dois "machos", com vagina, a passear de mão dada na rua.
A imaginação leva-nos para oficinas com seres suados, com buço XL, pêlos debaixo dos sovacos, a praticar sexo em cima de massa consistente, dando variados usos a pistons e chaves de fenda de cabo extra-largo.
Brrrrrrrrrrrrrrrrrr (arrepio)!

(É claro que este post me vai render milhares de visitas vindas do Google).

2007-07-13

Quero ser uma aberração destas!

Isto é tão fantástico que não podia deixar de mostrar-vos.



Fui o único a reflectir acerca do quão interessante será a prática sexual com uma canídea destas?
Ai ai (suspiro zoófilo)...

(Headache e Papoila: vocês vão ser perseguidos até que encontre a mais pequena falha nos vossos textos! :-))

2007-07-12

Nada contra o ácido?

Cá estou eu de volta ao meu tema favorito!

Gostava de perguntar uma coisinha aos meninos e meninas que são contra a prática da interrupção voluntária da gravidez (também conhecido por matar bebés):

Será que, sendo vocês contra esta prática, defendem o uso de preservativos com espermicida?

É que do meu ponto de vista esta segunda prática de extermínio é deliciosamente mais cruel.
O que é que é melhor? O despejo de um inquilino indesejado (feto) do útero, feito com assistência médica de forma a tornar a as coisas o menos dolorosas possível ou o uso de espermicida, que é o equivalente a lançar em ácido centenas de pequenas vidas indefesas, que gritam por ajuda e nos estendem os braços?

Imaginem o jovem espermatozóide:
- Estou enjoadissímo, despacha lá isso Pai!
É desta... Cá vou eu!
Uretra, mas que bem!
Mas que é isto?
Pai! Ajuda-me! Estou a ser queimado juntamente com milhões de manos, não da Damaia, mas são manos na mesma!
Porque é que me fizeste isto?
Já não gosto mais de ti pá! És cócó!

E pronto. Foi assim que atingi um novo patamar de insanidade.
Versado nas artes da cirurgia, removi o cérebro de um feto e implantei-o num espermatozóide.

Enquanto escrevi isto coloquei a minha sexualidade em causa. Estou no Mc Donalds e toda a gente está a ver na televisão o México x Argentina (menos aqui a menina).

Abatam-me que estou em sofrimento.

2007-07-10

Esta besta vai ser uma estrela? - Actualizado

Ao ver o seguinte vídeo corri de imediato para o abrigo nuclear mais próximo, temendo pela minha vida. Já dentro do útero da Simara (eu sei que ela já não é gorda mas continua a ser a coisa mais espessa e segura que conheço a seguir ao NORAD) pensei:
Eh pá, que é aquilo que está a entrar por aqui a dentro? Fugi rapidamente pela boca dela, pensando que ainda assim o mundo era mais seguro cá fora.

Estão preparados? Cá vai disto!



O pior é que eu acho que ele é capaz de se safar. Tem tudo para ter sucesso:
  • É uma aberração
  • É uma aberração excêntrica
  • É uma aberração excêntrica com a mania
Só lhe falta mesmo saber cantar.

O vosso estômago aguenta a segunda volta?



Extra, extra!

Asseguro-vos que a primeira imagem que me veio à cabeça quando vi isto,
foi esta:

Alguém sabe identificar este fantástico filme?

Elite



Claro que não tinha necessidade nenhuma de fazer isto em vídeo.
Na realidade toda a ideia é parva e não tem ponta por onde se lhe pegue.
Vou só martelar os dedos e já volto.

Esta fantástica peça de marketing está aqui.

2007-07-07

AH AH AH! Vá a sério, já chega. Parem.

Quando ouvi que as novas 7 maravilhas do mundo iam ser apresentadas por Cristiano Ronaldo, os meus olhos brilharam. Seria tão interessante como ver um pedreiro a fazer cirurgias plásticas, só que muito menos elegante e mais doloroso. Conseguiram cativar a minha atenção.
Ainda a emissão não acabou e já me deram tantas oportunidades de dizer mal que lhes estou (organização) eternamente agradecido.

Sir Ben Kingsley não conseguia ler o teleponto em condições. Ou se esqueceu dos óculos ou o gajo que devia fazer o texto passar era portador de Parkinson.

Duas das actuações musicais foram uma miséria. Uma foi um playback descarado, a outra acho que não o foi de todo, mas como o som chegava tão desfasado, a actuação do home estava digna de uma novela mexicana.

Sir Ben Kingsley, atraiçoado pela organização, anuncia um convidado que não estava presente. Tesourinho deprimente? Não, nem pensar em tal coisa...

Quem foram os seleccionados para comentar a emissão da TVI? Raquel-não-importa-agora-é-borrega-Matos-Cruz e Júlio de Magalhães, o pivot com mais problemas de de respiração de todo o Portugal e arredores.

Vou neste momento saber qual é a última maravilha... é: o Taj Mahal!

Agora vamos dar alguns minutos para que os americanos e os franceses possam engolir uns sapitos... Já está? Então vá, continuem lá a poluir, a fazer guerras civis e a eleger gente doida.

"PORTUGAL, PORTUGAL, PORTUGAL!"? Porquê? Porque é que o tuga não aproveita estas ocasiões para dizer "SÓ NESTE PAÍS, SÓ NESTE PAÍS, SÓ NESTE PAÍS!"?
Que falta de coerência senhores!

2007-06-30

Tuning, essa maravilhosa actividade

Esta maravilhosa coisa-que-não-sei-definir não para de me fazer sorrir (que poeta).
Como já devem saber, eu acho o tuning tão apetecível como a degustação de uma taça de gelado de merda.
Recebi hoje num e-mail um vídeo que me colocou um sorriso nos lábios.
Ele é tuga! Ele é grunho! Ele é: o Super-Arruda!

Vejam só o que este magnifico exemplar faz ao adversário que só teve o azar de se ver envolvido na aselhice do outro.



"Dá-lhe Arruda! Mostra a esse gajo que até não teve culpa nenhuma como é que recebemos os forasteiros!"

2007-06-25

Vergonha masculina

Desta vez deixaram-me ficar mal.
Então eu escrevo isto e não há um macho que se chegue à frente (salvo seja) para fundamentar a minha teoria?



Se não têm tomates pelo menos comentem como anónimos!
Eu sei que vocês também o mediram...

2007-06-24

Um é giro mas sabe a pouco, dois é bom demais.

Claro que já todos viram este vídeo.
Claro que todos acham que este rapaz é bom para apanhar pedradas de tão irritante que é.
Claro que achamos que este é um vídeo interessante mas que pode melhorar se for introduzido num outro contexto.



Vi neste blog a parte que faltava, a parte que nos faz sentir que foi feita justiça por antecipação.
"Ia com caraças" parece-me a frase que melhor resume este gajo.

2007-06-22

Claro que importa!

Quer-me parecer que anda por aí muita gente chateadinha pela minha falta de regularidade no que toca a escrever por estas bandas. Acalmem-se crianças! O Pai anda muito ocupado mas ainda não vos abandonou. Vamos ao que interessa.

Claro que o tamanho conta! Não, não é acerca disso que venho dissertar. Venho antes defender uma teoria (ainda que não tendo qualquer dado que a comprove).
Acho que, nem que seja por uma só vez na vida, todo e qualquer homem executa a medição do seu "berbequim do amor"(Nuno Markl). Seja com a régua da escola ou com a fita-métrica da caixa de costura da Avó (ou da esposa), todo o macho que se preze tem que saber qual o tamanho numérico do instrumento.
Porquê? Simples. Se não fosse feita esta quantificação, como é que o macho ia saber se está acima da média? E como é que íamos ter um meio de comparação semelhante aos tamanhos de soutien?
Gostaria de saber quem é que tem tomates e se chega à frente para ajudar-me a confirmar esta minha teoria.

Quanto à história do "tamanho não importa, importa é que sejam esforçados" tenho a dizer o seguinte (a todas as senhoras que não admitem a importância deste factor):

Imaginem que têm um motor de um Ferrari. Preferem que ele seja montado na carroçaria de um Fiat Panda?

2007-06-15

http://salsichanaotedesgraces.blogspot.com

Este é o blog responsável pela minha entrada na blogosfera.
Este é o blog que me safou de horas de tédio em Agosto de 2006.
Este é o blog que fez com que tivesse vontade de criar o meu próprio.

Não é que a autora, depois de nos presentear com posts quase diários, decide agora que vai fazer uma pausa durante tempo indeterminado? Mas desde quando é que é ela ainda decide o que faz com a sua vida? Ajudem-me a colocar esta menina no seu devido lugar.

Leiam coisinhas como:

Se ainda não são completamente apanhados por esta moça (que só por acaso até é bastante gira), acho que não merecem viver.
Estes posts foram seleccionados praticamente à balda. Quase tudo o que lá está é de 5 estrelas.
Façam-me o favor de ir a http://salsichanaotedesgraces.blogspot.com e de deixar no último post um comentário. Digam que vão da parte do Piston e que não aceitam de todo que ela se pire assim sem mais nem menos.

Nota: O post "Pénis Grandinho" não foi inspirado em mim (não posso permitir que se reproduza um titulo destes sem me assumir como um elefante, aguardem-me).