2006-12-20

Sou uma farsa

Descobri nos últimos contactos com humanos que sou uma farsa. Não faço ideia há quanto tempo deixei de emitir som quando dou um beijo mas posso assegurar que é desconfortável. Quando alguém dá dois beijinhos e ninguém emite som o ambiente torna-se pesado e a relação é posta em causa. Levanta-se um clima de suspeição. Será que o outro faz aquilo há muito tempo? Somos nós que andamos a segurar a relação com o nosso som? Será que deixou de nos beijar com prazer?

Meus amigos, um beijo não passa de um encosto na face um do outro. Sem som não é mais do que uma cabeçada lateral. Vamos lá a ver se atinamos todos e começamos a cumprir os nossos deveres. Se comecei a notar que não faço o som é porque anda para aí muita gente a falhar comigo também.

3 comentários:

  1. Vitinho,

    cabeçadas laterais só ao meu irmão. De restou sou até demasiado afectuosa. Vulgo pernas enlaçadas na cintura agarrando os cabelos da nuca

    ResponderEliminar
  2. Por quem sois! Nunca me passou pela cabeça que não o fosses. Tu és quase perfeita. No dia em que me assegurares que já pontapeaste um mendigo e maltrataste uma criança, dou-te o titulo.

    ResponderEliminar
  3. Lol só encosto a minha boca num rosto que valha a pena!

    ResponderEliminar